Quanto custa em média um tratamento no dentista?

Quanto custa em média...É natural que as pessoas queiram saber quanto vão gastar, independente do serviço que precisam: advogado, médico, encanador, jardineiro… dentista. O dinheirinho não tá fácil e é suado. Mas o que eu acho engraçado nessa história é que elas perguntam como se estivessem querendo saber quanto é 1 kg de picanha ou 10 pães.

Se eu chegar no açougue e pedir 1 kg de picanha, o açougueiro vai me dar… 1 kg de picanha. Não interessa se sou eu que peço ou você, a carne é a mesma. Mas não dá pra chegar no dentista e pedir 1 dentadura ou 1 implante ou 1 restauração. Sabe por que? Porque a dentadura, o implante e a restauração não são iguais para todo paciente e, antes de fazer no mínimo uma avaliação, não há como saber que tipo de dentadura, implante ou restauração o paciente precisa… e nem SE precisa. Sim, porque muitas vezes as pessoas querem saber quanto custa o procedimento que elas ACHAM que precisam. A confusão entre coroa com pino e implante, por exemplo, é muito comum.

Exemplo: a dentadura do Seu João e a dentadura da Dona Maria não custam a mesma coisa, e esse é um dos fatos mais difíceis de fazer as pessoas entenderem. O Seu João e a Dona Maria são pessoas diferentes, e pessoas diferentes têm necessidades diferentes. A prótese do Seu João é mais simples, com dentes nacionais… e o Seu João é um amor! Não falta consulta, tudo dá certo com ele. Já a prótese da Dona Maria tem gengiva caracterizada, céu da boca incolor, dentes importados… e a Dona Maria tem ânsia e às vezes até vomita na hora de moldar… isso quando ela vem pra consulta, porque vive faltando. Pode ser novidade pra você, mas se o paciente dificulta o trabalho, o dentista pode e deve cobrar mais caro. Na prática não faz muita diferença o motivo: alguma limitação física, psicológica, chatice ou falta de respeito: sai mais caro.

O recado é o seguinte: não existe “quanto custa em média” para tratamentos de saúde. Claro que, se for feita uma pesquisa em certa região, usando determinados critérios, é até possível desenvolver uma tabela de honorários médios. Mas pra que se formule uma tabela assim, é preciso pesquisar. E eu não tenho o costume de fazer avaliações em consultórios odontológicos pra saber quanto os meus colegas andam cobrando… eu sei quanto EU cobro, mas o valor pode mudar dependendo das variáveis que citei no exemplo do Seu João e da Dona Maria.

Ok… mas continua valendo a observação que fiz no início do post: quem paga quer saber quanto vai pagar e se está pagando caro considerando a tal “média”. Aí me ocorreu que existem as tabelas chamadas VRPO – Valores Referenciais para Procedimentos Odontológicos. Elas são elaboradas por conselhos e/ou sindicatos como sugestão de valor a ser cobrado por tratamentos odontológicos. Essas tabelas podem servir de referência para o atendimento particular também, mas a ideia é que sejam usadas como base para os formular os honorários pagos aos dentistas pelos convênios e planos odontológicos.

Os valores sugeridos nas tabelas VRPO variam bastante dependendo da entidade responsável por sua elaboração, bem como com o estado de origem. Deixo abaixo 3 links pra que você tenha uma ideia de quanto custa em média um tratamento no dentista. Use como referência, mas tenha em mente que não passa disso… SEU tratamento nunca custará o mesmo do que o do seu vizinho.

VRPO – Sindicato dos Odontologistas do Estado de São Paulo

VRPO – Sindicato dos Odontologistas do Distrito Federal

VRPO – Associação Brasileira de Odontologia do Estado do Paraná

😉

Compartilhe:

Comentários via Facebook


Categoria: Geral

Marcadores:

73 comentários

  1. Ola Dra.
    Eu sinto que um dos meus sisos está crescendo e a região está bem estranha, ele é inferior e vi um buraquinho bem certinho e fundo na gengiva bem em cima de onde ele deve aparecer, pensei que fosse a gengiva dando espaço para ele, mas agora está fechando esse buraquinho e o dente continua a crescer. Queria saber se pode ser alguma reação? Se é normal? Porque as vezes parece não ter relação e outras fica dilatando tudo junto; e também se um outro siso pode ter crescido completamente e ficar coberto pela gengiva mesmo assim. Agradeço muito desde já!

    1. Carol, parece tudo ok, em princípio. Quanto ao outro siso, se há gengiva em cima dele, ele certamente não nasceu por completo. Às vezes é até necessário remover essa gengiva com uma pequena cirurgia.

  2. Olá dra. Vou precisar extrair um dente mas ele quase nem existe mais rsrs. Tem um pedacinho só do lado de fora. É mais complicado assim do que quando o dente está inteiro do lado de fora? O custo da cirurgia aumenta pelo fato do dente quase não existir mais? É o primeiro dente antes do siso inferior esquerdo, que está nascendo agora. Obrigado!

    1. Micael, não existe a coroa… mas a raiz está inteirinha. Tende a ser um pouco mais complicada a extração sim, mas o dentista conhece a técnica e tem o instrumental adequado pra esse tipo de extração também, fique tranquilo. O custo deve ser um pouco maior, sim.

  3. Ola doutora. Bom, meu problema é o seguinte, nasceu o ultimo dente da parte de cima, bem no fim, nao sei como se chama rs, mais o fato é que esse dente fez com que meus dentes da frente ficassem tortos, depois de algum tempo apareceu caries entre dois dentes da frente que acabaram furando e aparecendo um pequeno buraco, gostaria de saber qual o melhor tratamento para este problema, doutora.

    1. David, para as cáries, a remoção delas e a restauração desses dentes. Quanto ao dente que nasceu, deve ser o siso (terceiro molar)… e pode haver indicação de extração dele. Procure um dentista pra avaliar.

  4. Boa noite doutora, meu filho de 1 ano e 4 meses caiu e bateu a boca na queta, seu dente da frente quebrou a ponto do dentinho dele, posso fazer uma restauração no dente dele to me sentindo péssima com isso, obrigada pela atenção.

    1. Jackeline, leve-o ao dentista / odontopediatra pra avaliar. Se for possível restaurar, o dentista fará a restauração.

    1. Depende das cáries, Camila. Quantas? De que tamanhos? Em que dentes? Qual o tratamento pra elas (restauração? Se sim, de que tipo? Canal? Vai precisar de pino? Extração?). Procure um dentista pra avaliar, é a única forma de saber quanto custaria / custará o SEU tratamento.

  5. Dra. Meu dente quebrou e restou uns caquinhos. Agora a gengiva ao redor dele está inflamada. Estou amamentando, o que devo fazer ??

    1. Josy, ir ao dentista e tratar de acordo. Se não der pra aproveitar nem a raiz do seu dente, será preciso extrair. O fato de você estar amamentando não interfere.

      1. Boa noite. Sou do Recife. E estou enfrentando o problema da halitose. Eu sempre uso o fio dental, faço a limpeza na língua e por toda boca. E nao melhora. O que eu devo fazer?

        1. Taiane, sugiro a avaliação de um dentista especialista em halitose, pra determinar a causa do problema. Só assim é possível propor um tratamento / solução.

  6. Oi doutora Ana Tokus, tenho problema de erosão dental em 5 dentes, indo ao dentista me deu conselhos de passar sensodyne, depois de um ano os dentes pioraram e ele na hora fez raspagem para esconder a parte que estava aparecendo. Pela estética foi ótima, e a dor sensível não sinto mais, o trabalho em todo será aproximadamente de 880 reais, gostaria de saber… não é pelo preço sendo pouco ou alto, eu irei fazer isso na Itália com um dentista francês, no Brasil é normal fazer uma raspagem ? Ou teria outros métodos ? Seria economicamente eficiente fazer no Brasil ! Obrigada !

    1. Laisa, não sei entendi bem a situação… o que você quis dizer com “ele na hora fez raspagem para esconder a parte que estava aparecendo”? Alguma cirurgia gengival? Porque a raspagem não “esconde” nada, pelo contrário. Só pra eu entender melhor…

  7. Bom dia. Sou português e ouvi comentários que ficava mais barato ir tratar dos dentes ao Brasil. A minha esposa necessita de 4 ou 5 dentes novos. Em quanto tempo um dentista consegue colocar novos dentes? E possível numa viagem colocar todos estes dentes?

    1. António, por causa da desvalorização do Real em relação ao Euro (quase 4 pra 1), isso provavelmente é verdade. Depende, claro, do tipo de prótese que a sua esposa precisa, se forem implantes é mais complicado porque tem o período de integração do implante ao osso, que pode levar 6 meses. Mas se não forem implantes, ou seja, próteses fixas ou removivel, deve levar algo entre 4 e 6 sessões. Aí é questão de conversar com o dentista e explicar a situação, pra que ele adapte sua agenda às necessidades da sua esposa, mas com um bom planejamento creio que em 1 mês é possível realizar o tratamento.

  8. Olá, Doutora!
    Como é feito a montagem do aparelho móvel? É retirado o aparelho fixo? Ou não precisa? Outra pergunta, meus dentes no lado direito não se encaixam, ou seja, eles estão “alinhados”, mas a mordida não faz aquela espécie de “quebra-cabeça”, demora muito para corrigir? Segundo minha dentista, faltam poucos meses para retirado do aparelho fixo.
    Obrigado!

    1. Gabriel, geralmente se molda o paciente antes de remover o aparelho fixo pra que, no dia que o fixo for removido, o removível já esteja pronto e possa ser instalado na mesma sessão. Assim se evita que haja pequenas movimentações dentárias indesejadas. Difícil dar uma previsão de tempo apenas com os dados que você e forneceu, mas “poucos meses” me parece razoável.

  9. Flor, preciso de ir em um periodontista, sera que eles combram muito caro, sera que da para uma pessoa de baixa renda pagar?

    1. Camila, qualquer tratamento tem seu custo, e se for particular, quem arca com ele é o paciente. Mas cada caso é um caso, você precisa procurar um dentista / periodontista e fazer uma avaliação. Uma ideia é procurar faculdades de Odontologia, associações e sindicatos, onde o tratamento é a preço de custo (ou até sem custo). Falo sobre isso aqui –> https://medodedentista.com.br/2012/01/dentistas-gratis.html

  10. Doutora, acho que estou com gengivite. Procuro um dentista ou tem alguma coisa que eu possa fazer em casa? O que devo fazer ?

    1. As duas coisas, Cristiana: procure um dentista o quanto antes e, enquanto isso, capriche bastante na higienização. Escove bem os dentes e use o fio dental criteriosamente, se a gengiva sangrar, não importa, gengivite é assim mesmo.

    1. Tiago, depende do dente, depende da cárie, depende do tipo de restauração, do material dela, etc.. É preciso procurar um dentista e fazer uma avaliação clínica.

  11. Ola dra, fazia 10 meses que havia trocado a obturação, mas apareceu um buraquinho no dente, achei estranho, pois em pouco tempo havia cárie de novo, então o dentista que me explicou que foi retirado a cárie do dente, mas não havia retirado a antiga obturação, e foi colocada em cima uma nova, e assim havendo uma infiltração de bactérias, pois a antiga e a nova não se colam, e por isso houve a infiltração de bactérias e consequentemente a cárie. Isso procede?

    E a massinha do dente foi branca, não seria uma massinha amarela, e essa massinha branca é provisória.

    Obrigado pela atenção.

    1. Pode ser Viviane, essa explicação faz sentido. Não entendi bem, a restauração que infiltrou era provisória? Se era e ela ficou 10 meses em boca, não é de se surpreender que tenha infiltrado, esse tipo de restauração deve ficar no máximo 6 meses.

      1. Desculpe, não fui clara na explicação. A restauração que infiltrou não é provisória, troquei a mesma por uma nova restauração, onde foi colocado uma massinha branca. A massinha branca é provisória e quanto tempo dura ? É possível um dente já restaurado ainda ter cárie? Qual o melhor material para restaurar os dentes?

        Obrigada pela atenção, um otimo dia !

        1. Se ela não é provisória pode durar anos (1, 2, 5…), depende dos hábitos de alimentação e higiene da pessoa. Um dente restaurado pode ter cárie sim, em qualquer outra parte dele ou na interface (união) entre o dente e a restauração. O melhor material depende do caso e do tipo de restauração, restaurações diretas podem ser feitas de resina ou amálgama, restaurações indiretas (peças feitas em laboratório de prótese e cimentadas pelo dentista) podem ser de resina, de porcelana, de metal, etc.. Uma restauração de metal não é estética, mas funcionalmente é ótima. Uma restauração de resina é estética, mas pode durar menos. Uma restauração em porcelana é estética e muito durável, mais que a resina, por exemplo.

  12. Olá doutora, extrair o dente do siso pode haver algum risco em relação ao maxilar? Ou é uma extração comum como qualquer outra??

    1. Em princípio é uma extração como qualquer outra, Romario. A não ser em casos bem específicos, como por exemplo quando o siso está perto de um nervo ou artéria importante ou quando o siso inferior está muito “baixo” dentro do osso, aí pode haver risco de fratura da mandíbula. Outra situação é quando o siso superior está com as raízes muito próximas do assoalho do seio maxilar (uma região “oca” acima das raízes dos dentes superiores), aí pode haver comunicação buco-sinusal (da boca com essa região “oca”). Mas, claro, eu estou sendo BEM pessimista, estou pensando só no pior. Essas são complicações que podem acontecer, mas o risco não é pra todo paciente e não são a regra.

  13. ola doutora, tenho dois buracos na frente do dente, provavelmente foi caries que comeu… quero conserta-los, mas as condicoes estao poucas, vc poderia me dar uma base de quanto ficaria 2 canais?

    1. Tamires, e como é que você sabe que precisa tratar canal desses 2 dentes? Você precisa procurar um dentista e fazer uma avaliação, até porque cada caso é um caso e não existe “média” de valor. É possível que remover as cáries e restaurar os dentes seja suficiente.

  14. Bom dia Dra.

    Gostaria de saber quando custa em média pra fazer canal em um dente, meu dente quebrou todo por dentro, ta um buraco grande e de vez em quando sinto dor.
    Um dentista ja me informou que é canal mesmo que terá que ser feito neste dente. Porém meu plano só será ativado pra consulta daqui 30 dias e pra tratamento de canal daqui 60 dias, mas eu não quero esperar.

    1. Não existe “média”, Karoline. Você leu o texto? Tem 3 links de tabelas de referência ao final dele, se você quiser olhar.

  15. Olá doutora, queria fazer o desgaste dos caninos, é possível? É mais para estetica mesmo, me sinto muito incomodado com eles… e quanto custa em média esse procedimento??

    Grato.

  16. Olá Ana eu fiz uma limpeza completa nos dentes e agora será feito uma raspagem, gostaria de saber se causa dor antes ou depois do procedimento e se tem algum risco!

    1. Vanessa, pode haver alguma sensibilidade dentária, mas tudo depende da “profundidade” dessa raspagem. De qualquer forma, se for necessário, pode ser feito com anestesia. Não é um procedimento, em si, de risco. E é importante pra eliminar qualquer infecção gengival que você tenha.

    1. Debora, pode ser uma infiltração que levou a uma cárie. Sugiro que você procure um dentista assim que possível, pois dor espontânea pode ser sinal de que a cárie já chegou ao canal. Se não chegou, talvez ainda dê pra evitar o tratamento de canal. Mas não demore.

  17. Olá Doutora Ana
    Parabens pelo trabalho 🙂

    Eu havia chumbado os molares de tras quando era criança e agora parece que essa massa gastou e eles estão ficando um pouco afiados e aparentam ter cáries, mas minha mãe se recusa a ouvir quando conto para ela, tem algo que eu possa fazer em casa ?

    1. Jorge, não, não há nada que você possa fazer em casa a respeito disso. É preciso procurar um dentista pra avaliar. E é importante fazer isso logo pois, se houver cárie mesmo, é possível tratar antes que vire um tratamento de canal, por exemplo. Taí um argumento bom pra usar com sua mãe: quanto mais você demorar pra procurar um dentista, maior a chance do tratamento ficar mais complicado… E MAIS CARO. 😉

  18. Oi doutora! Bom, eu tenho 15 anos, meus dentes caninos (de leite) cairam quando eu tinha uns 9, 10 anos e até agora só cresceu a pontinha. O que pode ser? Eu devo procurar um dentista?

    1. Cássia, se as “pontinhas” deles estão na boca, é uma ótima notícia: eles existem e estão relativamente bem posicionados pra nascer. A questão é o espaço disponível… talvez eles não tenham nascido ainda por causa disso. Sim, procure um dentista pra avaliar, uma radiografia panorâmica deve mostrar a posição desses dentes e se está tudo ok.

  19. Ola doutora, bem, a minha pergunta é a seguinte: fui ao dentista fazer um orçamento e ele viu tudo que precisava ser feito, com 8 canais e 7 dentes a ser tratados. Mas com um preço muito alto, 4.600 quatro mil e seiscentos, ta certo isso?

    1. Romario, cada dentista tem liberdade pra fazer seus próprios honorários. Pela quantidade de canais / dentes a serem tratados, está me parecendo bem “em conta”…

  20. Ola doutora Ana, o meu problema e que eu tenho um pivo na frente e ele esta inflamado, o que pode ser feito?

    1. Claudino, se a gengiva está inflamada é certa a necessidade de remover esse pivô e fazer um novo. É preciso verificar as condições da gengiva / osso, também. Procure um dentista pra avaliar.

  21. Olá dra. Ana
    Meu filho foi no dentista fazer um orçamento e eu achei muito caro as restauraçoes (5) que são simples R$ 130,00 cada uma. Este preço esta correto? OBRIGADO.

    1. Reginaldo, não existe “preço correto”… cada dentista tem liberdade pra fazer seus próprios honorários, não há uma “tabela” a ser seguida ou algo assim. Já vi restaurações mais baratas e muito mais caras… cada caso é um caso. Quem avalia se uma restauração é simples ou complexa é o próprio dentista.

      1. Ana, sei que por sua ética profissional, você evita falar de preços, mas é esse o ponto que o cliente tem mais dúvidas. Eu acabei de receber um orçamento em que uma restauração fotopolimerizável Mesio-Oclusal saiu por R$ 330,00 cada. Esse não é um preço de acordo com a gravidade, mas é um preço padrão para qualquer restauração desse tipo daquele dentista.

        Será que pelo menos dessa vez, você poderia sair um pouquinho de cima do muro (rs) e dizer se esse valor é razoável ou não?

        Obrigado, Alex

        1. Ahuahuahua! Não é nem – só – por ética, Alex… é que isso varia muito. Uma restauração mésio-oclusal pode ser pequena ou grande, e o conceito de “pequeno” e “grande” varia de acordo com o dentista. Eu acho improvável que esse dentista cobre sempre R$ 330,00 independentemente do tamanho da restauração. E em se tratando do valor, em si – lembrando que cada dentista tem total liberdade pra fazer seus próprios honorários – pra minha realidade (a realidade dos meus pacientes, na verdade) está um pouco acima. Pulando de cima do muro 😀 , eu cobraria entre R$ 150,00 e R$ 200,00 em uma restauração MO “média” (média na MINHA opinião). Se você for verificar o valor sugerido pela VRPO (links no final do post), seria algo em torno de R$ 363,00 (restauração livre de metal, seja já o que isso queira dizer 😉 )

  22. Olá Ana, a pergunta é meio besta, mas eu fiquei uns 2 dias sem usar fio dental (rsrs) será que é perigoso dar carie? Só meio complexo com isso. E o fio dental tem que ter flúor, etc, porque sempre compro aquele J&Johnson, mas depois fui comprar no supermercado só tinha aqueles fio branco simples, tem o mesmo efeito de remover a placa?

    1. Se você usa sempre o fio dental direitinho, em 2 dias não vai ter cárie, pode ficar tranquilo (levaria mais tempo pra ela se desenvolver). Quanto ao tipo de fio, depende muito do que você prefere e se adapta… não tem um “tipo ideal”. Mesmo o fio mais simples, se bem utilizado, é suficiente pra remover a placa mecanicamente. Não é preciso flúor nem nada.

  23. Bom dia, Ana.
    Primeiramente parabéns pelo seu excelente trabalho e dedicação!

    Gostaria de tirar uma dúvida. Minha vizinha tem um filho de 3 anos e desde bebezinho ele tem o hábito de mamar a noite e até hj ele mama no peito. Acontece que por causa desse hábito quase todos os dentes da criança tem cáries, já que o leite fica a noite toda acumulado na boca. Os de trás tem só os pedacinhos e um molar já foi totalmente corroido pela cárie, por conta disso o menino tem sérias dificuldades de mastigação e tem o cardápio limitado – nao tem dente pra mastigar e a mãe dá o peito pra que ele não fique com fome. Só que a criança tem um verdadeiro PANICO de dentista. A mãe nunca conseguiu leva-lo a uma consulta. Ele chora, grita, bate, morde, foge…
    Em sua opinião, o que pode ser feito nesse caso? Como são dentes de leite, como seria a restauração? O estado muito avançado das cáries pode prejudicar a dentição permanente quando chegar a idade?
    A mãe dele quer que o dentista faça sedação na criança pra poder tratar, isso é possivel?
    Li seu texto e agora imagino que o tratamento, por conta dessas dificuldades, sairia bem carinho… =/

    Obrigada pela atenção

    Um abraço!

    1. Ana, sim, num caso com esse a sedação está indicada. A melhor opção provavelmente é a analgesia inalatória com óxido nitroso (gás), é preciso procurar um dentista / odontopediatra que trabalhe com a técnica. Na verdade o menino não tem pânico, ele só está “sendo criança”… e se ao mexer nos dentinhos dele ele sente dor (o que provavelmente ocorre, dada a situação), o atendimento fica inviabilizado. Em se tratando de dentes de leite, a restauração depende de quanto tecido dentário se perdeu… geralmente se usa um material provisório que libera flúor, apenas pra manter os dentes na boca, de forma saudável, pelo máximo de tempo possível, pois a perda precoce de dentes decíduos pode, sim, prejudicar o nascimento dos dentes permanentes (principalmente no que diz respeito ao espaço disponível pra isso).

  24. Olá Doutora, estou fazendo um tratamento de canal e surgiu uma complicação, o dentista disse que um dos canais do dente é curvo e ele não consegue usar as limas, disse ele que vai tentar necrosar o nervo do dente com remédios, qual a chance disso dar certo?

    1. Luiz, imagino que a ideia seja “mumificar” a polpa (o “nervo”) ou estimular uma calcificação do canal. Pode funcionar e não incomodar você nunca mais. Outra possibilidade é a avaliação de um especialista (não sei se o seu dentista é endodontista), dependendo da curvatura talvez seja possível instrumentar, sim.

      1. Olá doutora, ainda estou no tratamento de canal deste dente, já foram 8 sessões, o dente quando parece não doer mais, começa a doer do nada, uma dor não muito forte mais chata, o dentista não consegue achar a causa do problema, ele limpa e troca o curativo toda vez que eu vou lá e disse se a dor persistir vai ser mesmo o canal curvo, no início ele disse que isso não seria problema, porque o canal que ele não conseguia instrumentar era pequeno com 11 milímetros e não seria preciso tratar esse canal, (ele ainda não começou o tratamento químico que tinha dito, caso o dente não parasse de doer), os outros dois canais tem 20 milímetros, só para comparar, será mesmo esse canal curto que o dentista não consegue instrumentar o causador do problema?
        Se esse dentista não conseguir resolver o problema (ele não é endodontista), posso pedir para outro dentista ver o problema? Será que outros dentistas aceitam pegar o caso com o tratamento de canal inicializado?

        1. Luiz, provavelmente a causa da dor é o canal curvo / curto. Às vezes fica algum resíduo do nervo ou contaminação, e isso propicia que a dor persista. Eu acho que seria legal um especialista avaliar sim, inclusive seu próprio dentista poderia indicar um colega pra isso.

  25. Desculpe, nao expliquei direito. Meu dente quebrou antes de moldar e cimentar a peca (bloco) e quando cimentado, a parte de tras do dente ficou bem menor que a da frente, por ter quebrado.

    1. O bloco é feito com base na anatomia normal do dente, Ramon. Talvez o que você esteja sentindo é uma diferença nessa anatomia em comparação com como era, mas se a moldagem foi feita depois da fratura, o bloco deve estar cobrindo toda a estrutura necessária, sim.

  26. Ola Ana!! Acabei de fazer uma restauracao no dente, so que antes de terminar a dentista tinha “furado” o meu dente para fazer canal, e no intervalo meu curativo soltou e aconteceu da parte de tras do dente quebrar. E na hora de restaurar a dentista moldou a peca do jeito que tava e colocou assim, dai ficou a parte de tras pequenininho e parte da frente normal. Detalhe, era o primeiro molar, tem algum problema nisso ou devo voltar la para ela corrigir isso? Abracos e desculpa pela amolacao. 🙂

    1. Ramon, não sei se entendi bem o que ocorreu. Você ia cimentar uma peça / bloco no dente, mas antes de cimentar, com a peça pronta, o dente quebrou e, mesmo assim, sua dentista cimentou a peça. É isso? Ou se trata de uma restauração direta (aquela que o dentista faz na hora)?

  27. Oi, eu gostaria de tirar uma dúvida.
    Há mais ou menos 15 dias eu fiz uma remoção de carie do dente da frente e uma restauração. Acontece que ele nos primeiros dias ficou um pouco sensivel, porém parou, só que agora ele voltou a doer e muito. Toda vez que o dente bate no dente de baixo parece que está dando uma pontada e é horrível, sem falar que quando eu fecho a boca o dente da restauração é o primeiro que bate. Poderia ser essa a causa ? E qual seria o tratamento ?

    1. Sem dúvida pode ser a causa, Douglas. Isso se chama “contato prematuro”, o que coloca muita força sobre um dente só… por isso a dor. Ou está sendo causado por um inchaço local (que deixa o dente mais “alto”) ou a própria restauração precisa ser ajustada (desgastada) pra evitar que esse dente toque nos do arco oposto antes dos demais. Procure seu dentista pra avaliar.

  28. Olá doutora, coloquei o aparelho superior e ontem coloquei o aparelho ortodôntico inferior, e os dentes de cima estão batendo nos brackets de baixo, é normal?

    1. Não deveria, Thomas. É muito provável que alguns desses bráquetes inferiores descolem. Seria bom que seu ortodontista conferisse isso.

A área de comentários / perguntas está fechada. Agradeço a compreensão.

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista