O que fazer enquanto eu não vou no dentista?

Ah se eu pudesse dar uma resposta que fizesse você feliz…

Geralmente quem faz essa pergunta está com dor de dente num sábado à noite. E é feriado, daqueles emendados. E está no meio do mato. Sem dinheiro. Pelo menos são essas as justificativas que eu mais escuto para adiar a ida ao dentista, mesmo com o rosto inchado e latejando.

E agora, quem poderá me defender?

Acho interessante como as pessoas buscam em amigos e conhecidos, e mais recentemente na Internet, soluções caseiras que evitem a ida ao dentista. O “enquanto eu não vou” pode significar tanto “até que eu possa ir” quanto “até que eu ache um”. Ou, ainda, “para que eu não precise ir”.  Cada caso é um caso.

  • Até que eu possa ir: as 2 explicações clássicas de quem não vai ao dentista quando precisa: tempo e dinheiro. As mesmas pessoas que dizem não ter tempo de ir ao dentista geralmente “não têm tempo” nem de escovar os dentes, ou seja, são as que mais precisam ir ao dentista. Eu entendo que a vida não tá fácil, a gente tem que trabalhar se quiser comer. Mas, na boa? Se você tiver uma dor de barriga tenho CERTEZA que vai arranjar tempo NA HORA pra ir ao banheiro, sob pena de sujar as calças. Portanto, a desculpa da falta de tempo não cola. Se você não tem tempo de ir ao dentista é porque não vê isso como prioridade, pois para as prioridades a gente sempre arranja tempo. Dinheiro já é outra história, mas até pra isso tem opção.
  • Até que eu ache um: uma grande dificuldade, principalmente em cidades pequenas, é achar um dentista na hora do aperto. Muitos leitores que acessam o blog procuram uma medida paliativa até que consigam achar um profissional que os atenda. Isso é totalmente compreensível, não sou alienada ao ponto de achar que é só estalar os dedos e automaticamente um dentista cairá na sua cabeça. Mas tem certas situações em que não adianta, você vai precisar MESMO de um. Por isso, se informe de antemão sobre os serviços de urgência em Odontologia na sua região (Unidades de Saúde 24h e Pronto Socorros Odontológicos) ou descole o número do celular daquele único dentista que tem na cidade. Você vai precisar.
  • Para que eu não precise ir: esse é o famoso “eu nunca irei”. Ou seja, a pessoa quer dar um jeito de resolver o problema com alguma solução mágica caseira e não tem intenção nenhuma de procurar um dentista. São essas pessoas que entram no Google pra perguntar que remédio tomar para dor de dente, aí quando você não diz elas xingam você. Clássico. Bom, deixe-me dar pelo menos 3 motivos para um dentista não indicar um remédio pela Internet, pelo telefone ou whatever:
  1. O dentista nunca viu você, sabe apenas que você está com dor… mas nunca o examinou pra saber o motivo dessa dor. Por que raios ele deveria saber que remédio você tem que tomar?
  2. Quando o seu vizinho indica pra você um remédio que funcionou com ele, é amizade. Quando um dentista indica pra você um remédio sem examiná-lo e sem fazer UM MONTE de perguntas sobre a sua saúde geral é irresponsabilidade e negligência. Se der algum problema ou se você morrer por causa do tal remédio, o vizinho vai ao seu enterro e chora abraçado com a viúva(o). E o dentista? O dentista é processado por sua família que viverá às suas custas pelo resto da vida.
  3. O Código de Ética Odontológica condena a realização de “consulta” via Internet ou outros meios não presenciais, sob pena do dentista ser suspenso ou perder a licença para trabalhar. Muito diferente é orientar o paciente, coisa que eu faço direto aqui no blog.

Enfim… sabe o que você deve fazer enquanto não vai no dentista? Procurar um.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

No Plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e administradora da OdontoPédia. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista Veja todos os posts de Ana Tokus
Postado em: Geral | Marcadores: ,

56

  1. Boa noite Dra, estou com uma dor insuportável de dente siso que só doi de madrugada… qual seria o melhor remedio pra aliviar essa dor ate eu extrair o dente ?

    • Patricia, eu gostaria de ajudar de forma mais efetiva, mas é essencial procurar um dentista pra verificar a causa da dor. Pode ser gengival, pode ser outra coisa. Em se tratando de um siso, é provável que seja pericoronarite e, se for, além de medicação (analgésico e antibiótico) será preciso o dentista intervir pra limpar o local.

  2. Qual o analgésico específico para aliviar a dor de dente até a ida ao dentista?

  3. Drª Ana bom dia, meu marido esta com uma dor em um dente que esta obturado, ele foi a clínica e ñ havia emergência odontológica, no domingo de carnaval, dei um paracetamol e voltaremos lá amanhã, nesses casos um clínico geral poderia medicá-lo? Agradeço desde já.

    • Você pergunta sobre um médico ou um dentista clínico geral? Nos dois casos, eles podem medicar. Mas se for necessário intervir (o que é provável), o médico não tem como ajudar.

  4. Recentemente eu passei por algo assim.

    Véspera de feriado, dente começou a doer no meio da noite. Em casa eu tinha paracetamol, tomei para aliviar a dor, praticamente não fez efeito. No dia seguinte fui ao Pronto Socorro, ainda bem que tinha dentista de plantão no dia, me disseram que só tem 3 vezes na semana. Era o siso, uma obturação que eu tinha soltou um pedaço e o dente estava muito cariado, quebrou um pedaço também. Dentista fez o curativo com aquele cimento que libera remédio e agora estou fazendo tratamento na faculdade de Odontologia da UFJF. Assim que eles voltarem das férias eu continuo. Precisou um susto, mas agora aprendi e não vou deixar de ir regularmente fazer um check up.

    Obrigado pela resposta e por manter o blog. Muito interessante a maneira como você explica as coisas, as pessoas deveriam reservar um tempo para leitura de material como os que se encontram aqui.

    • Obrigada pelo testemunho, Yassushi! ;)

  5. Olá! Parabéns pelo blog, ele é bem informativo!

    Sobre o “remedinho Passajá”, o mais indicado pelos farmacêuticos, qual a sua opinião? Digamos que a dor estivesse muito intensa, a consulta marcada para as 10:30 do dia seguinte e estivéssemos, digamos às 23:30 e alguém oferecesse esse remédio. O Passajá teria algum efeito paliativo?

    Obrigado, continue com este excelente trabalho de informação e conscientização!

    Boas Festas!

    • Yassushi, o “Passa Já” é um anestésico tópico. Num momento de urgência, como você exemplificou, acho até compreensível que a pessoa apele pra ele. O problema é que se a dor for muito intensa, o “Passa Já” não vai servir pra nada além de anestesiar a gengiva, e de forma superficial. E geralmente o que dói é o dente, e não a gengiva. Ou seja… se houver algum efeito, certamente ele é mais psicológico que prático. Veja esse texto do meu amigo Dr. Luiz Rodolfo no Blog DicasOdonto a respeito do “Passa Já”: http://www.dicasodonto.com.br/2011/08/07/passa-ja-para-dor-de-dente-nao-funciona/

      Não adianta: remédio pra dor de dente é dentista. :)

  6. Obrigado Dra. Ana pela atenção, foi importante sua avaliação, eu realmente não queria passar essa molestia pra ninguem, verifiquei que na minha cidade esta havendo varios casos da catapora, como no verão é muito quente as doencinhas aparecem com mas frequencia, as pessoas que vão viajar nas ferias precisam tomar alguns cuidados como se vacinar por exemplo, moro em Natal, é muito quente messsssssmo, BOAS FESTAS, obrigada…

  7. Dra, estou com uma duvida, tomei injeções de voltaren com diclof na ultima quinta, a dor passou e vou ao dentista na segunda pra ver o que ele faz, se preciso de canal etc, como estou com catapora e o posto deve estar cheio de gente eu não queria passar essa molestia pra outras pessoas, como devo agir, preciso muito tratar logo do dente antes que o efeito da injeçao passe e volte as dores, meu dente ainda doi quando toco nele não da nem pra escovar, o que isso quer dizer? Me dê uma orientação, como devo agir, e o que posso esperar do dentista neste caso, tenho medo dele me dar bronca por causa da catapora. Obrigada pela atenção.

    • Shirley, realmente você não deve ir à Unidade de Saúde se está com uma doença infecto-contagiosa. É preciso, primeiro, que você se cure da catapora pra depois pensar no dente. Nem que seja necessário tomar mais injeções pra dor. Tente conversar com o dentista do posto via telefone pra ver o que ele sugere.

  8. DR. como havia mencionado antes estou usando antibioticos para infecção do dente, ai surgiu um agravante, peguei catapora (horrivel), queria saber se posso usar o aciclovir (200mg) e o loratadina (10mg) que é antialergico, se esse medicamentos vão interfirir no antibiotico ou corta o efeito, tenho 37 anos, peguei catapora dos meus filhotes de 18 e 15 anos, que ja tomam os remedios indicados pelo infectologista, seera que no meu caso é diferente?

    • Shirley, em princípio não há contraindicação, mas eu não faço ideia do tipo de antibiótico que você está tomando. Informe ao seu médico que você está tomando o antibiótico pra que ele avalie a (possível) interação medicamentosa.

  9. Oi gente, eu sei o quanto é dificil enfrentar o dentista ou a agulha do dentista, eu desmaiava na cadeira do dentista e tinha convulsões, mas logo me levantava e pedia ao dentista um algodão com álcool pra estabilizar minha pressão e continua-se o tratamento, fechava os olhos e só pensava que daqui uns minutos estaria livre daquela dor térrivel. É tão bom voltar pra casa com o alivio da dor que me sentia ate uma boba por ter evitado o dentista por tanto tempo, voce não precisa sofrer, assim que sentir uma fisgadinha no dente vá logo ao dentista verificar ta bom, não tomem antibióticos, eles vão te prejudicar no futuro.

    • Obrigada pelo relato, Shirley! Abraço! :)

  10. Doutora Ana
    Obrigado pela atenção, bom saber que não tenho nenhum tipo de câncer nos ossos da boca, tambem sei que infecções podem ser perigosas, vou procura tratar disso logo, obrigada, boa noite…

  11. Doutora, ha 15 anos atras na minha segunda gravidez senti dores horriveis de dente sem ter carie, não tomei remedios ate o parto, depois de duas semanas as dores voltaram (minha filha nasceu com dois dentes), meus dentes ficaram escuros e começaram a quebrar, por fim perdi 60% dos dentes, o ultimo que extrai foi o cannino e ele tinha na ponta da raiz uma bolinha formada muito dura, o dentista falou que não tinha remedio no mundo que passasse a dor, o que era isso, agora 15 nos depois as dores voltaram nos meus ultimos dentes, sera que esses tumores voltarão e vou ter que extrair o resto, pois os remedios não tao fazendo efeito, estou exausta de tanta dor.

    Ps: Sera que tem um tipo de protese que não se pareça com uma protese? Aqui um bom atendimento só na faculdade de odontologia e a lista de espera e de mais ou menos 6 meses, fui no posto aqui do bairro e a dentista me disse que eu so tava querendo tratar o dente por estetica, aplicou a anestesia que escorreu pelos vasinhos do nariz que saem do ceu da boca, não pegou na gengiva, eu falei e ela continuou, foi super grossa, furou meu dente doendo mesmo, colocou uma massa que caiu no outro dia, agora doi demais, a dentista deve ta com algum problema pior que o meu, estou tremendo por causa do efeito dos remedios, e tenho um agravante pois sofro com hipotireoide, que não ajuda meu organismo a se recuperar de tantas agressões dos medicamentos, se puder me aconselhar neste caso eu agradeço e desculpe pela carta!
    O que não podemos comer para evitar infecções no dente, o chocolate e o cafézinho fazem mal?

    • Shirley, geralmente essas bolinhas na ponta da raiz do dente não são tumores, mas cistos de origem inflamatória. São como se fossem “bolsinhas” que contêm as bactérias de uma infecção. Isso quer dizer que essas bactérias entraram por algum lugar… uma cárie, por exemplo. O escurecimento dos dentes pode ter sido causado pela necrose (“morte”) do nervo. Os alimentos que contêm açúcares são os que mais causam cáries, mas não é preciso cortá-los da dieta… basta escovar os dentes muito bem após consumi-los.

  12. Doutora
    Evito de ir ao dentista pois sofro de pressão alta e ja ouvi dizer que a anestesia pode trazer complicações no seu uso, sera que é isso mesmo? Existe algum risco?

    • Sergio, se você tem pressão alta você precisa controlá-la, e não evitar de ir ao dentista. Existem anestésicos próprios para pessoas que têm pressão alta, não há motivo para se preocupar… e se sua pressão estiver alta no momento do atendimento, o dentista nem irá começar nenhum procedimento, por precaução.

  13. Eu estou morrendo de dor de dente ha dias, e estou tomando um remedio que contem diclofenaco, mas agora depois de um tempo ele parou de dar resultado, eu tomo um comprimido e dali a 2 horas já volta a doer, eu sei que tenho que ir no dentista, mas estou esperando o dinheiro pra ir, não sei se o tratamento vai custar muito caro, porque estou com varios problemas na boca, tenho carie e um dente quebrado, e placa, D; tenho só 17 anos e não quero perder meus dentes, pelo menos não agora. Queria apenas fazer o orçamento de tudo, mas não sei se eles cobram pelo orçamento !

    • Déborah, o problema é que remédio não cura dor de dente, só alivia momentaneamente os sintomas… e chega uma hora que o remédio nem adianta mais, pois o seu organismo se “acostuma” com ele. Você diz que sabe que tem que ir ao dentista mas não tem dinheiro, por outro lado não faz ideia de quanto vai custar seu tratamento… então, como você sabe que não tem dinheiro? Eu acho que você está preocupada em tratar todos os problemas que você tem, mas, nesse momento, é preciso dar prioridade para o seu dente que está doendo. Procure um dentista pra fazer uma avaliação e, sendo problema de canal, realizar pelo menos um curativo. Isso já vai aliviar a sua dor e vai oferecer tempo pra você conseguir o dinheiro para o tratamento de canal, em si, ou para aguardar o atendimento em um centro de especialidades odontológicas (um lugar onde se faz tratamento com especialista, o dentista de uma unidade de saúde pode encaminhá-la pra lá). Ou seja: chega de sentir dor… não fique em casa tomando qualquer remédio e adiando o inevitável.

  14. Acho que as pessos que fazem esse tipo de pergunta , esta em busca de algo alivia a dor de dente, ate a hora ou dia do dentista. Todos sabemos quem tem q ir ao dentista. Mais raciocinem, a pessoa se senir dor de dente num sabado, ira ficar sofrendo ate segunda? ah fala serio q post ridiculo

    • Luiz, eu abordei 3 situações. A segunda é exatamente a situação que você propõe mas, pelo teor do seu comentário, você nem leu o post inteiro. Se tivesse lido, saberia, também, que remédio não cura dor de dente. O que cura dor de dente é dentista.

  15. Olha, eu não tenho medo de dentista. Não tenho problema nenhum em ir, fazer obturação, cirurgia, canal. Na verdade eu durmo na cadeira do dentista, aproveito o tempinho no dia para parar e relaxar (a coitada da dentista precisa ficar pedindo para eu abrir a boca que vai fechando conforme eu vou relaxando e dormindo). Há 3 anos atrás, por causa de um canal mal feito, tive uma infecção grave. Tive que refazer o canal, não adiantou. Fiz cirurgia, enxerto no osso. Também não resolveu. Enfim, perdi o dente e estou terminando o processo de um implante. Gastei uma fortuna e não vejo a hora de ficar (pelo menos um mês) sem sentar na cadeira da dentista. Não é que agora um outro dente que estou trocando a obturação de amalgama por resina resolveu a dar uma sensibilidade terrível. Já reclamei com minha dentista diversas vezes, ela disse que a sensibilidade tende a sumir. Passei meses usando o creme dental mais caro para dentes sensíveis, aquecendo água para poder escovar os dentes de tanta sensibilidade que sentia, até que semana passada de tanta dor a dentista resolveu finalmente abrir o dente. Disse que não encontrou nada, colocou um remédio e uma massinha provisória para cobrir e me avisou que se não passasse a dor eu teria que fazer um canal novamente. A dor não passou, (essa noite inclusive foi difícil dormir, tomei um Buscopan para aguentar). Acabo perdendo a confiança no profissional. Não sei se a dor surgiu porque a sensibilidade foi ignorada por meses. Não sei se é caso mesmo de canal. Não sei se procuro uma outra profissional, ou se vou no endodontista de uma vez e resolvo isso. Não sei se a dor está maior por causa do curativo que está desgastando e não está cobrindo direito o dente. Ela quer que eu fique com o tal curativo no dente por 15 dias antes de fechar com resina, mas não queria ter de fazer um canal novamente.

    • Adriana, essas trocas de amálgama por resina pode trazer sensibilidade, sim. Isso porque a restauração em resina se utiliza de vários produtos que “agridem” o nervo do dente (ácido, adesivo e a própria resina). O procedimento de remover a restauração e colocar uma restauração provisória é bastante comum, visando observar como o dente vai se comportar nesse tempo. Se a dor passar, restaura-se novamente. Se não, é possível que seja caso de tratamento de canal.

  16. Dra, eu simplesmente tenho fobia de dentista, tanto que estou perdendo os dentes, por não ter coragem de ir de maneira alguma. Meu sonho era que fosse possível dar uma anestesia venosa, dormir e acordar com os procedimentos prontos, isso é possível?

  17. Ola Ana, eu tenho inchaços no céu da boca e o dente da frente fica irritado com isso, o que pode ser ? E outra coisa, fiz tratamento de canal ha algum tempo, mas meu dentista colocou massinha preta nos dentes do fundos, será que tem como retirar essas e por a massinha branca? Abraço.

    • Larissa, não saberia dizer apenas pela sua descrição o que seriam esses inchaços. Uma possibilidade é que você tenha ingerido algum alimento ou bebida mais ácidos, o que causou essa irritação. E sim, é possível substituir as restaurações escuras de amálgama por outras da cor do dente, em resina.

  18. Oi Ana, eu tenho 2 dentes da frente, esta uma coisa feia, esta com um buraco grande e esta muito preto, eu vou ao dentista e ele vai falar que nao escovo o dente, mentira eu escovo 3 vezes ao dia o que eu faço? Eu tenho 14 anos e mts vezes fico triste por nao ter aquele sorriso lindo.

    • Viviane, você tem que procurar um dentista mesmo. Se tem um buraco é porque o seu dente está cariado, portanto é preciso remover essa cárie e restaurar o dente com uma resina da cor dele. Converse com o dentista, também, para ele orientar você com relação à escovação, pois mesmo escovando sempre pode ser que você esteja fazendo alguma coisa errada e não saiba. Aí, com o dente restaurado, você vai poder sorrir tranquila, sem esse “preto” deixando você envergonhada.

  19. Meu dente esta inchado e com um abscesso, fui ao dentista ela passou amoxicilina e diclofenaco de 8 em 8 hrs. Eu tomo mais com duas horas depois de ter tomado a dor volta O QUE FAÇO ME AJUDE POR FAVOR.

    • Anderson, entre em contato com o seu dentista pra que ele possa adequar a medicação (ou aumentar a dosagem ou trocar o remédio).

  20. Olá Doutora Ana, eu queria saber se voce pode me aconselhar.
    Eu estou com 3 dentes abertos, 2 deles ja doem, meu ultimo dente esta doendo muito. Eu nao tenho dores muito fortes, lateja muito, doi minha cabeça, nuca, perto do olhos. Sera que a soluçao e extrair tudo ? Nao sao os dentes da frente, sim no meio e o ultimo. Eu estou vivendo de remedio agora, mas nao adianta muito tempo, e ja volta a dor com tudo . Obrigado.

    • James, é preciso avaliar. O fato dos dentes estarem abertos não os condena à extração, é possível que o tratamento de canal resolva. E realmente, remédio, quando ajuda, é de forma temporária. Procure um dentista pra examinar e pra, pelo menos, fazer curativos de urgência… a dor deve passar. Aí o dentista vai dizer pra você se são casos de canal ou de extração.

  21. Oii olha faz um tempao que n vou ao dentista, nossa depois q casei minha vida foi so cuidar da casa, filhos, e eu fiquei pra tras, na gravidez q começou a me dar problemas e fui deixando… agora to aqui, pra vc ter ideia tenho so seis dentes na parte de cima, fui perdendo e n dei bola.. por conta de remedios e de vergonha de procurar um profissional… agora tenho q extrair esses dentes, sera q dá pra fazer isso td de uma vez e por uma protese? So q tenho muitos dentes que so tem a raiz… nossa ta muito feio isso… e tenho muito medo… da reação do dentista… certeza, vou levar um puxão de orelha, so q a vida da gente n e facil, depois q vc casa … tem filho pra cuidar, casa, da conta do trabalho… vixi… e a gente n tem tempo mais pra gente se cuidar… obg.

    • Edii, sim, é possível extrair todos os dentes de uma vez só e colocar um prótese imediata. Mas é preciso avaliar você pra ver se no seu caso específico isso se aplica. Eu acho que o primeiro passo é procurar um dentista para avaliar. Não precisa ter vergonha nem medo de bronca, a gente está aqui pra ajudar e orientar você. Antes de abrir a boca já conte para o dentista a mesma história que você contou pra mim, certeza que ele não vai te julgar (nem é o papel dele fazer isso). Mas VÁ AO DENTISTA. Já passou da hora de você se cuidar… seu marido e seus filhos vão entender se você guardar um tempinho pra você mesma. :)

  22. Ola doutora gostaria muito de sua ajuda, eu tenho 26 anos e estou com inumeros problemas, principalmente nos dentes da frente superiores, gostaria de saber se apos a extracao posso sair de la com algum dente provisório ate q seja feita uma protese, e outra coisa doutora, alem do medo, vergonha, tambem gostaria de saber se existe dor nesse tipo de tratamento, por favor me ajude.

    • Sim Geovane, se for necessário extrair esses dentes você não precisa ficar sem nada, é possível colocar algum tipo de prótese provisória. E não, não há motivo algum para você sentir dor, a anestesia tem justamente o propósito de evitar que você sinta dor.

  23. Olá, so queria dizer a todos eu era assim tambem, tinha muito medo de ir ao dentista, os meu dentes estavam horriveis, nossa com muitos problemas mesmo, na verdade nem era tanto pelo medo, mas sim por vergonha do próprio dentista. Eu, diferente do meu marido que sempre esta indo ao dentista por ser muito cuidadoso, tinha vergonha até dele, ele sempre dizia: “vai la no meu dentista. Eu ja falei com ele sobre o teu problema ele não vai te chamar atenção, por isso vamos, eu vou marcar”. E eu la pensando que vergonha, que medo, mas só que de tanta vergonha que eu tinha que perdi até o medo”… quando foi um belo dia eu comecei a pensar: “gente, no meu trabalho todo mundo me adora, mas eu falo pouco e pra rir eu abaixava a cabeça”. Pensei: “não ta certo, vou enfrentar o medo e a vergonha e vou, gente fuiii. Nossa gente, é coisa da nossa cabeça mesmo, fiz uma avaliação e fiz o tratamento todinho, ja terminei, nossa estou tão feliz, ele é uma pessoa muito legal não só comigo com todos os pacientes. Eu até ria porque ele me tratava tao bem, até me senti uma criança, enquanto ele fazia o serviço ele conversava comigo, contava história da vida dele! Nossa parecia que a gente se conhecia um tempão, eu consegui relaxar, para ter uma ideia fiz restaurações sem ter que aplicar anestesia, juro e não doeu nada, eu conto pra as pessoas elas nem acreditam. Gente é serio, fiz mesmo porque tenho problema de pressao alta, preferi fazer sem anestesia, gente por favor nao deixem de ir ao dentista é só coisa da cabeça da gente…

    • Obrigada pela visita e pelo testemunho, Maria. Abraço!

  24. Eu concordo com o Jose, fica complicado mesmo, vc se sente exposto… qndo ouço o barulho da maquinha, me arrepio dos pes a cabeça… faz um tempo que não vou ao dentista, tem profissionais e profissionais, mas é dificil pegar uma confiança….e só de falar ja me sinto mal.., mas sei que preciso ir em um…pq qndo faz frio eu sempre sofro, com água gelada etc… ele lateja..
    Dra. é normal ter essa sensibilidade com relação a mudança de tempo?

    • Beth, eu não diria que é normal, mas é bastante comum sim. Você já tentou usar um creme dental específico para sensibilidade dentinária? Pode ajudar.

  25. Eu estou com dor no dente faz tempo, porque caiu minha obturação antiga. Mas por causa de convênio de dentista, tem q passar na consulta, fazer orçamento, esperar uma semana pra ir de novo e fazer!
    enquanto isso, morro de dor =/

    • Pois é Paola, alguns convênios têm dessas coisas… eu acho isso uma tremenda falta de respeito com o paciente. Vocês, usuários de convênio, precisam questionar isso junto a eles…

  26. É, doutora Ana…
    Vendo este blog é que eu perco, mais ainda, a vontade em ir ao dentista. :-(

    Acontece que eu tenho 15 anos e eu não cuidei como deveria dos meus dentes. Tenho muita cárie, tártaro e muitos outros problemas dentários sérios.
    Não consigo nem rir em público com vergonha dos meus dentes, sofro muito com isso.
    E tenho vergonha até de chegar no consultório do dentista com uma boca feia dessas… Tenho medo, não do dentista, mas da lição de moral que, certamente, ouvirei. Tenho medo de levar uma bronca e de ser humilhado psicologicamente pelo dentista, afinal, não é fácil pra mim!
    O que devo fazer? (além do óbvio, que é ir ao dentista. Mas me refiro a como eu posso encarar o medo)

    • Poooooxa, José… :(

      O medo é um sentimento, e como tal às vezes é difícil de encará-lo com objetividade. A gente tem medo e pronto, geralmente não tem nada a ver com a razão (a não ser naqueles casos de trauma prévio). Pelo seu relato me parece que o problema maior não é o medo, ou seja, você sentaria na cadeira do dentista numa boa DESDE QUE ele não julgasse você. O problema, no seu caso, é a vergonha. Eu garanto pra você: não há motivo. O trabalho do dentista não é “achar” nada, é avaliá-lo e propor soluções que melhorem (ou acabem com) os seus problemas bucais. Muitos pacientes acham que vão “assustar” o dentista por uma série de motivos (higiene ruim, muitas cáries, tártaro, etc.), mas asseguro que isso não acontece. Nosso trabalho é esse, já vimos de tudo um pouco, e o que nos cabe é trabalhar pra ajudar o paciente.

      Gostaria que você lesse esse texto: http://medodedentista.com.br/2010/11/vergonha-do-dentista.html

      Procure um dentista no qual você confie (uma dica é pedir indicação de um amigo). Agende uma avaliação e já abra o jogo antes de abrir a boca: “Faz um tempão que eu não procuro um dentista, tenho um monte de problemas e quero mudar isso. Se eu quisesse bronca procuraria a minha mãe”. Tenho certeza que o dentista não vai dar uma de engraçadinho… ;) Mas é importante que ele oriente você em higiene bucal, e por favor não veja isso como algum tipo de “puxão de orelha”. Faz parte do pacote, independente da sua idade, e só vai lhe trazer benefícios. O paciente que nunca foi orientado não tem obrigação de saber escovar os dentes.

      Vá tranquilo, fico aqui torcendo. :)

  27. Só fui ao denstista quando criança para arrancar dente de leite que ñ deixava minha mãe arrancar agora com 22 anos nunca mais voltei ao dentista morro de medo só de pensar já entro em pânico ñ sei oque fazer para perder esse medo!

    • Laila, parece contraditório o que eu vou dizer mas a melhor forma de perder o medo de dentista é… indo. Vá, faça uma avaliação sem se preocupar com o tratamento em si. Uma coisa de cada vez. Talvez você descubra que não precisa de nenhum procedimento mais invasivo, quem sabe só uma “limpeza”…

  28. Concordo com o texto… eu to tentando procurar um que me ajude em meu problema… Mas para “meu problema” não consigo.

    • Concordo doutora, que o melhor remédio é ir ao dentista, mas como você mesma falou: e se for um final de semana ou feriado. O que fazer para aliviar a dor até ser possível a ida ao dentista? Deve ter algum analgésico para isso.

      • Sim Sofredora… é possível tomar um análgésico. A questão é que as pessoas querem que eu (ou outro dentista qualquer) sugira um analgésico sem nunca ter examinado o paciente em questão. Por algum motivo as pessoas acham que existe um “remédio milagroso” para dor de dente que serve para todos os casos, e garanto: não há. Portanto, se a pessoa quer tomar um analgésico, que tome… é compreensível. Mas eu nunca indicaria um qualquer para uma pessoa qualquer. Isso seria irresponsabilidade.

  29. Eu repito a toda hora:
    Remédio pra dente é DENTISTA!!!
    Quer queiras, quer não.

Comente ou pergunte!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>