52 comentários

  1. Boa tarde Doutora Ana, já deixei um relato aqui no começo do ano qd fiz uma cirurgia da gengiva… e agora meu dentista falou em colocar o aparelho em baixo e que vai colocar uma espécie de “levante”, e que vou odiar ele por 15 dias srsrsrsrr misericórida Doutora, desde que sai do consultório to com taquicardia com esta notícia rsrsrs, oq eu seria esse tal levante??? Doi tanto assim… ai já estou desesperada…

    Fabricia Cancelier
    Urussanga/ SC

    1. E vai incomodar mesmo, Fabricia… mas não dói nada, pode ficar tranquila. O levante é um dispositivo que mantém a sua mordida aberta, ou seja, vai ser muito chato pra mastigar. Pode ser um aparelhinho, 2 bolinhas de resina nos dentes de trás ou um botãozinho colado na parte de trás dos dentes da frente. Depende. Mas doer, não dói. 🙂

  2. Eu tenho um pouco de medo de dentista. Sempre que preciso fazer algo + doloroso eu peço anestesia.
    Mas hoje o meu maior problema está sendo tratar. Preciso fazer uma série de coisas (cárie, gengiva, alinhamento) e não “consigo” com o meu plano Odontoprev. Queria trocar para um plano que eu pudesse fazer as coisas sem precisar ficar andando de um lado para outro e muitas vezes sem resolver nada. Se preciso de um Raio-X, o dentista pede, chega lá não pode ser aquele pedido, tem que ser outro. Se tenho que fazer uma cárie ou uma limpeza, o dentista olha, diz que tem que fazer, mas não faz no dia pq já tem uns 5 esperando atendimento na recepção. Se preciso tratar canal tenho que ir para outro dentista, outro lugar. Extração de siso outro dentista, outro lugar. Raio-x outro lugar. O meu sonho é entrar num lugar para tratar tudo pelo plano, mas sinceramente acho que isso não existe. Um tratamento que levaria no máximo 6 meses acaba saindo no barato por 2 anos.
    Aceito encarecidamente e urgentemente sugestões de lugares no RJ que tratem tudo pelo plano. Se não aceitarem o meu plano eu me proponho a troca-lo. Dessa forma aceito também indicação de um bom plano odontológico. Está difícil, cansei.

    1. Carlos, infelizmente plano de saúde é isso aí. Você fica refém do plano, ele “se mete” entre você e seu dentista e só atrapalha (ainda mais a Odontoprev, que é PÉSSIMA). Em muitos casos, o que você gastaria em 1 ano de plano equivale aos honorários de um tratamento particular completo (e o $$$ vai só para o dentista, e não para o plano). Eu gostaria de indicar pra você um bom plano, mas é como procurar agulha num palheiro… e o plano que é “bom” na minha cidade, pode não ser na sua. Ter todos os tratamentos num único local é complicado também, a não ser que você escolha uma clínica grande, que tenha dentistas especialistas em todos as áreas. Eu falo um pouco mais sobre esse assunto aqui –> https://medodedentista.com.br/2011/04/e-bom-ter-convenio-odontologico.html

      1. Doutora, muito obrigado pela resposta. Estou cheio de problemas para resolver nos dentes (estou com dores na gengiva, 2 dentes ficando moles e doendo, uma cárie, alinhamento e limpeza de rotina, e não consigo fazer nem um raio-x panorâmico com esse plano. Colocam barreira em tudo. Sempre falta alguma coisa e tempo vai passando.. .)
        Como esse plano é pela empresa que minha esposa trabalha, a empresa que eu trabalho não tem plano odonto, eu não tenho ideia do valor. Mas vou fazer isso que a Dra recomendou, vou procurar um outro consultório (de preferência com várias especialidades) pq é muito chato ficar tratando cada hora num lugar diferente, e pagar pelo tratamento.

        1. Pois é, Carlos… o paciente paga e não recebe o tratamento que precisa. O dentista atende e, da mesma forma que o convênio “acha uma desculpa” pra adiar ao máximo o atendimento, “dá um jeito” de não pagar o dentista com alguma justificativa burocrática (tipo, “faltou a assinatura do Papa”). Com convênio é pior pra todo mundo… menos pro convênio.

  3. Olá boa tarde,

    Gostaria de deixar meu relato… desenvolvi um pânico grande de dentista desde semana passada, pois meu ortodontista me obrigou a me submeter a uma cirurgia de retirada do freio e implante de gengiva, e desde novembro do ano passado eu relutava e não queria fazer pq tenho muito medo, muito medo mesmo de cirurgia na boca desde a retirada de meus cisos, que foi muito traumático… agora enfim semana passada acabei me submetendo a essa cirurgia medonha… não é de Deus… dai estou sem comer, sem dormir de tanta dor, e fora a hemorragia de 5 horas que sofri pelo corte no céu da boca… e minha vida acabou… não vejo luz no fim do túnel e só penso em parar o tratamento de ortodontia por aqui, arrancar o aparelho agora mesmo… já que só coloquei em cima e me baixo ainda não coloquei… acho que não da mais nem p entrar em consultório odontológico e por causa do meu medo o dentista contou várias mentirinhas da cirurgia que fiquei bem chateada, pq eu acreditei e confiei nele, agora não quero mais ver dentista na minha frente, até se vejo na TV troco o canal… será que tenho que procurar um psicólogo???? Ou posso dar um tempo mesmo da ortodontia e o trauma vai passar????

    Agradeço a atenção,

    Fabricia Cancelier
    Urussanga / SC

    1. Fabricia, eu acho que tudo é muito recente. Não dá pra dizer que no momento você sofre de fobia de dentista, porque você está em meio à “tempestade”… quando essa fase mais chata do pós-operatório passar, aí as coisas vão ficar mais claras. E se passados um mês ou dois você achar que precisa de apoio psicológico, não hesite, procure ajuda! Quantos antes, melhor. Se a frenectomia era uma necessidade do tratamento ortodôntico, tenha em mente que o pior já passou, e interromper o tratamento por causa disso tornaria a cirurgia em vão. Se você quiser, ninguém pode impedir você, mas eu acho complicado decidir isso de cabeça quente. Enfim… torço pra que você melhore logo e pra que não estenda sua desconfiança e medo a todos os dentistas. Eu, por exemplo, sou dentista e sou legal. 😉 Abraço e se cuide!

      1. Doutora, muito obrigada pela resposta !! Você certamente é uma profissional que eu iria sem medo srsrsr agradeço muito pela atenção, pois realmente passei por muuito pânico pelo sangue e por tudo enfim… gostaria de agradecer e também relatar que hoje voltei ao dentista do aparelho, o ortodontista, e consegui encarar numa boa… uma grande vitória srsrsr, e acho que não precisarei de tratamento, foi realmente só o pânico do momento… eu realmente tenho pânico do dentista da cirurgia pela grosseria dele e pela falta de apoio no pós-operatório, e por todas as complicações que tive… mas acredito que esse profissional é realmente uma exceção entre vários maravilhosos como a Doutora demostra ser, e como esse meu ortodontista que também é muito humano, salvando assim toda a classe srsrsrsr, então queria dar meu depoimento novamente, já mais recuperada do trauma, que bons e maus profissionais temos em todas as áreas e não podemos julgar todos por causa de um ou outro, e dentista pode sim ser nosso amigo, ele esta lá para nos ajudar, vamos confiar neles !!!! Obrigada pela grande ajuda, Doutora Ana!!!

        Fabricia Cancelier
        Urussanga /SC

        1. Fico muito feliz de ter ajudado, Fabricia! E de ajudar a “limpar a barra” dos dentistas como classe, também. 😉 Que bom que tudo deu certo. Obrigada pelo testemunho! Abraço!

  4. Ola, boa noite.

    Doutora, tenho um dente que caiu a obturação ja faz 4 anos, e nisso o buraco no dente so aumenta, sinto que estou com mau halito, pois nesse dente acumula comida eu sempre tiro, mas como mesmo assim nao me sinto bem, eu escovo meus dentes em torno de 4 vezes ao dia, e ontem esse dente quebrou um pedaço e vi que na raiz esta preta, sera que vou precisar arrancar o dente, tenho muito medo de dentista, principalmente da broca, era pra eu ter resolvido isso antes, agora estou colhendo o que plantei 🙁

    1. Cadu, em 4 anos a cárie pode ter feito um “belo” estrago… tomara que não ao ponto de comprometer as raízes do seu dente porque, nesse caso, pode ser preciso extrair, sim. Agora você precisa procurar um dentista pra avaliar o dano, e remover toda a cárie. Dependendo do que “sobrar”, ele vai indicar o tratamento, que vai desde uma restauração até uma coroa completa, depende do caso.

      1. Dra. Ana., acabei de chegar do dentista, olha tenho que confessar que eu estava com muito medo, nunca tive tanto medo igual tive hoje, e tanto que levei minha mãe junto kkkk, vou fazer meu testemunho pra ficar de exemplo pros demais que tem medo igual eu…

        Desde ontem eu estava com medo e pensando nisso e tanto que olhei vários videos no youtube e acabei ficando com mais medo kkk, mas enfim eu fui e chegando no dentista o medo so aumentava, enfim entrei na sala e é claro levei minha mãe junto também, ao ver o estrago o dentista perguntou quanto tempo tinha e eu acabei mentindo, disse que so tinha 3 meses kkk, e nisso ele olhou e disse que so tinha duas soluções, ou fazia o canal ou a extração, mas caso fosse canal ele não iria fazer, pois tava complicado demais, e nisso eu falei que tinha 4 anos e o mesmo falou – Dr: ah ta explicado por isso o estrago – e então depois de muita conversa resolvi arrancar, pense num medo, muito medo, medo demais kkk, eu tremi, fiquei amarelo, enfim que medo foi aquele kkk, isso foi agora as 4 horas da tarde, mas tenho que confessar que numa escala de 0 a 10 doeu nem 0,5 porcento na realidade, só senti a anestesia um pouquinho a agulha e depois nada mais, realmente da medo mas o dentista foi excelente, hoje perdi muito do meu medo e a parti de hoje vou cuidar mais dos meus dentes, e detalhe, a extração foi baratinha, 60 reais só, e bem rápida, demorou uns 15 minutos, e ja meu dente a raiz estava ate boa, mas o dente ja tava bastante preto…

        Quero dizer aos meus amigos medrosos que se vc tem medo, chame alguém pra ir com vc, pois se minha mãe não estivesse la eu tinha voltado kkkk, mas o dentista é nosso amigo, e so ir numa clinica particular e de boa recomendação e sairá feliz igual eu estou, to sem um dente, mas aprendi a cuidar mais da minha saúde bucal, e em breve farei um implante pra repor o que perdi, olha so que coragem estou kkk, e fica a dica, o dentista e nosso amigo…

        🙂 🙂 🙂 🙂

          1. Dra. pra fazer um implante eu tenho que esperar quanto tempo ? E outra pergunta, no caso doi a mesma coisa que arrancar? Demora muito?

          2. De 4 a 6 meses depois da extração. Não dói nem pra “arrancar”, nem pra fazer o implante… pra isso é que existe anestesia. 😉

  5. Oi Dra, tenho 28 anos e vivo nos EUA por 3 anos. Ja usei aparelho fixo por 4 anos na adolescencia e sempre tive problemas com cáries. Porem minhas 2 ultimas viagens fiz clareamento a laser no Brasil, uma delas a dentista disse que nao tinha problema, pois eu estava grávida de 2 meses, acabei tambem colocando uma coroa em um dos dentes e o resto estava tudo certo. Depois que o meu filho nasceu fui ao dentista aqui mesmo (nos EUA) e comecei o tratamento no dente que mas me incomodava… a minha situação estava tao feia que a dentista fez de tudo pra salvar meu dente e era tão profundo e saia um mau cheiro tão forte que ela achou melhor extrair, pois eu ja estava preocupada de pegar alguma infeccao ou algo, sendo que eu estava amamentando. Enfim eu senti muitaaa dor este dia, me tremia inteira, tomei varias anestesias e acho que passei a ter um mega trauma, mas nao desisti… ainda estou concluindo algumas cáries aqui e gostaria de saber se meu caso pode ter haver porque ja fiz 2x clareamento a laser e uma delas no comeco da gestacao, na qual tem a forte mudança hormonal, e se tem algo que posso fazer pra proteger mais de eu ter novas cáries… pois mantenho mta a minha higiene bucal, faco bochecho com oleo de cocô, faco uma leve escovação tambem com Xylitol e mesmo assim fico desesperada. Gostaria de ajuda, pois nao quero mas sofrer na cadeira do dentista e preciso manter a calma pois ainda estou amamentando.

    Obrigada

    Maira

    1. Maira, você quer saber se o clareamento “enfraqueceu” seus dentes? Não. Mesmo tendo sido feito durante a gestação (o que é contraindicado).

      Pra proteger você de novas cáries o segredo é melhorar a higienização. Óleo de coco não é adequado pra bochechos e a escovação não precisa ser leve, ela tem que ser adequada e remover toda a placa bacteriana, usando-se creme dental COM FLÚOR. Assim você está prevenindo a formação de cáries.

  6. Sempre evitei dentista, anos sem pisar em um para você ter ideia…
    Vendo este blog, me senti encorajado, me deu vontade de ir ao dentista para colocar aparelho fixo.
    Nos próximos dias estarei com sorriso metálico hehehe, quero fazer fotos semanais da evolução e poder falar sobre o que senti e o quanto eu estava enganado este tempo todo achando que dentista era um bicho de sete cabeças…
    Espero que ao fim de meu tratamento eu possa compartilhar com os leitores, quem sabe até mesmo a Ana pode postar minha experiencia como motivação para pessoas que se sentem como eu me sentia!

    Só tenho a agradecer, Ana.

    1. Fico muito feliz em ter colaborado, Valério! Por favor, mande notícias. Faço questão de postar seu testemunho, com certeza ele vai encorajar muitos outros leitores. Abraço! 🙂

  7. Dra, boa tarde! Primeiramente gostaria de agradecer pelo seu trabalho com esse site! Confesso que sempre tive medo de ir ao dentista e isso me prejudicou muito com o tempo. Como eu tive vergonha de dividir minhas experiências com as pessoas, procurei na internet e achei aqui a solução de todo meu transtorno. Estou escrevendo esse comentário enquanto tomo os devidos cuidados no pós operatório da extração de um siso, que foi uma cirurgia super tranquila e indolor (Sim, indolor mesmo, e aqui vos fala uma pessoa que digamos… É bem fresca). Aqui eu descobri que eu não estava sozinha nessa e tive coragem pra iniciar meus tratamentos. Meio que na sorte descobri excelentes profissionais que me deram toda atenção do mundo e posso dizer que uma mulher que não tinha uma saúde bucal muito em dia hoje está no caminho pra sorrir novamente! Final do mês agora, após extração/limpezas e etc, colocarei o aparelho ortodôntico e devo este mérito primeiramente ao meu dentista e em segundo lugar ao seu site que fez com que eu criasse coragem e percebesse que não é um bicho de sete cabeças, e hoje admiro ainda mais essa linda profissão que foi dado a vocês para que ajudem pessoas como eu e vários outros que comentam aqui diariamente. Um grande abraço Dra. E meus sinceros agradecimentos!

    1. Carol, eu é que agradeço seu depoimento. Fico muito feliz de ter ajudado de alguma forma. São relatos como o seu que incentivam a continuidade deste trabalho. Um grande abraço! 🙂

    2. Nossa CAROL! Que engraçado, após escrever um relato meu que está aguardando aprovação para ser postado, desci e li o seu comentário! Parecia que havia sido escrito por mim!!! Este sentimento que você tinha e tem agora é igualzinho ao meu! Inclusive usei a mesma expressão: achava dentista um bicho de 7 cabeças.

      Agora vejo que perdi anos com medo desnecessário.
      Claro que há procedimentos doloridos, mas tudo vale apena para poder sorrir sem esconder os dentes!

      Dra. Ana é um anjo para nós, meros medrosinhos hehehe
      Abraço!

  8. Olá Dra. Ana, enviei um comentário à três dias e não foi publicada resposta, pode demorar mais? É que pelas respostas que a dra. dá me passou confiança e estou ansiosa pela sua opinião pra decidir, me ajuda por favor, bjo.

  9. Dra., sempre tive fobia de médicos, nunca sofri um acidente sequer que tivesse que tomar pontos, hoje estou com 51 e sou cardiopata, e pior, alguns dentes muito cariados, alguns já ate cairam, mas para piorar fui comer algo que não estou lembrado e este dente cariado da frente ficou mole por um periodo e agora ele caiu, gostaria de contar com sua ajuda para procurar um profissional que me ajude, e se posso repor este dente da frente com protese movel sem retirar alguns que estão ruins pra arrancar, mesmo que mais tarde eu tenha que substitui-la por uma completa.
    Desde já agradeço.

    1. Daniel, você pode repor quaisquer dentes faltantes com prótese removível, mas antes é preciso realizar as extrações necessárias… não dá pra simplesmente colocar a prótese sobre raízes cariadas. Pelo IP do seu computador vejo que você está no Rio de Janeiro, e em RJ tenho as seguintes dentistas cadastradas no blog:

      Josiane Joia [email protected]
      Rosana Carvalho [email protected]
      Simone Levy [email protected]
      Carla Gamba [email protected]
      Sonia Falani [email protected]g.com.br

      Quaiquer uma delas pode ajudar! Mencione que você obteve o contato delas através do blog. Abraço!

  10. Dra, minha saga continua. Me aconteceu agora algo pior que medo de dentista, nao sou do tipo que tenho medo de tudo em dentista, tem procedimento que até gosto, quando faço limpeza e saio de lá com sensaçao de leveza ou restaurações adoro, nem me incomodo com as limas do tratamento de canal a unica coisa que tenho medo é extração, e nem é por conta de dor, pq não há, e sim medo de ver sangue e desmaiar, mesmo assim ja enfrentei esse medo. Agora tem outro medo que tenho desde a infância que é o de vomitar, sempre choro e fico desesperada, quando isso acontece é horrível. E fui fazer um retratamento daquele canal que lhe enviei a panorâmica, e através do microscópio descobri que quebraram uma lima la dentro e nem me avisaram, nem sequer tentaram retirá-la. O problema é que o endodontista disse que não faz endo sem isolamento, e eu pela primeira vez usei esse isolamento e tive muita ânsia de vomito, a ponto de ter que dividir as sessões, quando coloco aquele filme de rx na boca com suporte também é outro dilema. O que eu faço? Ele disse que agora pra tentar tirar a lima vai ser demorado e ainda por cima irá tirar raio x com o isolamento junto, socorrooooo! Sem contar no mico e trabalho que estou dando a ele. Chego a tremer de medo.
    Tem alguma tecnica que ajude ou algo que eu possa fazer pra não ter ânsia?

    1. Cris, complicado. Mas:

      1. Procure ficar calma;
      2. Respire pelo nariz;
      3. Melhor não comer muito antes da sessão.

      O isolamento absoluto é essencial, mesmo. Difícil trabalhar sem ele, principalmente em endodontia.

  11. Oi, estou com um dente podre e um outro tem um buraco enorme, sinto muitas dores nos dois, alivia com agua e sal, nao sei mais o que fazer pois tenho pavor de dentista, so de pensar passo mal…
    Por favor o que faço pra perder esse medo terrível…
    Obrigada.

  12. Olá, Boa noite!

    Já estou na minha segunda dentadura em poucos meses, porque a primeira não deu certo, ficou caindo muito, não conseguia morder nem a coisa mais macia que ela simplesmente caía. (PS.: esta foi reembasada)
    Agora essa segunda esta muito bamba, tem horas que ela fica estabilizada, mas tem horas que parece que ela amolece quando vou tirar para escovar, enquanto a do meu marido é super dificil de tirar a minha sai facilmente. Ambas não foram baratas.
    Assim que o dentista colocou a segunda, ela ficou extremante fixa, mas dai uma semana já estava caindo.
    Já extrai os dentes há quase um ano.
    Não sei o que fazer, não posso fazer implante.
    Será que tem solução, ou tem pessoas que não dão certo com dentadura?

    1. Leila, provavelmente seu marido tem mais osso sob a gengiva / mucosa, portanto, mais retenção para a prótese. Você já tentou usar um fixador de dentadura, tipo Corega?

  13. Olá, é minha primeira vez no blog e estou gostando muito. Gostaria de tirar duas dúvidas; a primeira é: Vale a pena se extrair um dente sem indicação de canal e restaurado sem nenhum problema pra por implante? A segunda é: Para se trocar uma lente de contato/faceta por outra, no mesmo dente, é necessário um novo desgaste ou o atual suportará a nova faceta?

    1. Fernando, depende do caso, se estivermos falando de uma situação BEM específica, talvez haja vantagem. Mas, via de regra, não há vantagem alguma em se extrair um dente viável e fazer implante. Quanto à faceta, pode ser necessário algum ajuste no preparo, mas não no sentido de remover muito mais tecido dentário, só em caso de necessidade, mesmo. Se não, é só remover uma faceta e fazer a outra baseada no mesmo preparo.

  14. Oi, Doutora Ana! Uso aparelho ortodôntico há 5 meses e estou insatisfeita com a aparência dos meus dentes devido a algumas restaurações. O dentista sempre me diz para esperar remover o aparelho para pensar em estética. Há uma restauração no incisivo lateral superior direito que perdeu completamente o brilho e isso me incomoda muito, pois ela ficou opaca e sem qualidade, mas parece resistente. O que fazer?

    1. Márcia, dá pra trocar esse restauração já. Basta tirar o arco e talvez o bráquete, remover a restauração atual e fazer outra. Converse com o seu dentista, deixe claro que essa restauração está incomodando você e que você gostaria de resolver isso já.

      1. Obrigada, Dra! É recomendável por faceta em um dente praticamente inteiro (muito mais dente natural que restauração) sendo que essa restauração é pelo lado?

  15. Oi Doutora, queria saber de ti se vale a pena por facetas em resina nos meus dois dentes da frente superiores ao retirar o aparelho ortodôntico (ambos tem restaurações pelos lados, porém o doutor disse que o uso das facetas precisa ser avaliado. Ele afirmou que só pode falar se são necessárias facetas ou não, depois de remover o aparelho e fazer um clareamento). Pois queria por apenas nesses dois dentes. É possível alcançar um bom resultado duradouro e estético nesse caso? Desde já, obrigada.

    1. Depende do tamanho das restaurações, Marília… mas em princípio, é possível. Aguarde a remoção do aparelho pra decidir isso junto com o seu dentista.

  16. Depois de 10 anos eu tô indo ao dentista outra vez, minha psicóloga me ajudou, me ensinou algumas técnicas pra que eu me acalme qdo bate o desespero na cadeira e tá tudo dando certo (ler as postagens aqui do site e ler as suas respostas nos comentários tbém foi de muita ajuda). Estou desde outubro fazendo tratamento, tudo devagar, com paciência e meus dentistas são bem pacientes, a geral é odontopediatra e me trata como uma das crianças que ela tem como paciente, nem me importo, acho ótimo. O endodontista é bem tranquilo tbém, apesar de não falar muito, ele pergunta como estou o tempo todo, e fico segura. Mas a primeira coisa que eu fiz qdo cheguei ao consultório foi falar da minha fobia, explicar que por conta dela eu não ia no dentista há anos. No começo o endodontista não levou muito a sério, mas acho que percebeu minha total tensão na cadeira qdo ele foi simplesmente olhar, sem fazer nenhum procedimento, então o jeito dele mudou um pouco, estou feliz (na medida do possível que se fica com um dentista, no meu caso, né?) com eles.
    Mas tbém tenho uma dúvida, Dra. Ana, hoje fui na segunda sessão de um canal. Veja, esse dente já tinha feito canal, mas foi mal feito por outro profissional e passou do ponto de onde tinha que ir e tbém não foi feito em tudo, o resultado é que às vezes o dente doía e no raio-x identificaram uma lesão. A opção do meu dentista foi reabrir e refazer, a primeira sessão foi semana passada e apesar de nos dias seguintes eu sentir muita dor, estava tudo bem e ele avisou que poderia doer. Hoje de manhã fui na segunda sessão, me pareceu mais invasiva que a primeira. Minha questão é que agora, não fosse a dor como da outra vez, tbém tem uma bolinha branca na gengiva. Essa bolinha não estava lá antes, nem antes de começarmos o canal e nem depois da primeira sessão. Eu não tenho o celular do meu dentista, e minha próxima consulta é só em 2 semanas pq ele me disse que estaria viajando. Dra. Ana, é normal essa bolinha estar aí agora? Eu estou preocupada de alguma coisa horrível acontecer enquanto ele está fora.

    1. Fernanda, provavelmente é uma pequena fístula, um local por onde sai pus e secreção (mesmo que você não tenha percebido isso). Não é grave, até porque você já está em tratamento. Fique tranquila, quando seu dentista voltar de viagem, ele reavalia.

  17. Eu não digo que tenho medo de dentista, da dor pelo menos, eu tenho medo da vergonha. Recebi uma promoção no trabalho e percebi que se quiser ir mais longe terei que ter uma melhor apresentação, especialmente os dentes. Tenho 26 anos mas meus dentes estão estragados. Eles já eram todo obturados quando criança e na adolescência e início da vida adulta parei de cuidar deles, tive depressão e pensava que não iria viver muito, então pra que me preocupar? Há uns três anos estou melhor e mesmo sabendo que preciso ir ao dentista não consigo criar coragem. Na minha cabeça sei que é idiota, é um profissional que irei procurar para me prestar um serviço, não deveria ter tanto julgamento. Mas não consigo criar coragem. Estou decidida a marcar algo esta semana. Se não, irei procurar ajuda. Obrigada pelo artigo!

  18. Olá, no último dia 12 fui ao dentista, e ele precisou fazer algumas restaurações em meu dente pois havia algumas cáries, ele falou que uma estava bem funda e as outras nem tanto, mas fez as restaurações necessárias. Após isso não conseguia mastigar do lado direito pois sentia dor, no dia 13 fui até lá novamente e ele disse que era normal, como a cárie era profunda talvez doeria por uns dias. Mas estou um pouco preocupada, pois continua doendo e isso me incomoda bastante, tem vezes que dói constantemente como se os dentes estivessem sensíveis, principalmente quando tomo líquidos ou gelados. Não estou mastigando do lado direito para evitar a dor, mas mesmo mastigando somente do lado esquerdo, após comer fico sentindo dores constantes, principalmente em toda a parte inferior direita.
    Essas dores devem parar em breve? Existe algum cuidado que eu deva tomar nesses dias até pararem as dores? Ou há algum problema e preciso procurar novamente o dentista?
    Agradeço desde já!

    1. Thaina, pode haver alguma sensibilidade por até 30 dias após a confecção de uma restauração. A tendÊncia é esse sensibilidade ir diminuindo com os dias. Se isso não acontecer, converse com o seu dentista, pode ser necessário remover a restauração e ficar com um curativo durante alguns dias pra ver como o seu dente vai se comportar.

  19. Ola, boa noite, tenho 16 anos, uso aparelho ha 4 anos, meu dentista falou que irei tirar agora em janeiro 2016, so que meus dentes da parte de cima e de baixo estao criando umas falhas que não tinha, isso esta me incomodando muito, o que faço ? Devo procurar outro dentista ? Ou conversar com ele ? Pq não da pra eu colocar o móvel pq as falhas estão visíveis.

    1. Grazy, converse com seu dentista, sim! É importante que ele verifique esses espaços, que são indesejáveis, sem dúvida. Provavelmente é algo passageiro que será resolvido logo.

A área de comentários / perguntas está fechada. Agradeço a compreensão.

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista