Eu prefiro o fio dental!

Uma das desculpas mais usadas por pacientes que negligenciam a higiene bucal é a falta de tempo. As pessoas trabalham demais, estão sempre correndo e (dizem) não têm cabeça pra lembrar de escovar os dentes (ou pra fazê-lo direito). Para ir no dentista como forma de prevenir problemas bucais, então, sobra menos tempo ainda… “…deixa pra quando doer!”

O ideal é, após cada refeição, usar o fio dental e, em seguida, escovar os dentes… todo mundo sabe disso. Mas pouca gente faz ou, se faz, deixa o fio dental de lado. Pois bem, a quem interessar possa: eu prefiro o fio dental!

Eu prefiro o fio dental!

Como assim? Quero dizer que, se eu estivesse com pressa, sem tempo, e tivesse que escolher entre escovar os dentes OU passar o fio dental, eu escolheria o fio dental. Explico: o fio dental é o único capaz de limpar entre os dentes. Da limpeza das outras faces dos dentes, a própria língua e certos tipos de alimentos chamados detergentes se ocupam. Mas no meio dos dentes, não tem jeito!

Só fazendo um parêntese: alimentos detergentes são aqueles que têm consistência firme, baixa quantidade de açúcar e muitas fibras, além de incentivar a produção de saliva e elevar o pH bucal (deixar a boca “menos ácida”). Ou seja, comida “de verdade” ;), não-industrializada. Entre os alimentos detergentes podemos citar: maçã, mamão, cenoura, pepino, acelga, aipo, nozes, castanhas e até chiclete sem açúcar (porque toda regra tem que ter uma exceção).

Quando você come uma carne fibrosa ou chupa aquela manga amarelinha, onde é que a comida pára? Entre os dentes. O dente inteiro se suja, mas a sujeira se acumula mesmo é ali. E, se você não fizer alguma coisa pra tirá-la de lá, lá ela fica. Como o fio dental é menos usado, ainda, do que a escova de dentes, aquele resíduo fica ali por horas… às vezes DIAS. Sem exagero. Resultado? Cáries, gengivite e mau hálito! Sim… porque comida, em ambiente quente e úmido, apodrece, não é mesmo?!

Que fique claro: eu não estou dizendo que basta escovar os dentes OU usar o fio dental. Uma higiene bucal completa, precisa dos 2. Mas se o tempo for tão curto assim mesmo, passe pelo menos aquele fio dental básico. E à noite, antes de dormir, sem pressa e cheio de tempo, capriche na escova… assim não há bactéria cariogênica que aguente! 😉

Veja aqui como usar o fio dental!

Compartilhe:

Comentários via Facebook


Categoria: Higiene Bucal

Marcadores:

8 comentários

  1. Doutora, qual o movimento certo para passar o fio dental? Eu “abraço” o dente com o fio e faço movimento de “serrote” de dentro do sulco gengiva para fora. Eu acho que limpa bem assim. Alguns dentistas dizem para fazer o movimento de fora para dentro, mas eu acho que tem mais chances de passar sujidades para dentro da gengiva, não? O que a senhora acha?

    1. Meire, sim, você tem razão. Eu sugiro da seguinte forma: introduza o fio no sulco e, em vez de fazer vai e vem, só “vai”, ou seja, puxe o fio só pra fora até ele sair todo. Assim garantem-se os resíduos fora do sulco gengival.

      1. Esse me parece ser o jeito mais fácil para quem tem aparelho (eu no caso), não é? Sinto dificuldade de higienizar principalmente os molares superiores, pois o fio dental nao tem praticamente espaço para deslizar na higienização. Pega nos ferrinhos do aparelho. Já tive periodontite (já controlada, graças a Deus), por isso fico com medo, como a colega disse aqui embaixo, quase paranoica rs.

  2. Sim, eu agora ate sou paranoica com esses assuntos, tanto eh que se eu nao tiver como usar fio dental e escovar os dentes por algum motivo, simplesmente nao como.

  3. Quando eu comecei a usar fio dental, fiquei impressionada ao ver a quantidade de residuos alimentares que ficam acumulados entre os dentes. Antes, nao tinha a mais remota ideia de que isso acontecesse.

  4. A melhor maneira de convencer alguém a usar fio dental, além de escovar os dentes, é mostrando pra ela como é comum acumular sujeira entre os dentes o q uma escovação normal não limpa, pois essas sujeiras ficam presas entre os dentes, principalmente carne. A não ser q a pessoa seja muito desleixada, depois dessa experiência ela pelos menos ficará tentada em usar fio dental o q convenhamos, é CHATO pra “caraio”. Duvido q exista uma pessoa no mundo q ache agradável o momento de escovar os dentes e não é a toa q muitos não fazem. Imagina então passar fio dental. Creio q a maioria não usa.

    Obs: antigamente as pessoas deviam ter dente podre, pois até onde eu sei, não existia fio dental… acho q nem escova de dente… imaginem!

A área de comentários / perguntas está fechada. Agradeço a compreensão.

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista