Anestesia Geral no Dentista


Alexandre vai fazer cirurgia bariátrica… é, aquela que diminui o tamanho (ou pelo menos o volume) do seu estômago. Cirurgia nunca é brincadeira, ainda mais nessa modalidade… requer preparo físico e mental. Não é fácil dormir gordo e acordar… ainda gordo :). Mas sabendo que, em poucos meses, lá se vão os quilos… e o cérebro que se habitue com isso!

Dá pra deixar pra outro dia?

Lendo o testemunho em seu blog, um parágrafo me chamou a atenção, o qual transcrevo:

“Agora, uma coisa é certa: se fosse algo relacionado ao dente,
eu já estaria
tomando calmantes e calmantes. Tenho pavor de
dentista, meu batimento
cardíaco aumenta só de escrever
essa palavra e imaginar o motorzinho, que tortura!”

Até tu, Alexandre? 🙂

Achei interessante isso… o cara vai fazer uma cirurgia importante, com implicações sérias. Mas não tá nem aí. O que importa mesmo é que não tem nada a ver com dente… ainda bem! Por isso digo: medo é uma coisa muito pessoal mesmo, e não tem nada a ver com a razão. É mais profundo que isso, é como a cárie: é multifatorial.

Então… por que as pessoas têm medo de dentista? Posso pensar em “n” motivos… mas motivo é como [insira seu termo engraçadinho aqui], cada um tem o seu! No caso do Alexandre, ele não explica o porquê de temer o dentista, mas esclarece a razão de estar tranquilo em relação à cirurgia que vai fazer:

“Sou bem grandinho (e é real rsrs), mas tenho medo de dentista,
fico tenso e com mau humor
uma semana antes. Já para a cirurgia bariátrica
não vejo a hora de tomar anestesia geral e apagar,
entrar no mais profundo
relaxamento, esquecer de tudo e deixar o Dr. Marcelo exterminar meu estômago”.

Entendeu? No dentista, é preciso enfrentar o medo acordado. Pra fazer a cirurgia bariátrica é só “apagar” e deixar o Dr. Marcelo agir :). Isso me lembra uma pergunta que vivem me fazendo no consultório (e fora dele): “Doutora, dá pra fazer anestesia geral no dentista?”.

Dá pra fazer anestesia geral no dentista?

E não é que dá? Mas não é bem assim… não vamos banalizar. Primeiramente, não dá pra fazer anestesia geral em ambiente ambulatorial (consultório), tem que ser no hospital. Ainda, o cirurgião-dentista não está habilitado a aplicar anestesia geral, isso tem que ser feito por um médico anestesiologista, que deve ficar presente durante todo o atendimento, monitorando o paciente.

Em que casos é possível usar a anestesia geral no dentista?

Existem indicações para o uso de anestesia geral, não é pra qualquer caso nem pra qualquer paciente. Essas indicações são associadas às características dos pacientes e aos procedimentos que serão realizados. A anestesia geral em Odontologia está indicada para:

  • Pacientes com fobia de dentista (FOBIA, não medo);
  • Pacientes que não conseguem abrir a boca (trismo);
  • Pacientes que têm reações adversas aos anestésicos locais;
  • Pacientes incapacitados física e/ou mentalmente;
  • Crianças não-cooperativas;
  • Procedimentos muito invasivos ou traumatizantes (cirurgia ortognática, por exemplo) ou demorados.

Há opções mais simples que a anestesia geral?

Sim, as sedações. As mais usadas em Odontologia são a analgesia inalatória com óxido nitroso (que é administrada por cirurgião-dentista com habilitação para isso) e a sedação via endovenosa (que, como a anestesia geral, é aplicada por médico). Pra saber se dá pra usar e se há necessidade de qualquer um desses meios, consulte seu dentista.

* * *

E lembre-se: conversar não tira pedaço. Agende uma avaliação com o seu dentista e converse com ele, sem a obrigação de realizar qualquer procedimento nessa sessão. Pergunte sobre TUDO, até se sentir seguro. Garanto que você vai até esquecer da anestesia geral… 🙂

Ao Alexandre, boa sorte! 🙂

Com base no blog Pensando Leve

Compartilhe:

Categoria: Anestesia | Analgesia | Sedação

Marcadores:

57 comentários

  1. Boa Tarde, Dra. Ana!!!
    Por favor me ajude, fiz a cirurgia dos sisos (2 inferior e 1 superior), sendo que o inferior do lado direito estava bem na base da mandibula, a cirurgia foi realizada no hospital com anestesia geral, ahhhh fiz desvio de septo também, depois que passou a anestesia comecei a sentir muita dor de cabeça e já no hospital mesmo foi ministrado tramal e mais tarde morfina, e mesmo assim a dor de cabeça não passou. Agora com mais de uma semana continuo sentido muita dor de cabeça e parestesia, estou tomando ETNA para parestesia e codaten para dor de cabeça, mas não passa, isso é normal??

  2. Dra. Ana, esta semana fui extrair meus dentes sisos superiores e os inferiores necessitaram de tomografia, pois a dentista que me atendeu achou mais seguro realizar este exame para saber se o nervo estava próximo a estes dentes.
    Então adiamos a extração dos dentes inferiores até o resultado da tomografia e resolvemos dar início a extração dos superiores. Durante o processo da extração eu estava nervosa, mas me contive. Quando terminamos a extração e ela me deu um tempo para descansar e começar a extração do segundo dente, minha pressão subiu para 15/9. Senti muita dor de cabeça, uma agonia da região do coração que não sabia explicar bem o que era, se era vontade de vomitar ou era até mesmo nervosismo. Até arrotei quando sentei. Senti uma leve dormência na região do olho direito e senti uma fraqueza no corpo, uma sensação de desmaio, porém fiquei lúcida o tempo todo e minha respiração não foi afetada.
    Esperei um pouco no consultório e fomos a um posto médico, lá minha pressão já estava normalizada, porém me receitaram uma injeção de dipirona, e logo a dor de cabeça que era muito forte passou.
    Com relação ao dente que foi extraído a recuperação foi ótima, quase nem sangrei e dormi muito bem. Não teve nada a ver com a profissional e sim com minha ansiedade mesmo.
    Sempre que devo fazer algo que me deixe ansiosa, tenho que tomar meu anticonvulsivo (Trileptal/2 comprimidos de 600 mg) logo pela manhã, segundo a recomendação da neurologista que me acompanha. Seja para realizar uma prova, ir a um lugar que nunca fui sozinha, participar de um reunião que precise falar algo e descobri também esta fobia de dentista.
    Agora estou aqui com três dentes sisos que precisam ser extraídos, pois já não há mais espaço para eles saírem e não sei o que fazer. Fiquei com medo de morrer, na hora chorei muito, quanto mais chorava mais minha cabeça doía. Sei que não irei conseguir fazer este procedimento no consultório.
    Pagaria qualquer valor por esta cirurgia no hospital. Já tomei anestesia numa cirurgia de vesícula e vomitei apenas quando acordei e na época me disseram que era normal.
    Então gostaria de saber da senhora, pois não vi na internet, onde procurar este lugar para inicialmente fazer uma consulta e conversar com o profissional. Nos hospitais ou existem clínicas de odontologia mais equipadas para tais procedimentos?
    Tenho medo que no meu caso não seja autorizado, pois acho que não me encaixo nesses casos extremos, mas eu me conheço e sei que não irei me controlar.

    Obrigada!

    Jai R. / Salvador BA

    1. Jai, é possível fazer as 3 extrações faltantes com anestesia geral sim, mas aí tem que ser em ambiente hospitalar, com um dentista que seja cirurgião bucomaxilofacial. Vai ter os custos de internamento, acompanhamento de anestesiologista, etc..

  3. Primeiro preciso agradecer pela existência dessa página! Me ajudou muito!
    Doutora, preciso muito de sua opinião, pois estou num dilema sobre uma cirurgia que preciso fazer para retirada de dois dentes supranumerários, na parte inferior. Um dos dentistas que me atendeu, sugeriu anestesia local e a outra dentista sugeriu anestesia geral (cobertura pelo plano), porém estou morrendo de medo de fazer com anestesia geral, pois tenho medo das complicações, na sua opinião deveria escolher qual das duas? No caso da anestesia geral, quais são os riscos? Não é uma medida exagerada para o meu caso? No exame de tomografia computadorizada foi dada a análise:
    Reg. 35: Presença de unidade supranumerária por lingual em relação a unidade 35. Preservando a estrutura da unidade 35 e não apresenta relação direta com o canal mandibular.
    Reg. 45-46: Presença de unidade supranumerária com inclinação no longo eixo, localizada por lingual em relação a unidade 45 se estendendo à apical da unidade 46, preservando as estruturas das mesmas. Não apresenta relação direta com o canal mandibular.
    Já consultei três dentistas e não me sinto segura para fazer a cirurgia. Nunca tive medo assim, mas devido umas ocorrências estranhas (com outras cirurgias envolvendo anestesia geral) no hospital da cidade, criei esse medo.

    1. Erica, precisar de anestesia geral, não precisa. Essas cirurgias podem ser feitas em ambiente ambulatorial, mesmo. A dentista sugeriu anestesia geral porque o plano cobre… então fica a seu critério.

  4. Dra Ana, tive implante dentário em 2003, sem nenhum problema, mas agora com a idade de 64 tive de refazer os implantes que levou mais de 30 dias para fazer (de 2a a 6a., de 1:00 as 5:00 da tarde) e no final ficou assim: enxerto de ossos no maxilar superior e temporario implante. No maxilar inferior colocou dentes de metal por baixo do de porcelana e por ENGANO colocou cimento PERMANENTE, sendo dentes temporarios . Alem de que na anestesia afetou o nervo maxilar direito e hoje em dia tenho sorriso torto e faço hidromassagem no pescoço para ativar o nervo, alem de que ate hoje tenho aquele barulho do motor no ouvido e do qual me irrita… Preciso de voltar para este dentista terminar o reimplante, mas só de pensar me dá um pavor terrível, pois terá de usar novamente todas as ferramentas e ainda mais agora que é cimento permanente em cima de metal, acho isto muito pra minha idade. Tenho trauma de dentista, pois qdo criança fui amarrada na cadeira e a secretaria com o corpazio em cima do meu para eu nao me movimentar. Eu ainda nao paguei este tratamento, pois foi combinado de pagar nesta 2a. etapa. Ele é meu dentista desde 1970, agora é aposentado, mas tem um casal de filhos dentistas na mesmas clinica dele. (inclusíve é um famoso professor na faculdade em Minas Gerais).
    Minha pergunta é: posso ter anestesia endovenosa ou uma outra que me faz dormir pelo ao menos enqto estiver tentando desfazer o erro? Eu nao gostei do tratamento do filho dele qdo implantou o osso. Portanto terei de procurar outro especialista. Por favor me ajude. E desde ja lhe agradeço e muito!
    Angela Maria.

    1. Angela, anestesia não… mas sedação endovenosa ou com gás, pode. Pra fazer anestesia que não local, teria que ser geral, e aí só em ambiente hospitalar, com internamento, acompanhamento de médico anestesiologista, etc.. (pra sedação endovenosa em consultório também seria necessário um anestesiologista, para o uso do óxido nitroso, não).

  5. Quando entro na sala do dentista fico em panico, meus dentes estão caindo, já estou com dificuldades em mastigar e com vergonha de sair de casa, estou me isolando, engordei 24 kg e me prejudicou muito, sou amputado MID e estes 24 kg a mais estao sendo péssimos, alem de ter provocado o pinçamento do nervo ciático, a dentista que me atendeu, muito paciente, tentou o tratamento, mas fico em um estado impossível, totalmente descontrolado, pressão e batimentos cardiacos irregulares, fora a crise de choro, esta dentista me disse que eu tinha que cuidar bem dos dentes pois se eu precisar usar dentadura terei dificuldades na adaptação devido a ânsia que sinto quando poem algo em minha boca, então resolvi procurar solução, que é implante total superior e inferior com procedimento realizado com sedação, oba resolvi meu problema, não estou mais deprimido ainda, pois sei que tem a solução, porem é muito cara e eu não tenho condições financeiras e não encontrei onde realizar este tipo de procedimento gratuito ou para baixa renda. Poderia me ajudar de alguma maneira? Grato pela atenção.

  6. Boa noite, meu filho tem 16 anos e tem de arrancar um dente, mas ele tem problemas, e MT nervoso. E tb tem espectro autismo moderado, na aparência e um adolescente normal, mas no normal e MT ansioso. Será que tem que levar anestesia geral?

    1. Rogerio, é. Imagino que você tenha um problema periodontal, com dentes moles. Será no consultório mesmo, com anestesia local, ou no hospital com anestesia geral? Enfim, pode ser feito das 2 formas, depende do caso. Confie no seu dentista.

  7. Minha abertura é mínima. Eu não consigo colocar nem dois dedos direito na minha boca, e meus dedos são bem finos. Além disso eu tenho uma assimetria facial leve (já foi pior, mas eu fiz uma ortognática com um buco maxilo excelente e melhorou muito). E eu tenho duas cáries que precisam de canal lá no fundo da boca. Anestesia geral seria uma opção viável, não?

    1. Seria, Nathalia. Mas antes seria bom fazer uma avaliação com um dentista especialista em DTM e Dor Orofacial, pra identificar o motivo dessa restrição de abertura bucal.

      1. Você tem alguma indicação para mim de um especialista em DTM e Dor Orofacial aqui na região do oeste paulista (área 18)? Eu me mudei ha pouco tempo e só conheço dentistas do Rio.

  8. Eu era tranquila pra os procedimentos dentários, ate que num certo tratamento o meu dentista deixou a agulha cair na minha boca e quase foi pra garganta, dai pra cá nao consigo mais pensar em extrair meus dentes, ja entrei em depressão, e hoje tomo calmante passado pelo psiquiatra, por preciso de ajuda, preciso ter como nao ver, extrair dormindo.

    1. João, depende do caso… mas, via de regra, extrações múltiplas podem ser feitas, sim, em ambiente ambulatorial, sob sedação (ou nem isso). Não entendi a intenção da sua segunda pergunta, você quer conselhos pós-operatórios ou sobre prótese?

  9. Boa noite.
    Sempre fui muito tranquila no dentista, porém a última vez que eu fui, passei por um procedimento (cárie) e a dentista teve que aplicar anestesia em mim. Bem na época que eu fui, estava tendo muito taquicardia, principalmente durante o sono, mas depois de vários exames foi detectado que eu tinha transtorno de ansiedade. Mas quando fui na dentista, do nada depois da anestesia, começou me dar taquicardia e a pressão subiu. Tive que ir no PS e depois de uns 40 minutos passou. Minha dentista acha que foi panico e ela acredita que não foi a anestesia. Agora preciso arrancar o siso e tô sem coragem e com muito medo. Ela disse que teria que tomar anestesia geral mas tô com muito medo. Qual é seu conselho, doutora?

    1. Bruna, certamente não foi nada relacionado ao anestésico… pelo seu relato, foi uma reação psicossomática, por causa da ansiedade. Não sei se é o caso de partir logo pra anestesia geral, talvez uma sedação já permita o atendimento. Converse com a sua dentista.

  10. Boa tarde,

    Tenho um sério problema para realizar restaurações, a anestesia não pega de jeito nenhum, fico com o rosto, nariz e língua totalmente anestesiados, porém quando começa o procedimento sinto as dores como se não tivesse tomado nada, na ultima vez cheguei a lavar a cadeira do dentista de suor devido às dores.
    O mais curioso é que já tem uns 3 anos que eu precisei retirar os dentes do ciso, todos inclusos e com a raiz parecendo um anzol de tão torto, tomei a anestesia e fiz o procedimento sem maiores problemas, não senti nada e o procedimento foi extremamente bruto.
    Poderia me dar uma dica do que fazer? Preciso fazer mais 2 restaurações mas não estou disposto a passar por esse pesadelo de novo. Obrigado, Gilberto.

      1. Bom dia Ana,

        A maioria foram nos dentes de baixo, mas nos de cima também tive esse problema.
        Os dentes do ciso foram extraídos, os quatro estavam inclusos, o procedimento foi bem grosseiro, mas não tive problemas com anestesia, foi tranquilo.
        Você acha que outro tipo de anestesia poderia me ajudar, por exemplo anestesia a gás?

        1. Acho que a analgesia inalatória pode ajudar sim, mas creio que o problema deve ser o tipo de anestésico. Em cirurgias geralmente se usa um anestésico mais forte, como a mepivacaína ou a bupivacaína, já em restaurações um mais fraco, como a lidocaína. Talvez seja só o caso de trocar o tipo de anestésico.

          1. Entendi,

            Sou totalmente leigo no assunto, me corrija se eu falar alguma besteira… rs
            Li a respeito que esse problema com anestesia varia de acordo com o organismo, estrutura óssea, etc. Você acha que é possível acontecer novamente mesmo utilizando essas anestesias mais fortes que citou anteriormente?

          2. Sim, depende do organismo: estrutura física, anatomia do paciente e da reação ao anestésico em si. Pode acontecer novamente da anestesia não funcionar… porque a gente não sabe exatamente o que está causando essa “tolerância” à anestesia em você. É questão de investigar.

          3. Drª. tenho mesmo problema. Fui fazer uma obturação, super simples, mas senti toda a dor. A médica deu anestesia de extração e continuei sentindo a dor, mas ela continuou, mandou duas assistentes me segurar e terminou o procedimento, até hj tenho um grande trauma de dentista. Fora isso, quando pequena, uma doutora arrancou o meu dente canino antes do tempo, a anestesia escorreu, senti toda a dor, por causa disso alguns anos após tive que fazer cirurgia para corrigir o canino permanente q n nasce e usei 8 anos de aparelho.

  11. Minha filha de 9 anos tem dentes supranumerários mesiodentes, e o dentista do SUS disse que tem que fazer cirurgia com anestesia geral. Gostaria de saber se é uma cirurgia de risco?

  12. Meus dentes estao se dissolvendo, parece, pois tenho fobia de dentista, nao consigo passar nem na porta, mas estou vendo que nao vai ter mais jeito, pois meu dentes estao acabando e estou com medo de ficar sem todos eles, nunca tive acesso a esse tipo de profissional, entao nao tenho costume de ir ao dentista, moro em BH e queria alguma ajuda, pois fui viciado em crack e nunca cuidei dos meus dentes direito em muitos anos, mas me livrei do vicio dessa droga maldita, entao estao literalmente se dissolvendo, me ajudem por favor, nao estou saindo de casa, estou entrando em depressão, quero muito meu sorriso de volta.

  13. Ola, tudo bem, olha eu queria saber se minha filha de 5 anos pode tomar uma anestesia pra dormir pra que o dentista possa fazer o canal do dente dela, pois ela nao abre a boca de jeito nenhum, o pouco que o dentista conseguiu ver do dente dela ele falou que a raiz do dente ja esta morta, ela tem pavor de dentista, so que eu como mae fico morrendo de dó pq ela so ta comendo de um lado e ela ta com a gengiva inchada, me ajudem pq eu levei no SUS e eles falaram que nao podiam fazer o canal à força nela, agradeço desde ja.

    1. Luzineide, uma boa opção para o caso da sua filha é o atendimento com o uso de sedação por gás (óxido nitroso). Sua filha ficaria bem tranquila e certamente colaboraria com o dentista. Converse com ele pra ver se ele trabalha com essa técnica ou indica algum colega que trabalhe. Você pode fazer uma busca por um profissional que tenha habilitação na área aqui: http://cfo.org.br/servicos-e-consultas/habilitacoes/ (em “CRO” coloque o estado em que você mora e em “habilitação” use “analgesia”).

      1. Tenho 43 anos, minha boca não abre muito e tenho muita ânsia de vomito, náuseas e estou perdendo meus dentes, tenho panico, ao me aproximar da cadeira do dentista meu coração dispara, a pressão oscila, a visão fica turva, não consigo me controlar, ai vem crises de choro, estou precisando de tratamento urgente e pesquisando descobrir o que pode ser feito, o tratamento com anestesia geral, porem não tenho condições financeiras para este tipo de tratamento, moro no interior do estado de São Paulo em São João da Boa Vista e preciso que me ajude a encontrar este tratamento com anestesia geral gratuito ou que eu possa pagar em muitas parcelas e se possível o mais próximo de onde resido.
        Grato pela atenção.
        Marcelo

        1. Marcelo, a anestesia geral é uma opção, sem dúvida, mas talvez, no seu caso, o uso de sedação por gás (óxido nitroso) seja suficiente. É uma opção mais em conta e já existem muitos dentistas que trabalham com a técnica. Conseguir atendimento odontológico gratuito (ou barato) com anestesia geral é bem complicado, pois envolve internamento, presença de médico anestesiologista, etc., e tudo isso demanda custos.

  14. Olá,
    Excelente artigo. Eu passo por grandes dificuldades quando vou ao dentista, sinto muitas ânsias e na hora que o dentista vai trabalhar não consigo ficar muito tempo com a boca aberta, dificultando muito o tratamento, já levei um ano para fazer um canal, foi muito traumatizante, e hoje procuro esse tipo de tratamento, apesar de ser caro para mim, tenho certeza que vai valer a pena. Parabéns Ana pelo blog e pelos artigos, achei ha pouco tempo, procurando na net. Suas informações são muito valiosas para mim.
    Abraço.

  15. Eu sofro com fobia desde os 14 anos, antes eu frequentava o dentista tranquilamente e ia sempre sozinha. Acontece que com essa idade fui em um açougueiro pois estava em férias na praia e depois disso não me lembro de mais nada, só sei que nunca mais consegui sequer entrar em um consultório. Passei uns 10 anos sem visitar dentista, quando não dava mais procurei e achei uma maravilhosa que me atendeu no hospital e tomei a anestesia geral, foram 8 horas de procedimento e quando acordei nunca senti uma alegria tão grande, estava com todos os meus dentes tratados. Sorte minha que eu sempre tive dentes fortes, agora estou esperando pra juntar mais um dinheiro e ir novamente e aconselho sim a usar anestesia geral para quem como eu sofre por não conseguir ir ao dentista. Bjs

  16. Boa Noite!
    Moro em São Vicente SP e gostaria que alguém me indicasse algum dentista que aplica anestesia intra-venosa para dormir durante a extração de dente, pois tenho fobia e a cada dia que passa os problemas aumentam e morro de medo da dor. Por isso peço pelo amor de Deus que me ajude.
    Desde já agradeço pela atenção.

  17. Penso que qualquer cirurgia que intervém nos nervos cranio deveria ser feita com sedação geral para que o paciente não tenha que gastar depois com psicologo ou psiquiatra. A necessidade da sedação geral já está “mais do que na cara”, se não estivesse tão claro não haveria tanta discussão sobre o assunto “medo de dentista”. Sentir dor é a coisa mais terrível que existe.

  18. Boa tarde

    Olha, tenho que confessar, ja pensei como o Alexandre. Para fazer a minha Cirurgia Bariátrica, há quase 8 anos atrás, eu fiquei bem menos nervosa do que quando eu tinha que ir ao Dentista.kkkk. Hoje, graças a Deus, ja não tenho mais essa fobia. Sim, pq não era só medo, era pânico, fobia mesmo. Extrai sisos, fiz um tratamento de canal, e coloquei aparelho fixo, há quase dois anos. Isso tudo “culpa” do meu dentista, que sabe usar a psicologia e é um anjo de pessoa. Já nem tomo mais 2 ou 3 Rivotril pra ir la kkkkk. Ah, e para fazer a cirurgia bariátrica nao me foi pedido avaliação do dentista. Fiz um caminhao de exames e consultas com vários especialistas, mas dentista, nao.
    Obrigada pelas informações sempre úteis. Abraços. Larissa

  19. SOU HIPERTENSA E SÓ DE PENSAR EM DENTISTA FICO SUPER NERVOSA, JÁ PASSEI POR VÁRIOS TRATAMENTOS DENTÁRIOS EM CRIANÇA E TENHO TRAUMA , GOSTARIA DE SABER AONDE POSSO FAZER TRATAMENTO DENTÁRIO COM ANESTESIA GERAL GRATUITO, ESTOU COM PROBLEMAS SÉRIOS BUCAL E ESTOU VENDO QUE TENHO QUE CORRER PARA TRATAR, MAS O PAVOR NÃO DEIXA E A CADA DIA PIORAM AS COISAS, ESTOU COM SECREÇÃO SAINDO DE UM DOS MEUS DENTES E OS QUATRO DE BAIXO NA FRENTE ESTÃO AMARELOS MOLES E INFLAMADOS POR CAUSA DO FUMO E ISSO ESTA ME APAVORANDO. DESDE JÁ AGRADEÇO A SUA ATENÇÃO. FABBY, RIO DE JANEIRO.

    1. Fabby, não sei dizer se o SUS cobre procedimentos odontológicos com anestesia geral, acredito que não. Acho difícil você achar esse tipo de atendimento de forma gratuita, até porque os custos são altos, já que requer internação, médico anestesiologista, etc..

  20. Agora, o mais interessante ainda, e que o Alexandre não citou, é que, pra fazer a bariátrica, um dos documentos necessários (pelo menos pro meu médico) é uma declaração do DENTISTA, dizendo que tá tudo ok com os dentes… Isso vem da necessidade do paciente gastroplastizado em mastigar muito bem na sua “nova vida”, e se não estiver tudo ok com a arcada, o médico não dá prosseguimento ao processo pré-cirúrgico… =)

    1. Olha… que informação bacana! Dessa eu não sabia… e faz muito sentido mesmo. Taí, a interdisciplinaridade em benefício do paciente como um todo. E tem gente que ainda acha que dentista só “ranca e bitura” dente… 😀

      Beijo, querida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista