A Diferença Entre Implante e Pino (Núcleo)

Uma coisa que eu sempre notei que os pacientes confundem muito é implante e pino (ou núcleo). E são duas coisas fundamentalmente diferentes, já que um implante substitui a raiz de um dente perdido, enquanto um pino se apoia na raiz de um dente ainda viável. Ou seja: num caso tem dente, no outro não. Mas vamos por partes…

Tudo o que você precisa saber sobre implantes está no post Implantes Dentários: Um Guia. Mas não custa nada relembrar: o implante dentário é uma prótese de raiz, ou seja, um “parafuso” de titânio que é colocado no osso e, sobre ele, é instalada a prótese sobre implante, que corresponde à coroa do dente perdido. Portanto, para se instalar um implante é necessário que você não tenha o dente em questão (ou porque você o perdeu, ou porque ele não existe).

Já os núcleos metálicos fundidos e os pinos pré-fabricados são encaixados na raiz do dente. Vamos considerar que, por algum motivo, a coroa de um dente foi destruída (por uma fratura, por cárie, etc.), mas a raiz desse dente está lá bonitinha, intacta. Nesse caso, é possível tratar o canal dessa raiz e instalar nela um núcleo ou pino, e sobre eles é que vai a coroa protética. Portanto, para se instalar um núcleo ou pino é necessária uma raiz dentária viável.

Percebe como são coisas bem diferentes? Pra tirar qualquer dúvida, veja a ilustração abaixo:

A diferença entre implante e pino

Os núcleos metálicos fundidos são “pinos personalizados”, pois o canal do dente do paciente é moldado pelo dentista e o núcleo é fabricado sob medida num laboratório de prótese. São feitos de ligas metálicas, geralmente níquel-cromo. Já os pinos pré-fabricados são ajustados aos canais do dente. Podem ser feitos de vários materiais como, por exemplo, fibra de carbono e fibra de vidro.

É isso.

Acho que agora ficou claro que pinos e implantes são coisas bem diferentes. Se não ficou, pergunte! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

No Plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e administradora da OdontoPédia. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista Veja todos os posts de Ana Tokus
Postado em: Implantodontia, Prótese | Marcadores: , ,

89

  1. Um implante que não tenha um preço muito alto.

    • Tarciana, não entendi se você está me fazendo uma pergunta ou afirmando que um pino é mais barato que um implante (dado o assunto do texto). Bom, sim, é. Se você estiver me perguntando onde encontra um implante que não tenha um preço muito alto, sugiro que você faça algumas avaliações pra averiguar. Tente nas faculdades de Odontologia e associações, onde o atendimento é feito pelos alunos de especialização em implantodontia, a preço de custo. Veja: http://medodedentista.com.br/2012/01/dentistas-gratis.html

  2. Seja qual for o motivo ou tratamento, qualquer dos casos é trágico. Bom mesmo é ter dente natural e saudável.

  3. Dra. Ana, tudo bem?! Então, eu tenho um pino estético onde já foi instalada a prótese definitiva no dente 12. Na última sessão, ainda colado com a cola provisória, a Dra. fez os ajustes, pois notei que ainda estava alto… na ocasião falei q já estava bom…. daí ela colou definitivo… a dúvida é: cheguei em casa e durante essa semana sinto o dente de baixo batendo no de cima pouca coisa… Será que seu eu voltar lá ainda dá p/ ajustar mais um pouco ou tem perigo de fraturar o definitivo? Ou será que é falta de costume? Ou se deixar assim corro o risco de mais pra frente ele ficar com mobilidade? Um abraço !

    • Karina, o correto é fazer o ajuste. Como a coroa já foi cimentada em definitivo, terá que ser feito o desgaste diretamente na boca. Isso não é um problema em si, se houver espaço pra esse ajuste, ok. O problema é quando se trata de uma prótese metalocerâmica, por exemplo, e a camada de cerâmica é muito fina, nesse caso um desgaste poderia expor o metal que está por baixo da cerâmica. Mas se não for o caso, é só ajustar, polir e pronto.

  4. Tenho PINO nos 5 dentes superiores da frente, há uns 5 anos, mas achei que ficou grande ou pra frente (me acho dentuça), a dentista me disse que era falta de costume etc e assim ficou, mesmo assim após tanto tempo continuo achando muito grande, sei lá, posso colocar aparelho pra puxar um pouco pra dentro? Outra coisa, pelo menos uma vez por ano um deles solta e eu tenho que ir até ela pra colar, será que não é a posição? Minha dentista é muito gentil e eu gosto muito dela, mas o consultório é longe, vou uma vez por ano para ver os implantes (dentes fundo).

    • Marilany, a sua dúvida faz sentido… sim, a sua impressão de “dentes grandes” pode ser causada não pelo tamanho em si, mas pelo posicionamento deles, projetados para frente. Nesse caso, sim, é possível usar aparelho pra corrigir isso. Procure um ortodontista pra avaliar. E o descolamento constante da(s) coroa(s) realmente pode ser consequência da projeção dos seus dentes.

  5. Oi boa tarde, meu dente superior, o segundo pre-molar, quebrou e ficou so um lado da parede do dente, já fiz o canal, e agora queria saber o que tenho q fazer nele. Se o único jeito e colocar uma coroa. A raiz do dente esta boa assim mostrou no raio x.

    Obg pela atençao.

    • Dadas as condições do seu dente, creio que só pino e coroa resolvem, Luciana.

      • Bom dia!!!
        O caso dela é o mesmo do que o meu, pois qual é o melhor pino esteticamente? Fica feio? Ou é melhor colocar implante pois é mais definitivo, o pino pode cair?
        Abraço.

        • Tharcisio, se a raiz do dente é viável, o melhor costuma ser o pino. Esteticamente, sendo ambos bem feitos, o resultado é muito parecido… não dá pra dizer que o implante é melhor nesse sentido. O pino pode cair sim, mas o implante, da mesma forma, pode não se integrar ao osso (embora não seja tão comum isso acontecer).

  6. Bom dia,

    Meu molar inferior já tem canal tratado e com uma coroa metálica, só que teve cárie entre o dente da frente com a coroa sendo preciso abrir parte desta coroa, após a retirada da carie foi restaurada com resina (só o espaço aberto, pois o restante da coroa está perfeita), que no dia seguinte caiu por completo, sem o menor esforço, ficou sem apoio do lado que foi aberto e agora vou perder o dente, não tem como recuperar esta coroa metálica? Desde já agradeço.

    • Patricia, se a coroa fosse em resina até daria pra fazer esse conserto que você relata. Mas se a coroa é metálica, a resina cai mesmo… pois não são materiais compatíveis, eles não “grudam”. O ideal, nesse momento, seria fazer uma coroa nova. Uma possibilidade TALVEZ seria remover a coroa, reparar o “buraco” e cimentá-la novamente, mas se isso é possível depende da avaliação do seu dentista e do técnico do laboratório de prótese.

  7. Bom dia,
    Obrigada pelos esclarecimentos. Acho que no meu caso nem vai precisar da utilização de pino? Pois minha coroa metálica foi utilizada pino. Obrigada mais uma vez, doutora, pelas dicas dadas.

    • Se houver pino, em princípio ele pode permanecer, seria só o caso de trocar a coroa, mesmo.

  8. Oi, boa tarde! Estou com uma dúvida e um pouco confuso em relação às orientações de dois dentistas que recebi.

    Preciso usar aparelho e, inclusive, tirei recentemente o siso para “liberar” espaço para reajustar a posição dos dentes inferiores. Quando eu arranquei o siso, notei que ficou um espaço livre e os dois molares foram ficando moles e mudando de posição – creio que eles estavam se reajustando ao espaço vazio vizinho, correto? O problema é que o primeiro molar subiu um pouco e quando eu mordia, sentia o mesmo (tipo uma restauração que fica alta).

    Nesse espaço de tempo, enquanto eu aguardava a próxima consulta, este meu molar que “subiu”, quebrou a metade verticalmente quando eu mastigava e precisarei fazer uma “coroa nucleada do elemento 37″ (tem escrito desse jeito no encaminhamento – obs: eu já fiz nacal nesse dente). A minha dúvida é: posso usar aparelho sem problemas após a coroa? A restrição seria no caso do implante, pois este não permitiria a movimentação do dente, correto? No caso da coroa nucleada, o dente irá mover com o aparelho sem problemas, não é?

    Eu estava pensando na possibilidade de usar logo o aparelho (a parte do dente que quebrou foi interna – a parte de fora dele ainda está intacta e dá para colocar o aparelho) e arrumar todos os dentes nos lugares e fazer a coroa depois, o que a senhora acha? Nesse período, ficaria sem mastigar no lado do dente quebrado (como estou agora) e com uma dieta livre alimentos duros.

    Grato! Parabéns pelo site!

    • Isso mesmo Felipe, se a raiz do dente for mantida (é núcleo + coroa preenchem esse requisito) é possível movimentá-lo normalmente, o que não seria possível no caso de um implante (uma vez instalado num local, lá ele fica). Mas não acho uma boa ideia deixar a coroa pra depois do tratamento ortodôntico, porque esse dente ficaria muito frágil durante esse tempo e mastigar de um lado só pode causar uma série de problemas pra você. Sugiro o seguinte: faça o núcleo e a coroa, mas uma coroa provisória, mais barata, só pra usar durante o tratamento. Tirando o aparelho, você troca a coroa por uma de um material melhor. O núcleo (pino) é o mesmo, não é preciso trocar.

  9. Oi, seria possivel fazer um nucleo já com a coroa todo em metal?? Tipo coroa com espiga?? Sou protetica e uma dentista iniciante me pediu para fazer esse trabalho, sabe quais sao as restriçoes?? Grata,
    Posso fazer mas não sei se ela poderia colocar isso na boca da paciente, e com qual metal, tipo goldent ou cobalto crom?

    • Maria Cristina, não sei se entendi bem a proposta… seria um núcleo + uma coroa metálica numa peça só? Ou seja, o tal “pivô” que se usava antigamente? Acho que até dá, mas não vejo o benefício disso (tanto é que, que eu saiba, essa prática foi aposentada, é mais chato de adaptar, etc.). Já que a dentista não tem muita experiência (e se entendi certo), sugira pra ela núcleo e coroa separados.

  10. Doutora, tenho canal nos dentes da frente ja faz alguns anos, e ontem a dentista disse que terei que colocar pino. Como vai ser feito, se ainda tenho parte do dente… e depois posso usar aparelho ortodôntico normalmente? Grata.

    • Gabriela, como explico no texto, o pino é encaixado na raiz do dente e, sobre ele, é que vai a coroa protética. Se ainda há parte da coroa do dente, ela será desgastada pelo dentista pra dar lugar ao pino. E sim, é possível usar aparelho normalmente, mas nesse caso seria bom usar uma coroa provisória durante o tratamento ortodôntico e fazer uma “mais cara” só depois, pois a colagem do bráquete pode estragar a prótese.

  11. Olá Dra., minha dúvida é a respeito do núcleo, vou ter que colocar e gostaria de saber se ele vai ser colocado na base do que resta do dente ou na raiz? E se for na raiz, esse núcleo vai dentro da gengiva?
    Grata!

    • O núcleo vai encaixado na raiz, Francine. Não tem nada a ver com a gengiva diretamente. O que resta do seu dente será desgastado e ficará só a raiz, que vai receber, então, o núcleo.

  12. Olá!!! Tudo bem? Eu fiz canal em um dos meus dentes da frente há mais ou menos 10 anos e agora ele ficou mole, segundo o dentista, eu devo ter batido, dado uma mordida mais forte porque ele analisou e viu que a coroa do meu dente está quase toda rompida, ele trocou a massinha e ele ficou mais firme novamente, mas ele disse que a qualquer momento esse dente pode cair. A pergunta é: a única solução seria colocar um pino? Obrigada desde já…

    • Aline, pelo que entendi o seu dentista restaurou o dente mas a restauração é MUITO grande, portanto não é o ideal. Sim, nesse caso, considerando que você já tem o canal tratado, a indicação seria de pino e coroa (pivô).

  13. Olá! Tive q extrair um dente e minha dúvida é se colocar implante no lugar poderei usar aparelho? Ou devo colocar o aparelho e depois colocar o implante? Obrigado adorei o blog!

  14. Olá Ana, tenho um molar inferior com coroa semi destruida, mas ainda há algumas paredes. Já fiz o canal. Preciso colocar pino (núcleo) e coroa. Alguns profissionais me indicaram pino de fibra de vidro, disseram que dá para fazer e restaurar com resina (o que reduziria o custo). Já outros insistem em núcleo de metal, que a restauração com fibra de vidro e resina não surtiriam bom resultado. Pergunto se há restrições quanto à aplicação de pino de fibra de vidro pelo estado do dente, em detrimento do núcleo metálico. Desde já agradeço!

    • Mário, eu acho que vai muito do dentista que você consulta. Tanto o núcleo metálico fundido quanto o pino de fibra de vidro são bons e se aplicam ao seu caso. O NMF é feito sob medida, então a adaptação dele, em tese, é perfeita. Já o pino de fibra de vidro é pré-fabricado (será adaptado aos condutos do dente do paciente pelo dentista), mas seu coeficiente de elasticidade é muito próximo do coeficiente do dente, o que confere bastante resistência. Enfim, embora não tenha avaliado o seu caso clinicamente, me parece que os dois tipos de núcleo podem ser usados no seu caso.

  15. Olá, Ana, tudo bem?
    Como você responde às pessoas sem ser por e-mail?
    Gostaria de saber como coloco um Núcleo Metálico Fundido no conduto já preparado para encaminhar o paciente para verificação através de raio x se o NMF preencheu totalmente o preparo, antes de cimentar o NMF.

    • Maria Angelica, eu respondo aqui mesmo no blog, através de comentário. É que tem pessoas que perguntam aqui e querem receber a resposta por e-mail, se eu fizer dessa forma dá muito mais trabalho, perco muito tempo e a resposta da pergunta, fora daqui, pode deixar de beneficiar outra pessoa que tenha a mesma dúvida. Então a pessoa entra no post e vê a resposta.

      Confesso que não sei se entendi a sua pergunta. Você quer saber como verificar a adaptação do NMF via radiografia antes de cimentar? Se a sua intenção é encaminhar o paciente pra fazer isso numa clínica de radiologia, por exemplo, fica complicado… porque seria preciso remover curativo ou provisório. Nesse caso, acho mais interessante encaminhar pra um colega que tenha o aparelho de Raios X no consultório pra fazer essa verificação.

  16. Ola Ana…
    Tenho 03 dentes na frente que fiz canal ha uns 10 anos, depois vi que ele tava tipo trincando, fui no dentista e coloquei resina nesses dentes, so com o tempo ele ta amarelando . Gostaria de saber sobre a coroa de porcelana, como e feita? Esse pino que eles falam, como e o procedimento que coloca no dente?
    obg.

    Suely

    • Suely, como os dentes já têm tratamento de canal, é preciso remover uma parte da obturação do canal pra dar espaço pra encaixar o pino na raiz. Aí, sobre esse pino, vai encaixada a coroa protética (como na imagem do post). A coroa natural do seu dente será totalmente desgastada. Não dói e, enquanto a coroa definitiva não fica pronta, você usa uma provisória.

  17. Olá Ana, eu queria saber aproximadamente o preço de um pino, nao precisa ser exato, pode ser um minimo e maximo que esse tratamento pode custar, eu estou com um dente quebrado e acho que meu caso daria pra por um pino, mas estou sem trabalhar e tenho um dinheiro guardado e queria me programar pra um gasto como esse.

    • Rosangela, é difícil responder a sua pergunta sem uma avaliação clínica… porque existem vários tipos de pinos e, sobre eles, podem ser instaladas vários tipos de coroas, de vários materiais. Ainda, pode ser que nem seja preciso usar um pino. Enfim, procure um dentista pra avaliar… é a melhor forma de obter uma previsão de custo.

  18. Oi Ana!!!! Morro de medo de dentista, mas amo seu blog e tem me ajudado muito!… É o seguinte, vou ter que colocar coroa num molar superior, esse dente já tem o canal tratado mas tá quase todo quebrado, só resta um pequeno pedaço, será que tem que por pino?… E se tiver, esse procedimento é doloroso?

    • Que bom que o blog tem ajudado, Patricia!

      Considerando que o molar já está quase todo quebrado, certamente será necessário pino. Mas se o canal já foi tratado, você pode ficar tranquila: não dói absolutamente nada, já que o dente não tem mais nervo.

  19. Tenho uma prótese de 04 elementos que era fixada em dois dentes que continham pinos, no entanto um desses pinos deu fratura de raiz, ai fui ao dentista e ele fez um implante nesse dente e fixou uma nova prótese no implante e do outro lado no dente com pino. Venho sentindo muita dor nos dentes ultimamente, fui a um dentista que me disse que não se apóia uma prótese em um implante e um dente com pino porque o lado do implante é muito forte e o outro não ! Gostaria de saber se isso é verdade e qual o procedimento a fazer nesse caso, pois estou com muita dor!

    • Soely, realmente, apoiar uma ponte fixa em implante e núcleo gera uma distribuição desigual das forças. Um dos motivos é que o núcleo (pino) está apoiado em uma raiz dentária, que tem ligamento periodontal, por tanto, um certo amortecimento. Já o lado do implante é totalmente fixo ao osso, o amortecimento não existe. Isso coloca tensão / flexão bem grandes sobre a prótese como um todo. Se a dor é por causa disso, não tenho como afirmar. Mas a solução seria um novo planejamento protético.

  20. Oi, boa noite! Obrigada pelo seu post, bem esclarecedor. Eu também tenho uma pergunta, como todo mundo rs. Eu precisei ha um tempo atrás arrancar o dente terceiro maior da arcarda inferior do lado esquerdo, o problema é que estou querendo fazer um implante desse dente, mas minha mordida está um pouco errada, meus dentes são certos, seria só para corrigir a mordida, nesse caso posso fazer o implante e usar o aparelho para corrigir a mordida, pois o implante é fixo. Desde já, obrigada.

    • Jéssica, se o dente extraído foi um siso (terceiro maior?), não há necessidade de substituí-lo com implante, A NÃO SER que você (seu dentista, no caso) pretenda apoiar uma outra prótese nesse dente (aí você teria a falta de outros dentes). Se você estiver falando de um primeiro molar, aí sim o implante faz mais sentido. Até dá pra fazer o implante antes de usar aparelho (ou durante), mas vale aí a avaliação do deu dentista / ortodontista. O ideal é fazer o implante apenas depois do tratamento ortodôntico finalizado, com o espaço para o implante adequado.

  21. Ana, por favor, a minha dentista começou fazer um tratamento em mim e me disse que faria 3 implantes… paguei metade do valor e hoje lendo sobre implantes após conversar com uma amiga, descobri que a dentista me enganou. Na verdade colocou um pivô e paguei por implante… o que posso fazer? Estou muito aflita… obrigado.

    • Eliane, entre em contato com ela e peça explicações. Acontece muito, também, do paciente confundir uma coisa com a outra (não estou “defendendo” sua dentista, mas a confusão é bem comum, tanto que resolvi escrever esse texto pra explicar). Enfim… se dava pra fazer um pivô, melhor, já que aí a própria raiz do dente apoia a prótese… e nem haveria indicação para implante. Conversem… costuma ser o melhor caminho. Se realmente ela tiver cobrado a mais, uma possibilidade é reverter esse valor em outros tratamentos necessário no futuro (ou devolver seu dinheiro).

  22. Gostaria de saber o seguinte, quebrei os dois dentes da frente, a metade deles, aii fui ao dentista, arrumou dois pinos, gostaria de saber o seguinte: por que ainda não consigo morder direito, sera q vai voltar ao normal e tbm gostaria de saber se futuramente pinos não dão problemas.

    • Diego, pode ser porque dói um pouco (o que é esperado em caso de trauma / batida). É comum que a região fique sensível por um tempo. Sim, deve voltar ao normal em alguns dias. Não, não há razão pra que seus pinos deem problema. Geralmente, o que se troca de forma periódica é a prótese / coroa que se apoia no pino.

  23. Bom dia Dra. Ana Tokus; Bom, meu problema é um pouco mais complicado. Sofri um acidente há 5 anos e quebrei os quatro dentes da frente de cima. Na epoca eu iniciei um tratamento e parei. O dentista apenas furou meus dentes ate na raiz, e depois cobriu os buraquinhos com uma resina e fez tipo um dente provisorio para tapar e proteger os buraquinhos. Mas com o passar do tempo as resinas foram quebrando e os buraquinhos ficaram expostos, consequentemente foram ficando pretos por dentro. Minha duvida seria se eu corro o risco de perder as raizes dos dente e nao ter jeito de colocar os pinos. Iniciei um tratamento numa faculdade aqui de Belo Horizonte. Num deles a aluna que me atende ja colocou um provisorio e a raiz dele estava preta, mais deu pra colocar, o outro, quebrou recentemente. E quando fui ver, ele esta todo preto por dentro. Obs: Sou fumante, Dra. Ana.

    • Rafael, não vejo razão pra você perder esses dentes (até pela conduta da sua “dentista”, que está fazendo os provisórios normalmente). Pelo que entendi, na ocasião do acidente o dentista abriu esses dentes pra canal (não sei se foi feita só a abertura / curativo ou se eles foram efetivamente tratados). Se esses canais foram tratados, é perfeitamente possível colocar um pino em cada dente e, sobre os pinos, coroas. O escurecimento dos dentes não significa necessariamente problema… a dentina (tecido dentário que está por baixo do esmalte) às vezes escurece, mesmo, pois fica mais “dura” e resistente pra se proteger frente à uma agressão. E o fumo pode piorar esse escurecimento, também.

      • Obrigado Dra. Ana, suas respostas sao muito transparentes e me ajuda muito. Há 5 anos que estou com esses dente furados e preparados para o canal. Mas como nunca deram problema, ou me incomodavam, eu fui deixando. Mas agora consegui um tratamento pela PUC aqui de Belo Horizonte. Como falei na primeira pergunta, eles estao furados ate na raiz, e durante esses 5 anos, apenas tinha um dente de resina cobrindo e protegendo os buraquinhos. Mas agora as resinas quebraram e quando fui ver, por dentro dos buraquinho do canal, esta tudo preto… Meu tratamento la na PUC é por etapas, comecei tratar um dente apenas, e ele ja esta com um provisorio aqui, e o outro q esta escuro por dentro, quebrou recentemente. Dra, mais uma pergunta: É normal o provisorio soltar, ou ficar bambo?

        • É sim Rafael, principalmente porque o cimento usado pra fixar o provisório também é provisório… ele tem que facilitar a remoção da coroa, que precisará ser removida recorrentemente durante o tratamento.

  24. Meu dente tá seguro só no pino e tá inflamado na gengiva?

    • Francisco, procure um dentista pra avaliar a adaptação do pino / coroa. A gengiva deve estar inflamada porque está acumulando resíduos de alimentos por baixo da coroa.

  25. Bom dia dra.
    O meu dente 25 após tratamento de canal quebrou muito rente a gengiva, não sobrando nenhuma parede. Qual o melhor núcleo para colocar? O de fibra de vidro ou metálico? Não posso pagar por um implante.
    Aguardo e obrigado pela sua atenção.

    • Alexandre, depende do caso… ambos os núcleos são bons, mas o de fibra de vidro é mais estético e tem um módulo de elasticidade mais parecido com o do dente (o que deixa o conjunto pino + raiz mais resistente). Se a raiz está viável, nem seria caso pra implante, mesmo.

  26. Oi, terminei o tratamento de canal do meu 1 molar inferior, agora tenho que por uma coroa, se precisar por um pino e núcleo terei que usar novamente o isolamento absoluto? Aquilo é horrível, me deixa tenso.

    • É muito improvável, Igor. Em procedimentos que envolvem prótese o dentista precisa verificar a toda hora a “mordida” do paciente, e se você estiver com isolamento isso fica inviável.

  27. Olá, doutora. Bom, estou meio preocupada com um dente meu que se localiza ao lado de um implante que foi terminado há pouco tempo.
    O meu incisivo lateral esquerdo era incluso e teve que ser removido quando eu tinha 15 anos (hoje estou com 22). Com esta mesma idade eu pus o aparelho e só vim a começar o implante quase no final do tratamento ortodôntico.
    Como eu estava usando contenção inferior, eu tive que tirá-la para que a prótese definitiva fosse posta. A questão é que, ainda na mesma semana que o implante foi concluído, eu senti que o incisivo central, vizinho, fico meio “mole”. Eu chegava a sentir um “estalo”, como se ele fosse pra trás e depois voltasse ao lugar, não sei se por causa da língua. Não uso mais a contenção, porém esse dente continua com esta pequena mobilidade e estou realmente preocupada.
    Segundo um ortodontista a que fui, ao examinar o raio x ele me disse que a altura do osso onde fizeram o implante não está uniforme com o restante e que, talvez por conta disso, o dente vizinho esteja “se mexendo”. Porém eu acho que talvez tenha sido no momento em que a contenção foi recolocada, pois como a doutora estava ocupada e eu viajaria no dia seguinte, a assistente dela que a colocou de volta.
    Bom, eu sei que somente com palavras fica difícil dar um diagnóstico, mas, pelo que você conhece, o que pode talvez estar acontecendo?
    Obrigada pela atenção.

    • Jessica, não acho que essa mobilidade tenha a ver com a contenção. Dente permanente com mobilidade ou é consequência da aplicação de alguma força momentânea (movimentação ortodôntica ou contato inapropriado com o dente do arco oposto, por exemplo) ou é problema periodontal (nos tecidos de suporte dos dentes, nesse caso, osso). Se essa mobilidade não diminuir nos próximos dias, procure seu dentista pra reavaliar. Às vezes é questão de fazer um pequeno ajuste (desgaste) oclusal e tudo se resolve.

  28. Boa noite, tenho há uns 10 anos um pino no dente frontal com uma prótese de cerâmica, pino este preso usando meu próprio dente. Ele foi recortado bem rente a minha gengiva, quase não aparece o dente natural. Ocorre que a prótese colocada, com o passar dos anos, a camada está ficando fina, está começando a aparecer o pino de metal. A dúvida é a seguinte: para colocar um novo dente, deverei trocar o pino tb? Ou tem como trocar apenas o dente, aproveitando o pino já instalado? Pq imagino que para trocar o pino, devido ao tempo que ele já está colocado seria mais complexo. E se for trocar apenas a prótese, como seria feito? Seria raspando até eliminar a prótese, quebrando ela aos poucos… Obrigado.

    • Marcelo, geralmente é possível aproveitar o pino, sim. A não ser que ele esteja mal adaptado ou o tratamento de canal tenha algum problema, o que não parece ser o caso. Seria necessário remover a sua coroa atual pra fazer a coroa nova. O dentista primeiro tenta tirar a prótese inteira, mas nem sempre dá… quando não dá, é preciso desgastá-la. De qualquer forma, removendo-a inteira ou não, você usará uma prótese provisória até que a nova coroa esteja pronta, porque o preparo sempre muda e sua coroa atual não deve mais servir nesse período.

  29. Olá Dra!
    Bom tenho um dente com canal que está muito destruído. Meu dentista disse que ia colocar um núcleo e depois uma coroa de porcelana. Meu medo é porque eu nunca passei por isso e queria saber se doi para colocar esse núcleo? Pega anestesia? É no dente 45.
    Obrigada!

    • Elisabeth, com o canal tratado não tem nem chance de doer, pois o nervo do seu dente não existe mais. Não precisa nem de anestesia. Seu dentista vai desgastar a coroa do seu dente, moldar pra fazer o pino, instalar o pino, moldá-lo e, sobre ele, vai a coroa nova.

  30. Ana, boa tarde, tenho que colocar pino. A minha dúvida é se a colocação do pino tem q ser sempre com coroa, porque no meu caso, o plano já cobre o pino mas ainda falta um tempo para a coroa. Posso colocar o pino e aguardar o termino da carência para o segundo procedimento ou isso não existe?

    • Ana, você vai ter que usar uma coroa provisória no período em que aguarda a carência do plano. O problema de ficar só com o pino é que a gengiva pode (e provavelmente vai) invadir o espaço do preparo (literalmente ela vai “subir no dente”), o que inviabilizaria a colocação da coroa definitiva, mais tarde, a não ser que fosse feita uma cirurgia gengival de correção. Esse provisório pode ser de material barato, resina acrílica por exemplo, mas precisa estar presente pra preparar o espaço gengival da coroa.

  31. Olá dentista Ana, eu recentemente refiz um dente q tinha bloco e núcleo metalizado, porém tinha carie ao redor e o dentista tbm disse que o dente está esclerosado. Ele deixou o dente bem rente a gengiva e foi colado com o núcleo, só q eu vi q no “ombro” do dente a cor é escura, será q ainda tem cárie nesse dente? Ou é dente esclerosado? E agora já q ele colocou a coroa de porcelana, será q vai infeccionar por dentro?

    • João, provavelmente esse escurecimento é dentina esclerosada mesmo, que é uma dentina mais “forte” que o dente fabrica pra se defender em caso de cárie. Se a cárie já foi removida, não há problema algum, ficou só essa dentina “diferente” mesmo, que é saudável.

  32. Olá, bom dia Dra. Ana Tokus. Eu queria tirar uma duvida… Fiz o implante da raiz de titânio, só que eu não gostei da clinica, posso terminar o procedimento em outra clinica? Ou estou preso a eles? OBG!

    • João, você pode, sim, fazer a prótese com outro dentista. Porém, é importante que você saiba qual a marca / tipo de implante que foi feito, pra que a confecção da prótese fique mais fácil. Não que o novo dentista não possa “descobrir” mas, dependendo da marca, é bem difícil de identificar (e essa é uma informação essencial).

  33. Lá nesta clinica eu acho que eles me cobraram um preço abusivo. Me cobraram 1.200 reais pela raiz de titânio, mais 1.200 pelo implante, e mais 350,00 reais por carie…

    • Abusivo não é, João. Depende do que vocês combinaram. Já vi tratamentos mais baratos e, certamente, já vi mais caros também. Mas é um direito seu tratar-se onde quiser.

  34. Olá Ana, como vais? Eu fiz a colocação dos pinos de titânio. Eles deram pontos e etc.. Será que na segunda fase vão cortar para colocar o implante?

    • Fernando, posteriormente serão colocados cicatrizadores (pequenos parafusos) para dar formato à sua gengiva, pra que a prótese fique bem adaptada a ela. Aí será preciso fazer pequenos cortes pra expor os implantes e encaixar neles os cicatrizadores.

  35. Ola Ana. Quando criança tive um tombo e o meu dente frontal superior esquerdo teve absorção de raiz. Essa raiz era bem pequena mas o quadro era estavel. Quando me casei em 2010 resolvi fazer uma estetica neste dente pq era muito escuro. O dentista me convenceu na epoca de colocar um núcleo preenchido p fazer uma coroa. Na época percebi q ficou uma sombra preta na gengiva logo acima do dente, mas hoje percebo q minha gengiva esta cada dia mais escura. Estou muito preocupada com o que pode estar acontecendo. Att Milena.

    • Milena, não deve estar acontecendo nada demais, pelo menos não no sentido de uma infecção / inflamação ou mais reabsorção. A sombra escura na gengiva provavelmente é consequência da própria “transparência” dela, pois o núcleo / pino deve ser mais escuro que a gengiva. Se não for o pino, sua coroa deve ser metalocerâmica e deve ter um “colarinho” metálico nela, e é ele que faz sombra por baixo da gengiva. Uma forma de resolver isso é substituir a sua coroa por uma metal free (porcelana pura), assim como o pino, se for metálico.

  36. Boa tarde Dra. Ana, gostaria de saber qual o prazo de durabilidade de um pino dentário, pq minha mãe colocou dois pinos há dois anos e ambos amoleceram e tiveram q ser retirados por outro dentista. Agora ela terá que fazer um implante, gostaria de saber se o dentista que colocou os pinos tem responsabilidade e quais são as atitudes que devo tomar frente a essa situação.

    Desde de já, agradeço!

    • Raiane, pelo seu relato me parece que não foram os pinos que amoleceram, mas os dentes. Digo isso porque você falou em implantes, então as raízes dos dentes, que apoiavam os pinos, não devem mais ser viáveis. O que levou a isso? Provavelmente um problema periodontal (nos tecidos de suporte dos dentes, gengiva e osso). Sendo isso, o dentista provavelmente não tem nada a ver com o ocorrido. Em tese um pino intra-radicular pode durar a vida toda, depende do caso, da correta confecção e dos cuidados que o paciente tem com ele.

  37. Oi Doutora, tudo bem?
    1º- Neste procedimento (canal + pino + coroa) existe diferença no orçamento; por exemplo; dentes como o 21, 11, 41 são mais valorizados do que o 37 pela questão de sorrimos e eles são os primeiros a “dar as caras”?
    2º- Quanto você acredita que custe em média este procedimento feito por um profissional de renome, utilizando materiais como a coroa de cerâmica pura ou a coroa metalocerâmica, não tenho certeza, mas é aquela que com o passar dos anos não deixa transparecer o pino.
    Muito grato.

    • Renato, geralmente não há essa diferença não, a não ser que consideremos que dentes anteriores, por requisitarem uma estética mais aprimorada, geralmente exigem materiais mais específicos e, portanto, mais caros. Uma coroa posterior pode ser feita de material resinoso, metalocerâmico e até inteira de metal… alguns pacientes não se importam muito e terão uma ótima coroa, funcionalmente falando. Mas, levando em conta o seu exemplo: uma coroa metalocerâmica em dente anterior ou posterior costuma custar o mesmo, o que pode variar é o custo de confecção do pino, que em dentes posteriores às vezes precisa ser bipartido. Mas aí, a coroa posterior custaria até mais do que a anterior. Enfim: depende muito do que o laboratório de prótese vai cobrar do dentista que, por sua vez, vai repassar o “prejuízo” ;) para o paciente.

      Quanto a “custo médio”, isso não existe. As variáveis são muitas… já vi coroas muito parecidas por valores muito diferentes. Depende do local, do renome do profissional (como você citou), do laboratório de prótese envolvido (e aí entra o renome dele, também), etc.. Você vai encontrar tanto por R$ 500,00 quanto por R$ 5.000,00.

      A prótese mais estética é a de porcelana pura.

  38. Bom dia Dra., há um mês coloquei um implante e hoje percebi q esta mole e aparecendo fora da gengiva, é na parte superior da boca, é normal ou estou perdendo o implante?

    • Camila, você já usa a prótese (coroa) ou está apenas com o implante (pino)? Se o que está mole é a coroa, pode ser que ela apenas esteja solta… apertá-la ou cimentá-la (dependendo do tipo), deve resolver. Se você ainda não usa a prótese, aí é mais complicado… pode ser que o implante esteja perdido, mesmo. Procure seu dentista pra avaliar e ver o que está acontecendo.

  39. Dra. Ana, parabéns pelo seu blog. Vc consegue ser simples e clara, e transmite o conhecimento de forma perfeita! Aprendi muito e, sobretudo, sanei minhas dúvidas.

    • Obrigada, Laura! Fico feliz em ajudar. :)

  40. Olá, boa tarde. Há 5 anos fiz um canal e ficou esteticamente perfeito e gostei muito do resultado. Hoje perdi o bloco. Fui ao dentista para colocar um curativo e a médica avaliou e disse que sera preciso colocar pino e coroa. Irei fazer esse procedimento com o mesmo dentista que fez meu canal. Gostaria de saber se esse procedimento é bom esteticamente e se é recomendável?

    • Sim Daniela, pino e coroa oferecem tanto resistência quanto estética ao dente. Provavelmente o bloco que você tinha era grande e talvez até, ao perdê-lo, você tenha perdido um pouco mais de tecido dentário junto… por isso a indicação de pino + coroa, é mais seguro e resistente.

  41. Boa noite!
    Quebrei meu dente, fiz tratamento de canal e vou colocar coroa. Depois que tratei o canal, meu dente ficou dolorido por dois dias. Coloquei o pino, mas bem na hora que encaixou senti uma dor horrível, depois toda vez que vou comer dói e continua doendo por uns 30 minutos. Isto é normal? O dentista não colocou provisório nem mesmo uma massinha em cima do pino, será que é por isso que dói quando eu como? Eu não estou mastigando com ele. Paguei por um dente provisório mas quando ele será colocado? Não deveria ser colocado agora antes da coroa ficar pronta, afinal já tirei o molde para coroa e já coloquei o pino.
    Fico aguardando sua resposta e agradeço pela atenção.

    • Não Angela, geralmente a colocação do pino não dói. Sim, a dor pode ter a ver com a exposição do pino, já que as forças mastigatórias estão incidindo diretamente sobre ele. O mais comum é que o pino e o provisório sejam instalados juntos, até pra evitar isso… você tem razão, a hora de instalar o provisório é JÁ.

  42. Dra. tira uma duvida minha, eu coloquei um dente com pino já sendo o definitivo, só que esses dias percebi que estava ficando meio mole e logo hoje, domingo, ele veio a cair, assim que eu estava passando o fio dental, sei que ali tenho que ter muito cuido, mas infelizmente caiu e eu agora to com o pino aparecendo, o que eu faço? Sei que tenho que ir no dentista mas caso isso ocorra e justamente quando temos que sair no mesmo dia ou trabalhar que é meu caso, tem alguma cola especifica pra isso?

    • Infelizmente não tem não, Samantha. Só um dentista pra colar sua prótese direitinho.

  43. Boa noite! A técnica flapless é confiável???

    • Sim, Patricia. A técnica consiste em instalar o implante sem cortar a gengiva. Mas não é possível realizá-la em todo paciente, depende do caso e da indicação do implantodontista.

Comente ou pergunte!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>