Pergunte ao SEU Dentista

Eu adoro responder perguntinhas odontológicas na Internet. Faço isso o dia todo aqui no blog, por e-mail e no Pergunte ao Dentista. Aliás, não sei se vocês notaram, mas cada post meu é na verdade uma resposta mais detalhada a alguma pergunta que eu vivo escutando (ou lendo). Tem certas perguntas recorrentes que eu já respondi centenas de vezes (mesmo, sem exagero algum). Se eu ganhasse R$ 1,00 cada vez que me perguntam “quanto custa tal procedimento?”, “quanto tempo eu vou usar aparelho?” ou se “tá certo o que o dentista fez”, eu tava feita (e precisaria comprar um porta-moedas maior)! 😉

Taí um botão que seria útil em muitos teclados...

Esclarecer dúvidas via Internet ou qualquer outro meio não-presencial é uma forma de apenas orientar o paciente. Tem certas perguntas que só um exame clínico, uma tomada radiográfica e uma anamnese bem feita podem responder. Acontece muito da pessoa descrever sintomas e pedir diagnóstico. Não dá.

Um comportamento muito comum de quem pergunta na Internet (e é isso que eu quero abordar) é o de tentar complementar as informações que faltaram na sua consulta ou atendimento odontológico. Por exemplo: se a pessoa teve um dente extraído, ela quer saber o que pode e o que não pode fazer (e por quanto tempo). Se o ortodontista instalou só a parte de cima do aparelho, a dúvida que fica é quando ele vai instalar a parte de baixo. Se o problema foi uma pancada e o dente está mole, a pessoa quer saber se “fica duro de volta” e de quanto em quanto tempo tem que voltar no dentista para reavaliar.

Gente… pergunte ao SEU dentista!

Eu não sei se a dúvida não ocorreu na hora do atendimento (o que pode acontecer) ou se é vergonha de fazer uma pergunta “boba”, mas o que não falta é gente perguntando para o dentista da Internet o que deveria ter perguntado para o dentista de verdade (não que o da Internet não seja de verdade… ;))! Se você refletir um pouquinho vai perceber que certas perguntas só podem ser respondidas por quem já examinou você… e que aquela sua descrição do problema do tipo “está doendo a minha gengiva perto do meu dente do fundo” não é suficiente pra saber o que você tem e muito menos pra dizer qual remédio você tem que tomar (se é que tem).

Resumindo: se você quer saber quando precisa retornar para remover os pontos da cirurgia ou em que dia, mês e ano vai poder tirar o aparelho… pergunte ao SEU dentista. Ele é o único que conhece o seu caso e está apto para lhe dar uma resposta com conhecimento de causa. No mais, eu continuo por aqui… orientando e ajudando no que eu puder.

Compartilhe:

Comentários via Facebook


Categoria: Geral

Marcadores:

59 comentários

  1. Oi, bom dia meu… Estava com o dente com uma pequena mobilidade todo dia, medo nesse dente, e percebi que aumentou a mobilidade, se eu parar de mexer ele endurece?

    1. Bia, depende do motivo da mobilidade. Mas “mexer” no dente com certeza aumenta a mobilidade… então não faça mais isso. E procure um dentista pra avaliar.

  2. Ha duas semanas extrai um dente, e agora esta parecendo uma pontinha branca (espícula ossea) do lado da gengiva. No momento não esta doendo, so um incomodo, o que fazer? É perigoso? Aguardo resposta.

    1. Não é perigoso, Vanilza… mas se essa espícula está solta, vai ficar incomodando você. Eventualmente seu organismo deve expulsá-la, mas o ideal seria que seu dentista avaliasse. Se for uma ponta óssea fixa, uma possibilidade é fazer uma pequena cirurgia corretiva.

  3. Oi. Gostaria de uma informação… minha filha tem 5 anos, o dentinho dela ficou mole e bem molinho mesmo, e ela pediu que eu arrancar com o fio dental… estava com medo mas arranquei. O dentinho parece ter saido inteiro, mas ficou uma coisinha mole no espacinho do dente, sera que ficou uma parte do dente ? Mas ele se movimenta e ela diz nao sentir. Oq sera isso ? Devo leva-la a um dentinta ?

    1. Jessika, deve ser só a gengiva em cicatrização, mesmo. Se o dente estava molinho, já não havia raiz, ele certamente saiu inteiro. Acho que você não precisa se preocupar.

  4. Ana, boa tarde.

    Dia 02 deste mês realizei uma cirurgia de frenectomia labial, na parte superior.
    O cirurgião realizou a operação em meus dentes, comigo usando aparelho autoligado. O meu freio na parte da frente não era muito acentuado, porém na parte de trás, onde chamam de palato (pesquisei bastante ultimamente na internet) que é quase o céu da minha boca, ele removeu bastante.
    Acontece que, agora completando uma semana, percebi que ficou um buraco no lugar da minha gengiva, tanto olhando de frente, como por trás através de um espelho. Acabou ficando um triangulo negro no local onde eu tinha gengiva. Além de não ter ficado esteticamente bacana, também atrapalha minha dicção no momento de usar sílabas com a letra “T”, porque onde era coberto, agora sai ar quando coloco a lingua. Para pronunciar o “S” também fica um pouco difícil.

    Minha dúvida é a seguinte, como vai acontecer daqui pra frente? A gengiva vai cobrir com o tempo essa área do triangulo negro, terá que ser preenchido com resina?

    Eu coloquei um algodão no buraco apenas para fazer um teste se a dicção voltava ao normal, e com o algodão tapando o buraco e impedindo a saída do ar, a dicção volta ao normal.

    Estou preocupado, doutora.

    1. Otavio, tudo a tende a se normalizar, sim. A cirurgia ainda é bem recente, você está em franca cicatrização. Em cirurgias gengivais é preciso aguardar pelo menos um mês pra uma boa cicatrização inicial, só a partir daí é que dá pra se ter uma ideia de como será o resultado final.

  5. Dra. Boa tarde, eu fui ao dentista e ele falou que eu teria uma raiz pra tirar, eu queria saber se é mais complicado que extrair um dente, e quanto tempo mais ou menos demora kk, não gosto muito de ir ao dentista, e tenho horror a sangue kk, obrigado desde já.

    1. Rafael, não necessariamente. O dentista tem o instrumental necessário pra extrair a raiz como tem pra extrair o dente inteiro. Pra você não muda nada, o tempo de cirurgia pode ser o mesmo. Algo entre 15 minutos e 1 hora.

  6. Bom dia, queria uma informação, ontem eu estava praticando muay thai e por acidente levei uma joelhada na boca, os meus quatros dentes da parte de baixo da frente entortaram todos para dentro, devido os dentes estarem moles no momento eu os posicionei, eles em seus devidos lugares, tem uma questão também, uso aparelho, hoje eles amanheceram doendo muito, queria que você me informasse se eles tem o risco de cair ou nao ?

    Estarei aguardando,

    1. Lucas, você precisa procurar um dentista pra determinar se os seus dentes estão moles pela batida ou por fratura de raiz. Se for pela batida, o fato de você usar aparelho ajuda, pois ele mantém os dentes em posição. Se houve fratura de raiz, deve haver indicação de extração. Mas enquanto você não for ao dentista, estamos apenas supondo.

  7. Bom dia.
    Ha exatamente uma semana cai e bati os dentes, um quebrou e um outro mudou de posição, fui no dentista, ele disse que não afetou a raiz, o mesmo teve essa comprovação através do raio x; mas o dente está mole! Quanto tempo ele levará pra “endurecer”?

  8. Ola Ana! Eu usei aparelho, para corrigir o apinhamento de dois dentes, por 2 anos, e usei o aparelho movel direitinho depois. Os dentes ficaram alinhados e perfeitos. Agora, nove anos depois que tirei o aparelho, os mesmos dentes estao começando a entortar de novo. O que devo fazer para que eles nao voltem a entortar? (não tenho nenhum habito q possa estar causando o apinhamento)

    1. Kissila, dependendo do quanto os dentes entortaram, só usando aparelho fixo novamente. Se você não usa nenhuma contenção atualmente, uma forma de estabilizar essas movimentações indesejadas é voltar a usá-la.

  9. Olá Dra. Ana, tire uma dúvida, faz uma semana mais ou menos, quando estava escovando os dentes, bati com a ponta da escova no meu dente superior da frente um pouco forte, depois cismei que ele ficou um pouquinho mole, tenho essa impressão ainda inclusive ao comer, quando mexo da até um estalo bem sutil, a sensação some por um tempo mas depois volta, será que ele volta a ficar duro como antes com o tempo??
    Obrigada!

    1. Em princípio, sim, Maria Marta. Mas considerando o trauma, seria bom procurar um dentista pra avaliar e ver se não houve nenhum dano mais sério.

  10. Olá Dra. Minha dúvida é a seguinte: fui hoje ao dentista pra fazer um orçamento pra colocar aparelho, nesse orçamento ele falou que tenho que trocar 3 obturações por estarem um pouco com infiltração. Porém ele me falou que posso colocar o aparelho e depois posso trocar as obturações sem nenhum problema, já que não atrapalha. Será que isso é o correto? Tenho medo de colocar e ter problemas depois. Espero uma resposta!

    1. Cledson, se ele disse que a presença do aparelho não interfere na confecção dessas restaurações, não tenho razão pra duvidar. Mas é importante que você resolva isso assim que possível.

  11. Olá, tudo bem? Sofri uma queda ha 1 mês, bati o raio x do dente e ele está em perfeito estado, porem está um pouco mole. A dentista disse que ele voltaria ao normal com o tempo. Já se passou um mês e ele ainda está meio mole. Quanto tempo demora pra voltar ao normal? Obrigada.

    1. Varia de caso para caso, Anna. Se não está doendo e a radiografia não mostrou fratura ou problema ósseo, deve estar tudo bem. Essa mobilidade pode durar ainda algumas semanas.

  12. Olá, Dra Ana.

    Estou passando por aqui pra informar o que realmente aconteceu comigo. Enviei diversas mensagens a vc em 2012 sobre um problema de pós cirurgia de siso que tive. Eu relatei que minha bochecha estava com pus e inflamada. Fui a diversos cirurgiões para tentar resolver meu problema e somente um conseguiu resolver após 7 meses com aquele pus que não cessava nunca. Ele foi o 1º e único dentista competente a cutucar e retirar qualquer coisa que estava causando aquela inflamação. Ele não conseguiu identificar o que saiu, mas o odor era forte e eram várias e pequenas coisas, como um resto de comida. Após isso, nunca mais tive problemas e minha gengiva cicatrizou novamente.
    Mesmo assim, o outro lado que também dizia “sentir a bochecha” continua do mesmo jeito, o problema foi a cirurgia mal feita que o 1º cirurgião fez.
    Infelizmente, há muitos dentistas incompetentes por aí.
    Quero agradecê-la por toda a orientação e paciência comigo naquele tempo. De todos os dentistas que havia consultado pessoalmente e online naquela época, vc foi a única que soube diagnosticar o que poderia estar acontecendo.
    Parabéns pela competência, obrigada novamente.

  13. Boa noite, Dra!!!
    Minha filha de 3 anos caiu e teve um trauma em um dente. Levei ao dentista e ela tirou um raio x que comprovou nao ter tido nada de grave, porem o dente dela ficou mole e a dra que atendeu falou para ficar uma semana sem morder e comer alimentos pastosos para nao forçar. Porem ja fez uma semana e o dente continua mole, a senhora acha que ele vai endurecer novamente? Quanto tempo em media demora? Obrigada!!

    1. Renata, pode levar mais alguns dias até o dente “endurecer”. Mas considere a possibilidade disso nem acontecer, já que em casos de trauma muitas vezes a raiz do dente reabsorve (“some”), principalmente em se tratando de dentes de leite.

  14. Boa tarde, Doutora! Fiz um tratamento de canal em um dente da frente onde foi colocado uma prótese. Essa semana esse canal inflamou, inclusive até perto dos olhos, tirei radiografia e é uma inflamação pequena no canal. Minhas perguntas: Só tratando essa inflamação com antibióticos e anti-inflamatórios esse problema se resolve? Tenho que tirar essa prótese e tratar novamente o canal? Se só deixar desinflamar, corre o risco de acontecer novamente muito rápido?

    Muito obrigado!

    1. Angelo, depende do seria essa “inflamação pequena no canal”. Geralmente, nesse tipo de caso, é preciso retratar o canal, sim (se houver uma reinfecção ou infecção resistente). Mas pode ser que o problema seja gengival, também, e aí talvez a remoção temporária da prótese (pra higienizar, fazer raspagem, o que foi preciso) aliada a ação dos remédios seja suficiente.

  15. Oi doutora, eu fiz um tratamento de canal mas meu dente continua doendo, não sei o que está havendo, pode ser o debaixo ou o do lado, e penso que seja o mesmo? Será que posso ter outros dentes pra fazer tratamento de canal? Tem alguma maneira de saber se preciso ou não fazer um canal sem abrir o dente? Obrigado.

    1. Jonas, pode ser um dente vizinho ou antagonista, sim. Mas se o seu tratamento de canal é recente, é possível que o problema seja nesse dente mesmo. Pra saber se um dente precisa de tratamento de canal não é preciso abri-lo, o dentista é capaz de diagnosticar um problema de canal através de outros meios como radiografias, exame clínico / anamnese e alguns testes específicos.

  16. Olá doutora, eu to com 2 tratamentos de canal pra fazer e já está marcado, mas é 1 vez por semana, a minha garganta ta cheia de feridinhas como se fossem bolinhas, eu nao sei o que é, a médica disse que pode ser refluxo, mas mandou fazer os exames pra confirmar, será que não tem relação com os dentes essa inflamação da garganta? Ter que esperar várias semanas pra terminar o tratamento não pode piorar ?? Obrigado.

    1. Acho improvável, Jonas. Vamos aguardar o resultado dos seus exames, mas não creio que a espera pela conclusão do tratamento faça piorar o seu problema.

  17. Doutora eu to com umas bolinhas vermelhas na garganta bem lá no fundo, fica uma perto da outra e arde as vezes, na garganta dentro parece que também tenho algumas porque dói inclusive pra engolir, eu estou preocupado, achando que pode ser algo mais sério, eu fui num médico mas ele não deu nenhuma atenção e tratou o caso como comum, por favor me oriente e diga o que pode ser, eu estou apavorado? Em caso de ser câncer de garganta eu irei sofrer muita dor? Estou com medo :/

    1. Júlio, se o médico já examinou e não viu nenhuma alteração importante, é porque não é nada demais… MUITO MENOS câncer de garganta. Se acalme, não há motivo nenhum para desespero. Possivelmente se trata apenas de uma irritação passageira.

  18. Boa tarde Dra. Ana

    Minha filha de 2 anos caiu da cama e bateu a boca, o dente da frente foi pra trás e eu puxei para frente. Imediatamente levei ao dentista, fizeram Rx e tudo mais, não teve nada de muito grave, a não ser que trincou a raiz do dente de leite. Ja se passou uma semana e o dente ainda não endureceu novamente. Eu gostaria de saber quanto tempo demora para o dente ficar duro de novo. Att

    1. Simone, depende. Mas se não houve nada mais sério, é questão de tempo mesmo… mais 1 semana ou 2. Se o dente escurecer ou se sua filha reclamar de dor, leve-a novamente ao odontopediatra para reavaliar.

  19. Boa noite Dra.
    Estou preocupado, pois ha anos extrai um dente do canto e no local aonde havia o dente começou a levantar uma bolha, esta mesma saltou uma cabecinha tipo uma casquinha e esta sou saltou um pedaço maior, nao sei dizer se é uma ferida ou poderia ser um pedaço de dente que ficou? Quase nao sinto dor, somente se apertar, tenho muito medo de ser cancer, por isso nao procurei um dentista ainda. OBS: morro de medo de dentista!

    Desculpe os erros de digitação! Quis explicar então que esta noite saltou um pedacinho comprido que parece ser um pedaço de dente quebrado ou uma casquinha, notei que desinchou, tenho medo de forçar para remover, nao sei o que pode acontecer… Obrigado Dra.

    1. Rodrigo, não acredito que seja um pedaço de dente (e muito menos câncer). A maior chance é que seja uma espícula óssea, um pedacinho de osso solto que o seu organismo está expulsando. Entre em contato com o seu dentista e relate o problema.

      1. Olá Dra, que ótimo, fico muito feliz em saber que pelo menos cancer não é!!! Hoje aos meus 35 anos tive mais uma vez a oportunidade de ver nascer um dentinho em minha boca.. rsrs (ou um pedacinho de osso). Infelizmente como marquei a consulta com meu dentista para amanhã, (o que eu vou relatar é bizarro), eu estava com medo de puxar ele e haver sangramento, na hora do almoço acabei engolindo ele sem querer ao mastigar o alimento, agora nao haverá como saber se era um pedacinho de dente que meu dentista deixou passar ou de osso solto! Como sou de Curitiba, gostaria de saber se a Dra. atende aqui na cidade, pois ao acompanhar seu trabalho me passou muita segurança e diminuiu muito meu medo de dentista… Muito obrigado…

        1. Rodrigo, eu acho que era um pedacinho de osso, é o mais comum. E sim, eu moro e atendo em Curitiba. Vendi meu consultório há mais ou menos 1 ano, atendo no consultório de 2 colegas, atualmente.

          1. Rodrigo, como eu disse, eu vendi o consultório. Tenho atendido apenas os pacientes de ortodontia em 2 consultórios de colegas minhas.

  20. Olá Dra Ana!

    Tenho conversado com meu dentista e expliquei a ele que não tenho passado muito bem pois minha bochecha inchou muito este fim de semana e, por isso, não tenho conseguido mais usar a seringa para a assepsia por causa também da dor que sinto. Morder também está difícil pois sinto dores no maxilar (acredito ser por causa do inchaço daquele cisto). Estou tomando antibiótico para ver se desincha e a dor some (não posso tomar anti-inflamatório), hoje é o 3º dia, sinto uma pequeníssima melhora mas ainda está difícil comer. Expliquei tudo a ele e ele disse que, como o Raio x não mostrou nada de anormal, ele não conseguiria “drenar” o pus pois não há “ponto de flutuação” – o que é isso?

    Ele também disse que o que poderia ser feito é um procedimento a laser, mais ou menos 3 sessões esta semana, antes de eu viajar. Doutora, o que seria esse procedimento a laser? Vc acha, pela sua experiência, que isso realmente seria eficaz num caso como o meu?

    Muito obrigada mais uma vez!!

    1. “Ponto de flutação” seria uma região visível que seu dentista poderia furar ou cortar, e o pus, caso houvesse, sairia por ali. O laser costuma ser usado como uma forma de acelerar a cicatrização ou dessensibilizar uma área dolorosa. Eu acho que, num caso excepcional como o seu, vale a tentativa.

      1. O meu dente pré molar fez um buraco pq eu descuidei, ai ele ficou um caco do lado de dentro e do lado de fora, o de fora quebrou até o nivel da gengiva, o que terá que ser feito nele agora, uma protese? Obrigado.

  21. Meu dentista disse que tenho mordida cruzada e mesmo assim continuo com o aparelho ortodontico na boca! É normal isso? Uma vez conversei com uma Dra ela disse que não colocava aparelho na minha boca se eu não fizesse a cirurgia de atm!

    1. Danilo, depende da severidade da sua mordida cruzada. Em muitos casos, esse tipo de maloclusão pode ser corrigida apenas com o uso do aparelho fixo.

  22. Olá doutora!

    Me ajude, por favor!!

    No final de julho/ 2012, retirei o siso inferior direito e não tive problemas. Depois de 1 mês, mordi algo bem crocante e isso infeccionou o buraco que ainda estava em cicatrização, fiquei toda inchada, com muita dor, fui no meu dentista e ele disse que não tinha nada… pois é… nada, sendo que estava saindo pus. Antes mesmo de voltar nele, comecei a tomar Amoxilina e ele pediu para que eu continuasse tomando por até 7 dias. Tudo bem, o inchaço desapareceu e a dor sumiu… depois de 1 semana, comecei a comer normalmente. Tenho ido em vários outros bucos pois desde então, quando pressiono entre a bochecha e a gengiva do local da cirurgia, sinto um carocinho, tem saído pus e tenho sentido uma leve dorzinha, tipo de “sensibilidade”. Fui agora, no 3º buco e ele me pediu um raio x que não mostrou nenhum resto ou pedaço de dente ou qualquer outra coisa e pediu para fazer bochecho e usar seringa sem agulha com água morna e água oxigenada por 15 dias e Periogard 3 vzs por dia durante 7 dias, pois ele acha que é resto de algo, tipo comida, e vai sair com ajuda da água morna. Tenho feito isso há semanas e não tem resolvido… me irritou tanto que comecei a apertar o local pra ver se “a coisa” saia mas piorei, pois agora sinto mais o caroço, acompanhado de dor e inchaço, como se tivesse mexido no que não podia. Vc tem alguma opinião pra me dar?

    Muitíssimo obrigada!!

    1. Me, eu acho que a estratégia da seringa com água é muito boa… mas você mesmo relata que parece não resolver. Se foi feita uma radiografia que confirmou não haver pedaço de osso ou dente “sobrando”, a notícia é ótima! Uma possibilidade é que algum resíduo de alimento que você tenha ingerido tenha entrado no “buraco” da cirurgia e o organismo tenha “encapsulado” isso, ou seja, criado uma “capa” de tecido em volta. Isso explicaria o “carocinho” que você sente, o que não seria visível numa radiografia. Mas isso é apenas uma teoria.

      1. Olá doutora, muitíssimo obrigada pela resposta!

        Isso que você falou eu realmente acho que tem sentido pois esse carocinho está aqui desde a vez que comi algo crocante, que até causou uma mega inflamação e tive que tomar antibiótico novamente por 1 semana… depois disso, o pus se formou e o carocinho continua aqui…

        Se for realmente essa teoria que você mencionou, o organismo irá expelir ou terei que ver com meu buco de tomar antibiótico novamente ou passar por outra cirurgia? O que você acha pela sua experiência?

        Estou um pouco desesperada pois irei viajar e não queria ir desse jeito 🙁

        Obrigada mais uma vez!!

        1. Me, se for pra remover (considerando que a minha teoria esteja certa, que seja um resíduo de algo encapsulado), seria preciso uma nova cirurgia. Mas nem sempre nesses casos é necessário remover, muitas vezes basta acompanhar periodicamente.

          1. Olá doutora!

            Mais uma vez, obrigada pela resposta! Esse carocinho com pus pode ter a ver com abscesso perirradicular agudo ou crônico? Pergunto pois estava lendo e gostaria de saber mais a respeito: como identificar, sintomas, exames para detectá-lo, tratamento, recuperação etc.

            Obrigada!!

          2. Não Me… seria apenas um corpo estranho encapsulado, sem ligação com qualquer patologia perirradicular (até porque o dente foi extraído, né?!). Mas lembro novamente: isso é só uma teoria, não examinei você, não tenho como saber. 🙂

  23. Eu acredito q a maior parte do problema está na falta de comprometimento dos dentistas mesmo. Sim, os pacientes não perguntam, seja por timidez ou por vergonha de a pergunta parecer “boba”, etc; mas quem entende do assunto e teria, em tese, a OBRIGAÇÃO de passar todas as informações principais – e até mesmo as dispensáveis tendo a disponibilidade para isso – é o próprio dentista.

    Dentista bom é aquele q te recebe com educação, simpatia, faz os procedimentos de maneira correta e ainda lhe explica, com clareza e paciência tudo o q vc deve saber sem q vc tenha q perguntar. Como o serviço é geralmente feito pela metade, a outra metade é respondida pela internet.

    Ainda bem q existem pessoas como vc Ana, dispostas a fazer o trabalho dos dentistas incompetentes. Parabéns.

  24. Olá:
    Gostaria que me esclarecessem uma dúvida: Há três anos extraí o siso superior esquerdo. O buraco está bem fechado e tudo, porém, ultimamente, venho sentindo dores neste buraco toda vez que mastigo. A gengiva, neste local, parece que está reta. Por que isto acontece? A cicatrizaçao completa dos nervos, tecidos etc. demora quanto tempo?

    1. Daniela, depois de 3 anos a região está completamente cicatrizada. Não entendi bem o que você quer dizer com gengiva “reta”. Possivelmente a sua dor não tem nada a ver com a extração, mas com o impacto dos alimentos na gengiva. Você extraiu também o siso inferior esquerdo? Se não, ele pode estar empurrando o bolo alimentar em direção à sua gengiva e causando esse desconforto. É uma teoria.

  25. Então Ana, não tem o Seu Jorge, vai ver o pessoal acha que vc é o Seu Dentista!!!
    E daí eles perguntam…
    Cabeça vazia da margem a esse tipo de pensamento o.0
    Vou trabalhar pra ver se passa 🙂

A área de comentários / perguntas está fechada. Agradeço a compreensão.

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista