O dentista extraiu o dente mas deixou uma raiz! Pode?

Coronectomia
Coronectomia

Sob determinadas condições, pode!

Existe um procedimento chamado coronectomia ou odontectomia parcial intencional, que corresponde à remoção apenas da coroa de um dente. Quando o dentista faz uma extração, via de regra, ele extrai o dente inteiro, ou seja, coroa e raiz(es). Mas às vezes o mais indicado pra evitar possíveis sequelas é remover só a coroa do dente.

Quando se faz a coronectomia?

Quando o dentista julga que extrair a raiz do dente é pior para o paciente do que mantê-la.

Em caso de sisos inclusos (que ainda não nasceram), costuma ser uma medida pra evitar danos ao nervo alveolar inferior, que passa bem embaixo dos dentes inferiores. A ocorrência de danos ao nervo alveolar inferior ao remover terceiros molares (sisos) não é assim tão comum, e muitas vezes o dano é apenas temporário, como no caso de parestesia (falta de sensibilidade temporária). Mas, mesmo sendo um problema na maioria das vezes temporário, incomoda bastante e ninguém quer que aconteça, muito menos o seu dentista.

E como saber se há chance de danos ao nervo?

Quando a radiografia indica íntima relação do canal da mandíbula (que é um “tubinho” dentro do osso por onde passa o nervo alveolar inferior) com as raízes dos sisos inferiores. Nesse caso, pode estar indicada apenas a coronectomia, e não a extração completa, pois a chance de sequelas sobe de “zero vírgula qualquer coisa %” para 35%. Mas não se preocupe com isso, essa é uma decisão técnica que cabe ao seu dentista.

Nervo alveolar inferior
Nervo alveolar inferior (seta)

Então o dentista não “esqueceu” a raiz?

Espero que não! 😀 Mas falando sério: é altamente improvável que um dentista “esqueça” de remover a raiz de um dente, até porque, quando o dente não sai inteiro, a gente “monta” ele de volta fora da boca pra conferir se estão todos os fragmentos. Claro que pode acontecer de ficar um pedacinho solto, ou a pontinha da raiz… mas aí vale o julgamento do dentista a respeito do benefício de remover essa pontinha. E quando ela fica (e o dentista precisa avisar você disso, claro), dizemos que a raiz está sepultada.

E eu posso ter problemas com a raiz que não foi extraída?

Dificilmente. Será preciso acompanhar junto ao seu dentista, é claro, inclusive radiograficamente, por algum tempo. Mas a raiz costuma ficar sepultada, sem problemas. Pode acontecer dela migrar para o espaço da coroa removida e se afastar no nervo, tornando possível a sua remoção com segurança no futuro.

Em resumo: o ideal é sempre remover o dente inteiro, coroa e raiz. Mas em certas situações, sob certas condições, é aceitável remover apenas a coroa do dente, de forma a poupar o paciente de prováveis sequelas.

Dois artigos bem legais sobre o assunto:

–> Coronectomia em terceiro molar inferior: relato de casos

–> Coronectomia em terceiros molares inferiores: Relato de dois casos

Compartilhe:

Comentários via Facebook


Categoria: Cirurgia

Marcadores:

139 comentários

  1. Dra. Ana, boa noite. Sofro de um zumbido ha pelo menos 13 anos. Não possuo problema auditivo. Fiz uma radiografia e tem um pedaço de raiz abaixo da dentição bem do lado que sinto o zumbido. Pode ter relação uma coisa com a outra. Desde já agradeço.

    1. Acho improvável, Elcio. Mas também não descarto a possibilidade… se essa raiz estiver causando um infecção, por exemplo, pode até ser, pela proximidade anatômica. Sendo ou não, deve haver indicação de remoção de fragmento radicular. Procure um dentista pra avaliar.

      1. Boa noite, doutora.
        Fiz uma extração do siso inferior ontem, dente incluso na horizontal, e meu dentista resolveu deixar uma raiz pois estava ligado ao nervo, podendo causar parestesia permanente, e disse que a raiz estaria sepultada. E que deveriamos ir observando mensalmente através de radiografias e consultas. E se precisasse teriamos que tirar o restante. Estou muito ansioso e com medo. Gostaria da sua opinião. Obrigado.

        1. Fabrício, em princípio resolvido. Você não deve ter problemas com essa raiz… mas é importante acompanhar por um tempo. Não se preocupe, o sepultamento radicular é um procedimento relativamente comum, e cabe ao dentista decidir por fazê-lo baseado na situação. Às vezes tentar tirar a raiz é pior para o paciente do que mantê-la.

          1. Inchaço e dores na lateral do rosto perto da bochecha e também descendo em direção do linfonodo também são normais? Quanto tempo de inchaço e dores nessa região? Fiz a extração na sexta-feira a tarde e hj é domingo, já posso fazer limpeza com periogard?

          2. Podem ser dores normais, sim. Do pós-operatório. O inchaço leva entre 1 semana e 1 mês pra se resolver, sempre diminuindo (depende da pessoa).

  2. Dra.
    Fiz a extração do siso inferior dia 18/10, desde então sinto dores ainda no local, ao ir no dentista hoje, ele fez uma radiografia, o que não havia feito no dia da cirurgia e viu que a raiz ainda estava lá e surgiram problemas, e que terá que tentar removê-la, usou um termo que não consigo lembrar, disse que ia abrir com a broca até o lado pra ver se conseguia remover tudo. Seria cobrada novamente, gostaria de saber se é um procedimento normal, quando a raiz não é sepultada o que se faz nesses casos? Se sinto dor o dia inteiro e só passa quando coloco água gelada nele.

    1. Adriane, se seu dentista julga que é preciso remover essa raiz, que ela não pode ficar sepultada, então é o que precisa ser feito. Cada caso é um caso.

    2. Olá boa tarde. Hj faz 9 dias que tirei o siso incluso na horizontal. Dores de cabeça do lado da cirurgia são normais? Qual melhor procedimento para melhorar o trismo? Boca abrindo com dificuldade. Do lado externo da boca na bochecha sinto dores e parece ter um caroço dolorido, o doutor disse que isso foi por causa que teve que quebrar o dente para sair e tendo que encher no osso. Assim mesmo?

      1. É assim mesmo, Fabrício. Faça compressa morna no rosto pra ajudar a diminuir a rigidez muscular e resolver o processo inflamatório mais rápido, isso vai diminuir o trismo e o “caroço”.

  3. Olá Dra. Boa tarde!
    Em fevereiro desse ano meu molar inferior furou e chegou a quebrar um pedaço. Não procurei um dentista, pois morro de medo.
    No último sábado estava limpando com um palito de dente e quebrou outro pedaço, chegando a arranhar minha língua.
    Na última segunda-feira quebrei outro pedaço do dente com um palito novamente para ver se igualava para não arranhar mais a língua, porém, não deu muito certo.
    Na última terça-feira resolvi ir ao dentista para extrai-lo. Foi um procedimento demorado.
    A dentista puxou tanto o dente do lado direito (onde estava o dente) que acabou até machucando o maxilar do lado esquerdo. Ela falou que deixou uma raiz, estava difícil de retira-la, mas que não me preocupasse pois com ANOS meu organismo iria expulsar essa raiz. Isso é verdade?
    Na hora de pontear, acho que o efeito da anestesia já estava passando e eu senti.
    Foi tudo bem dolorido.
    Hoje está fazendo 5 dias da extração e ainda sinto algumas dores apesar de estar tomando a medicação que a mesma passou, isso é normal?
    E ela também pediu que com uma semana eu retornasse para a retirada dos pontos.
    Os pontos saem por si só ou terei mesmo que voltar? E vai doer de novo caso precise retornar?
    Desde já agradeço.

    1. Leiliane, é improvável que a raiz seja “expulsa”, principalmente depois de anos. A não ser que esse fragmento seja bem superficial, mas se fosse superficial, seria fácil removê-lo. De qualquer forma, como explico no texto, pode acontecer do dentista optar por não extrair um fragmento radicular, considerando a relação custo-benefício para o paciente. Sim, é esperada alguma dor, como em qualquer pós-operatório. Sim, é preciso ir ao dentista pra remover os pontos, o que não dói.

    2. Oi, eu ja comentei aqui q fiz uma cirurgia do siso, senti muita dor e o dentista nao conseguiu arrancar e fiquei com parestesia! Fui em outro dentista, tirei outro raio x e ela disse q o nervo esta encostado na raiz do siso, e talvez a anestesia nao pegou no nervo e por isso devo ter sentido tanta dor!! No post ta escrito q quando o nervo esta proximo da raiz é melhor nao arrancar para nao dar parestesia, e agora se ela resolver arrancar siso com a raiz sera q corro risco de aumentar a parestesia q ja tenho, ja q ela mesmo disse q tenho q anestesiar esse nervo por estar relando na raiz???

      1. Rafael, o nervo sempre está perto da raiz do siso, é assim mesmo. É que às vezes ele está em íntimo contato, encostado ou até “agarrado” nele. Não sei se é o seu caso. Se for, sim, o risco de parestesia – ou de agravar a parestesia – realmente é maior.

        1. Nao tava querendo extrair esse dente, só estou querendo por q esta me dando um mau halito! Me ajude a ver se realmente o meu nervo esta em contato intimo com a raiz do meu siso, pelo q eu vi no raio x tinha 2 nervos, um abaixo da raiz e outro acima passando em cima da raiz, oq estava proximo da raiz estava bem apagado, so deu pra ver com luminosidade, pq tem 2 nervos?? Como posso t enviar uma foto do raio x??? Outra coisa, se realmente o nervo estiver encostado na raiz e eu fizer a cirurgia somente do siso e deixar a raiz na boca, eu elimino o risco de ter parestesia???

  4. Olá, ontem eu extraí o meu dente siso, e hoje acordei com algumas bolinhas e uma mancha vermelha há +/- 1 cm do meu lábio… o que pode ser?!
    Será que é devido ao sangue?
    E seria normal isso?

    1. Vinícius, talvez uma coisa não tenha nada a ver com a outra. Mas pode ter havido algum ferimento com o atrito do instrumental durante a cirurgia, por exemplo. Aguarde mais alguns dias, se essas bolinhas e a mancha não desaparecerem, converse com o seu dentista quando for remover os pontos pra ele avaliar.

  5. Boa tarde doutora, eu arranquei 2 dentes do siso com o meu dentista homem, ocorreu tudo bem, faltaram os outros 2 porém meu dentista está fazendo um curso, fui com outra dentista e ela não conseguiu arrancar meu dente, ai quebrou e deixou a raiz toda no local, porém a raiz é enorme e ela não teve força para extrair, estou preocupado o que devo fazer agora?

    1. Extração dentária não é uma questão de força, mas de técnica, Helio. Então é irrelevante se o dentista é homem ou mulher. Ainda, cada situação é diferente, cada remoção cirúrgica tem dificuldades específicas. A dentista sugeriu que você fizesse o quê? Aguardasse pra conversar com o seu dentista? Encaminhou você pra outro cirurgião? Ou disse que a raiz deveria ficar onde está, mesmo? Faça como ela orientou você.

  6. Dra, boa noite! Meu caso é bem complexo. Tive uma periodontite nos dentes incisivos centrais e laterais, na opinião do meu dentista, causada pelo uso de uma contenção por 6 anos. Após retira-la houve melhora de 100 % em minha gengiva, no que se refere a este local. Porém após uma semana estou com um inchaço grande e muita dor no local onde extraí meu dente siso inferior do lado esquerdo, sendo que eu o extraí ha mais de dois anos. Não bastando isso, meu incisivo central superior está inchado e com pus. Estou tratando com nimesulida ha 4 dias mas não adianta. Meu dentista falou que talvez tenha ficado um pouco do dente extraído, e que eu já estivesse com gengivite e por eu usar periogard piorou no local, ou que eu esteja sob estresse e me receitou até um calmante. Não sei o que fazer, pois onde moro não há um profissional especializado com periodontia. Estou com dores ha mais de uma semana e nada adianta, vou nele quase todos os dias.

  7. Ola, na retirada do siso de baixo do lado esquerdo primeiro meu dentista retirou a coroa pois o mesmo se encontrava deitado, e quando foi para a retirada da raiz nao sei o que aconteceu e a parte da raiz caiu para o espaço temporo mandibular, dizendo ele, e não conseguiu mais tirar essa raiz, agora me encaminharam para uma cirurgia cara com um buco maxilo para remove-la é necessario ou pode-se deixar esta parte ali mesmo?

    1. Lucas, na extração de dentes inferiores pode ocorrer deslocamento de uma raiz para o espaço submandibular, assoalho da boca ou região cervical. Nesse caso, via de regra, é preciso remover, sim.

  8. Dra.

    Outra pergunta…
    Mesmo com a raiz do 48 sepultada, vou poder colocar aparelho? Antes de tirar a coroa ele estava empurrando alguns dentes da frente… (ou o 38 né?)
    O dentista não quer tirar o 38 nem o de cima dele devido ao risco, ou seja, só retirou a coroa do 48 e o de cima dele.
    Tem problema colocar o aparelho mesmo com esses sisos?

  9. Dra. Ana, boa tarde!
    Meu esposo acabou de voltar da dentista e a mesma tirou 80% do dente do siso do lado direito. A cirurgia demorou muito e a dentista foi cortando o dente (pois ele estava torto demais).
    Minha pergunta é a seguinte: a Dra. pediu para retornar la sexta que vem (fazendo uma semana) para RETIRAR OS 20% que ficou, este procedimento é correto? Ela vai abrir uma cirurgia…

  10. Dra Boa tarde.

    Fui retirar os 4 sisos, porém o dentista começou a extração pelo lado esquerdo. Tirou o de cima, mas quando foi pro 48 mesmo quebrando em várias partes, tirou a coroa mas não conseguiu retirar a raiz. Pediu então a tomografia, e nela foi visto que ele está fazendo um “gancho” no nervo e correndo grande risco na retirada. Ele indicou que seria melhor não mexer mais em nenhum. Já que o 38 está passando perto também.

    Já faz 13 dias, e continuo sentindo uma dor próximo ao maxilar (creio que no nervo). Será que a raiz do dente pode estar “se movendo” ou é apenas algo da extração? Pois o médico disse que a raiz pode ser “expulsa” pelo organismo, que teríamos que acompanhar. É expulsa ou consumida?
    Poderia me dizer como é o processo da raiz ? E qual motivo possível da dor?

    Desde já, obrigada.

    1. Larissa, a dor é do trauma da cirurgia. Ela deve se resolver com o passar dos dias, como num pós-operatório normal. Se a raiz está como um “gancho”, acho altamente improvável que seu organismo a expulse… ela vai ficar sepultada, mesmo. Ela não vai ser “consumida”, vai ficar lá.

      1. Dra. dia 10/10/2016 extrai meu dente 47 que já tinha feito um canal há 2 anos e estava doendo muito. Ontem retornei a dentista devido a secreção branca e muita dor. Ela abriu fez uma limpeza e colocou medicação local. Hoje está doendo e com uma secreção proxima aos pontos. É normal essa dor e secreção? Percebo que quando faço compressa de gelo e fico sem falar em repouso alivia um pouco, mas depois volta a dor. Estou até tomando um anti-inflamatorio toragesic e antibiotico amoxicilina, mas estou preocupada com a secreção branca e a dor.

        1. Não Elanny, não é normal. Pela sua descrição você teve / tem uma alveolite. Nesse caso, dói muito, mesmo. Mas você já foi tratada, agora é aguardar que seu organismo se recupere.

  11. Olá doutora boa noite, há 3 anos atrás eu diz a cirurgia de remoção do siso superior direito e o inferior direito. O superior saiu rápido e cicatrizou muito rápido tbm. Mas o inferior demorou muito para cicatrizar, uns 20 dias. Até aí “tudo bem”, após meses depois comecei a sentir muita dor e como a dentista que removeu demorava muito para conseguir uma consulta fui em outra que na radiografia viu que havia ainda uma raiz inteira no inferior direito. Ela me explicou na hora que a raiz estava presa e não iria conseguir retirar. Como passou com anti-inflamatorio a dor eu deixei de lado. Mas agora 3 anos depois já estou 2 dias com muita dor a base de remédios, seria por conta dessa raiz? O que eu devo fazer? Tomo analgésico bem forte, ela passa na hora mas 2 hrs depois volta a doer mais ainda. Me ajude dra. É uma dor daquelas fd. de fazer chorar.

    1. Se a dor é no local da extração, pode ser por conta dessa raiz sim, Rúbia. Pelo que entendi ela está anquilosada, ou seja, “grudada” no osso… deve ter sido esse o motivo pelo qual seu dentista na época não a removeu. Enfim… se há dor, há um motivo pra isso: uma inflamação, uma infecção… depende. É preciso identificar a causa pra tratar de acordo.

  12. Boa noite, Doutora! Ha um ano atras fiz a extração do meu dente de siso, o do lado direito na parte de cima, o dentista arrancou sem tirar raio x. 3 meses depois o local da extração comecou a doer, fui em outro dentista ele tirou o raio x e disse q seria resto de dente, abriu o local e limpou. Agora depois de 7 meses comecou a doer de novo, eh uma dor que vem todos os dias, passa 30 minutos e some, as vzes dói so pela manha, as vzes dói pela manha e a tarde, ou qdo pego sol, ou qdo estou em local abafado, qdo como algo… O dentista pediu um panorâmico, ja levei esse panorâmico em uns 10 dentistas aqui em SE e eles dizem que nao tem nada nem no local nem nos outros dentes, hoje levei em outro dentista e ele disse que é o nervo, que o dentiqueiro tava muito proximo do nervo, e eu fiquei com trauma por causa da perda do dente, e eh por isso que esse nervo dói, ate q eu me acostume. Passou ibuprofeno de 600 que eu ja vinha tomando mais a dor nao passa e mandou eu procurar um dentista especialista em buco maxilar. Essa dor no nervo doutora, o que pode ser feito?

  13. Boa tarde Dra. Ana, devido ao uso excessivo da chupeta e um acidente que sofri há alguns anos atrás perdi um dente, voltaram a colocá-lo so que ele esse ano começou a abanar, fui a um dentista brasileiro aqui em Portugal para poder colocar um novo dente ou uma ponte dentária, segundo ele era melhor se colocasse aparelho, pois tenho os dentes de cima muito tortos, so que ele viu e aconselhou-me que era muito arriscado, pois a minha gengiva superior tem umas elevações que segundo ele ao colocar aparelho as raízes do dente poderiam sair. Eu queria saber (se isso é mesmo possivel) e se for não existe uma maneira de poder endireitar os dentes, pois sempre quis colocar aparelho e agora o dentista disse que é muito arriscado, obrigado.

    1. Jonthan, você deve ter o osso alveolar, que “segura os dentes”, muito “estreito”. Inclinar muito um dente ortodonticamente, nessa situação, pode causar o que o seu dentista disse, sim. Seria interessante a avaliação de um ortodontista a respeito.

  14. Bom dia Dra. eu precisei fazer a remoção do siso esquerdo inferior deixando essa raiz, por conta do nervo da mandíbula! Já tem 5 dias que passei pela cirurgia, porém estou sentindo muita dor, mas dor de chorar mesmo, estou muito inchada, no dia da cirurgia a anestesia não queria pegar, tomei 5 anestesias, é mesmo assim senti um pouco de dor na hora! Fui ao dentista e ele disse que está normal, mas não paro de sentir dor, fica latejando, parece que o osso está doendo, o osso está duro. Não sei mais o que fazer, por favor me ajude.

    1. Elisa, se o dentista diz que está normal, a dor que você sente é apenas pós-operatória, não de alguma infecção. Nesse caso, pode ser necessário apenas um analgésico mais forte. Converse com o seu dentista.

  15. Dra. Ana, fui ao dentista para ele arrancar um dente meu que estava todo quebrado, ele tirou o dente, cicatrizou, até ai tudo bem. Mas… percebi agora que no mesmo lugar que arranquei ficou uma “raiz” e a pontinha dela está saindo, doi muito quando como algo. OBS: o dente não era de leite. O que devo fazer?

  16. Olá Dra.,
    Primeiramente parabéns pela atenção dada a todos. Acabo de fazer uma extração, mas uma das raízes ficou (anquilose) e minha dentista achou melhor não mexer mais para evitar perda óssea para um futuro implante. Segundo ela, o implante poderia ser feito sobrepondo ao restante da raiz sepultada. Estou receoso quanto a isto e também com a possibilidade de problemas futuros. Alguma recomendação?

    Grato!

    1. É uma possibilidade sim, Marcelo. Se a raiz está anquilosada, ela acaba sepultada e o implante pode ser feito no local, embora não seja o mais comum. Nenhuma recomendação específica, não há muito que vocã possa fazer a respeito, é uma decisão técnica.

  17. Dra. Ana Tokus, boa tarde!
    Queria pedir um conselho sobre o meu caso. Tenho 25 anos e há algum tempo venho sentindo dores na mandíbula do lado direito. Fui ao dentista e fiz uma radiografia periapical. Nela se constatou uma cárie, a princípio pequena, no dente 47 abaixo de uma restauração antiga. Além disso, o dente 48 apareceu na imagem impactado e inclinado, pressionando a raiz do 47. Recomendou-se então que eu fizesse uma tomografia do dente do siso para ter certeza da posição e da interferência desse dente em relação ao 47, já pensando numa possível extração.
    Na tomografia, foi descoberto que o nervo alveolar passa por entre as raízes do 48. Consultei dois dentistas, além do meu, e nenhum achou prudente extrair esse dente por conta do risco de parestesia. Também não falaram nada sobre retirar apenas a coroa.

    A dor piorou nesses últimos dias, tornou-se mais espontânea, difusa, que se agrava ao deitar (mas ainda melhora 100% com analgésicos fracos). Bom, voltei ao meu dentista de confiança, que me alertou sobre a possibilidade do 47 precisar de um tratamento de canal, ou mesmo da dor ser provocada pelo siso. Ele discutiu comigo a possibilidade de extrair o 47, ao invés de fazer um canal e puxar o siso para frente (com aparelho, acho). A justificativa foi que se eu manter o 48, fatalmente eu vou perder o 47. Eu sinceramente não sei o que eu faço. Se eu continuo procurando dentistas que podem extrair o 48, se eu espero e tento tratar o 47, ou se eu já extraio o 47. Realmente existem casos em que é impossível extrair o siso? Há casos em que nem mesmo a coronectomia é indicada? Perdão pela extensão da pergunta, mas eu estou muito triste com a possibilidade de perder o 47 e não sei a quem mais recorrer, ou se existem especialistas que devo procurar para embasar minha decisão.

    1. Gabriela, e pela tomografia o 48 está reabsorvendo o 47? Se está, na minha opinião seria preciso remover a cárie, ver até onde ela vai e, se for preciso, tratar o canal do 47. O 48, já que está reabsorvendo o 47 (suponho) e não pode ser extraído sem alto risco de sequelas, fica onde está. Eu acho que, no seu caso, há indicação de coronectomia, sim. Mas estou supondo com base no que você me contou, talvez eu tenha perdido algum detalhe.

      1. Dra., primeiramente, muito obrigada pela resposta.
        Essa semana tentei fazer o tratamento da cárie do 47. Penso que não deu certo porque ainda sinto dor espontânea fraca/moderada. Meu dentista alertou sobre a possibilidade de já ser um problema de canal e decidiu não fechar o dente com resina por enquanto.
        Também peguei as imagens e o laudo da tomografia, nele está escrito: Dente 48, não irrompido, em posição mesioangular, impactado. A coroa está no centro do rebordo alveolar e em contiguidade com a raiz do 47. Suas raízes estão em contiguidade com o canal da mandíbula. Observa-se um estreitamento do canal da mandíbula em alguns dos cortes.

        Aparentemente, não há indicação de reabsorção na tomografia, nem na radiografia. Mas me parece bem claro que o 48 já está tendo uma influência negativa sobre 47. Comentei com o meu dentista a possibilidade de só extrair a coroa, e ele disse que não ia adiantar muito no meu caso.
        Enfim, acho que vou acabar fazendo o canal do 47 e torcer para o melhor.

        O que me frustra bastante nessa história toda é que eu deveria ter extraído esses sisos quando era mais jovem, mas em nenhum momento a cirurgia foi indicada (nem antes da colocação do aparelho fixo). Na verdade, foi desencorajada, e eu também não busquei uma segunda opinião. =\

        1. Compreendo. Mas veja pelo lado bom: não há reabsorção do 47. Provavelmente nunca haja. É questão de acompanhar o caso periodicamente junto ao seu dentista.

  18. Olá, tive que extrair os meus dentes do siso e ja extrai todos, porém o meu dente superior esquerdo extrai segunda feira dia 19, e a dentista falou que ACHA que ficou um pedacinho da raiz bem pequeno, como a fosse uma lasquinha, mas a doutora falou que não havia problema algum, pois se ela fosse tentar tirar so iria me machucar ainda mais, já que ela ficou mais de uma hora para extrair, gostaria de saber se realmente não terei problemas, pois tenho muito medo de um dia acabar inflamado.

    Obrigada.

    1. A sua situação é a “clássica” que explico no texto, Tayná. Se sua dentista julga não valer a pena tentar remover esse fragmento, sendo ele bem pequeno, não se preocupe. Dificilmente um dia ele vai incomodar.

  19. Eu estava com um dos meus dentes moles e acabei arrancando em casa, mas para a dentista que eu vou ela disse que como a raiz do meu dente é profunda não era aconselhável arrancar em casa, mas quando eu arranquei o dente a raiz ficou, isso irá causar algum problema?

    1. Vai, Mirelly. Na verdade você tirou só a coroa do seu dente, não ele inteiro. É remover a coroa, agora. Converse com a sua dentista.

  20. Boa noite Dra,
    O antepenúltimo dente da minha boca tardei muito em fazer um canal, pois tenho pouca abertura da mandíbula e meu dentista nunca conseguiu concluir, e eu acabava sempre desistindo… acabou que o dente quebrou todo e ficou só a raiz… com o tempo a gengiva foi fechando o buraco q ficou, mas de vez em quando a gengiva inchava e ficava dolorida, depois voltava ao normal. Tomei vários anti-inflamatórios. Essa fase passou… tenho mesmo q extrair essa raiz? Ou posso ficar com ela normalmente? Ficou o buraco do dente, pois quando mastigo desse lado da boca é um trabalho para tirar resíduos de comida… tenho q fazer algum procedimento? Obg

  21. Doutora Ana, parabéns, adoro o site!
    Uma dúvida, o meu segundo molar inferior, o qual já foi feito tratamento de canal ha mais de 10 anos, quebrou quase que totalmente. Na época, a dentista me disse que havia pouco dente e no caso de quebra, seria difícil arrumar novamente. Mais recentemente, outra dentista quis trocar a restauração, pois havia um leve trincado. Ela trocou, mas no outro dia passando fio dental, caiu inteira. Ela colocou uma restauração provisória que durou uns 3 anos, caiu faz uns 10 dias. Estou praticamente só com a raiz do dente, tem um pouco do dente ainda, um circulo. E dentro está bem limpo, claro, com um ponto ainda mais claro que não sei se seria o selamento do canal. Por enquanto está tudo normal no local.
    Estou na dúvida se é urgente tirar a raiz que ficou, mesmo estando aparentemente tudo limpo, ou seria melhor tirar logo. Meu problema é encontrar bons profissionais, já perdi dois molares onde soube depois que não eram casos de extração e tampouco canal.

    1. Charles, obrigada. 🙂

      Pelo seu relato não dá pra afirmar que é caso de extração. Se a raiz e o tratamento de canal estiverem ok, pode ser possível fazer pino + coroa e manter o seu dente. Apenas sugiro que você procure um dentista o mais rápido possível, porque manter o dente como está por muito tempo vai acabar levando a necessidade de extração (ou, no mínimo, ao retratamento de canal).

  22. Ola Dra. Ana, fui ao dentista retirar um dente que ja estava furado, mas na hora da retirada o dente partiu e ficou duas raizes, gostaria de saber se tem algum mal em manter as duas raizes ?

    1. Nuno, a não ser num caso de sepultamento radicular (quando fica um pedacinho de raiz e retirá-lo não beneficia em nada o paciente, pelo contrário), é preciso remover as raízes, sim. Pode infeccionar e você ter uma série de problemas. Converse com o seu dentista.

  23. Oi dra, retirei o meu ciso inferior direito ha exatamente 10 dias, mas a raiz ficou, a minha dentista não conseguiu tirar o dente inteiro, duas dentistas tentaram e não conseguiram, ela disse que a raiz dele estava meio gorda, ai ela teve que ir quebrando até que ficou só a raiz, como já tinha mais de duas horas tentando extrair ela decidiu parar porque eu já estava com muito medo, então ela disse que meu organismo ia expelir o que sobrou e não ponteou, quando passou o efeito da anestesia o 1 e 2 molar e a raiz ficaram latejando e muito sensiveis, quando eu bebo agua doi muito, com 5 dias eu voltei na dentista e expliquei a ela, examinou e disse que esta normal, que com o tempo vai passar, hoje já faz 11 dias e esta do msm jeito, oq pode ser, e a raiz com o tempo ela cai msm? Por favor me responda, já estou com medo! Obrigado pela atenção.

    1. Alexandre, às vezes o dentista prefere deixar um fragmento da raiz em vez de ficar tentando removê-la sem êxito, pensando justamente no bem-estar do paciente. Isso se chama “sepultamento radicular”. Esse latejamento pode ser sinal de infecção… como já faz 10 dias da cirurgia, seria bom uma nova reavaliação com a sua dentista, nesses últimos 5 dias pode ter começado uma infecção. Acho improvável que esse pedacinho de raiz seja “expelido”, ele teria que estar mais na superfície pra isso, o que creio não ser o caso.

      1. Olá meu dente quebrou, fui no dentista, ela fez a coroa com o pino, fiquei um ano mais ou menos com esse dente, mas caiu e não estava mais segurando, a dentista tirou uma radiografia, disse que meu dente não tinha mais raiz, só tinha um pedacinho de raiz, por isso que o dente estava caindo. Será que isso é possível? Ela me aconselhou a arrancar o dente e fazer um implante.

  24. Oi Dra. Eu estava com um dente com cárie muito avançada e que não aguentaria o canal. Fui arrancar o dente e a dentista arrancou uma parte e deixou a raiz toda pra dentro, pra arrancarmos uma semana depois. Passou uns remedios e estou tomando direitinho. Mas to preocupada, pode deixar meu dente assim ou tem algum risco?

    1. Amanda, se for a raiz inteira (parece, pela sua descrição) via de regra é preciso remover. O que vale é a avaliação da sua dentista a respeito.

  25. Boa noite Dra. Ana Tokus, faz 3 meses que eu retirei os sisos, primeiro retirei o esquerdo e depois de 2 semanas retirei os sisos direitos, só que depois de uma semana que retirei os sisos direitos comecei a sentir dor no maxilar no lado esquerdo e um pouco de queimação ou frio, então fui ao dentista pra ver o que poderia ser, a principio ele achou que tinha atingido o nervo, mas ao perceber que a dor era do lado esquerdo, a qual já tinha passado 3 semanas da extração e feito 1 semana do lado direito, ele diz que no meio do nosso queixo o nervo divide, tem o esquerdo e o direito, e que não era um único nervo por isso ele não associou a dor com a extração, como não entendo muito bem fui obrigado a acreditar nele, ele pensou que poderia ser um desgaste da musculatura e pediu que eu esperasse mais 4 dias pra ver se a dor ia continuar. Passados esses quatro dias a dor passou para minha alegria, então não precisei retornar ao consultório, depois de 3 meses ao fazer esforço físico a dor voltou, então fiquei de repouso e a dor melhorou 80%, as vezes queima um pouco e se eu por a mão em cima alivia, o que pode ser? Estou desesperado.

    1. Guilherme, esses parecem ser sintomas inflamatórios. Como as cirurgias são recentes, não é incomum. Mas, em princípio, não vejo motivo pra grande preocupação.

      1. Vou evitar fazer esforço fisico até ficar 100% recuperado, caso a dor persista vou procurar novamente o dentista, mas ao saber que podem ser sintomas inflamatórios já fico aliviado. Obrigado Dra., sua resposta foi de grande valia.

  26. Dra., fui ao dentista na tentativa de extrair um dente que me incomodava bastante. Durante o processo de extração, quebraram todo o meu dente, para facilitar na hora de tirá-lo, pois doía bastante, logo, sem sucesso. Foram necessários dois dentistas, ambos não conseguiram, pois disseram que meu dente tem a raiz bem firme. O dente ficou todo quebrado que quase não se via mais vestígios, porém, a raiz ainda continuava lá. Me liberaram porque viram que eu, de fato, não suportaria mais a dor para continuar o processo. Assim, fui. Tomei todos os remédios que e indicaram, tomei todos os devidos cuidados para a desinflamação, enfim. Hoje, já não sinto mais dor (no dente, porém sinto muita dor na gengiva ao redor do espaço que se fechou aonde a raiz ainda permanece, sendo que também ficou uma “carninha” exposta que me causa muita dor quando toco). Queria saber se tem algum perigo ficar com a raiz do dente, e se tem alguma explicação para a dor que sinto?

    1. Samara, seu dentista sugeriu fazer uma nova cirurgia ou tem a intenção de não mexer mais nessa raiz? Quanto tempo faz da cirurgia?

  27. Oi doutora, estou com um problema meio complicado, tenho um ciso pra extrair, só q este siso está próximo ao nervo, ou no caso, fiz a tomografia e mostrei pra dois dentistas diferente, um falou q estava perto do nervo e optou por retirar a coroa do dente e deixar a raiz, porém o outro falou q estava próximo ao canal da mandíbula e dava pra extrair a raiz também, estou muito confusa, gostaria de saber se nos dois casos corre risco de parestesia…

  28. Tenho dois dentes que foram retirados porem ficou a raiz, tem como eu fazer um implante aproveitando a minha raiz?

    1. Fernanda, não seria um implante, mas uma prótese fixa com pino. Pode ser possível, sim… mas é preciso avaliar se as raízes são viáveis pra suportar o pino. Se esses dentes foram extraídos por dentista e as raízes ficaram de propósito (coronectomia com sepultamento radicular), não é possível usá-las pra apoiar coroas. Procure um dentista pra avaliar.

  29. Bom dia doutora, meu dentista me aconselhou a fazer a coronectomia, meu caso é muito parecido com o usado nas fotos de exemplo, tenho algumas duvidas.
    1º meus sisos inferiores não doem, caso faça esse processo corre o risco da raiz começar a doer depois de 1, 2 meses ou a chance de dor é nula e só corro risco de ter q tirar a raiz com o passar do tempo?
    2º mesmo tirando só “metade” do dente vou poder colocar aparelho normalmente? atualmente não possui espaço na minha boca para colocar. Obrigado.

    1. Lucas, chance de doer e de ser preciso extrair as raízes sempre há, mas é baixa. Se no tratamento ortodôntico não for preciso levar seus dentes para trás (onde estarão as raízes do seu siso), você pode usar aparelho normalmente. Converse com o seu dentista.

  30. Boa tarde, fiz a extração de um dente tem mais de 1 ano e ha quase 5 meses começou a sair pra fora da gengiva de cada lado uma ponta como se fosse dente que ficou, e é como se meu organismo creio assim tivesse querendo expulsar, estou com dores cada vez mais absurdas, tomando anti-inflamatório e analgésicos mas não adianta, o procedimento feito foi errado? Por que isso esta ocorrendo? Obrigada.

  31. Doutora, preciso há anos extrair um siso parcialmente erupcionado e cariado, do lado inferior direito. Quando fiz os exames de imagem em 2013, um dentista fez um verdadeiro terrorismo comigo e quis cobrar cerca de 2000 reais à época por conta da dificuldade em retirá-lo, já que ele estaria muito perto da raiz e as chances de parestesia eram grandes. Hoje, 3 anos se passaram, estou com 29 anos e resolvi procurar um outro dentista para fazer essa extração. Ele não pediu novos exames de imagem porque disse que a minha raiz está estabilizada. Enfim, sou meio desconfiada e MORRO DE MEDO de parestesia. Atualmente sou sommelière e tenho medo de ficar com a impressão de que estou babando ou mesmo perder o paladar. Minha extração já está marcada para a semana que vem e estou com receio. Você poderia me orientar de alguma maneira ou mesmo ver o meu exame de imagem? Me ajude, por favor! Muito obrigada, desde já!

  32. Olá! Tive que extrair um dente superior que ficava ao lado do siso, o período de recuperação foi tranquilo, só que estava sentindo um desnível na minha dentição, não conseguia fechar a boca direito, pois doía bastante quando os dentes se chocavam, achei que fosse por conta do inchaço da extração mas ao observar direito percebi que o siso ficou torto e até mole, voltei ao dentista e ela disse que não sabe o que aconteceu e a única solução é extrair também. Não quero extrair, é realmente necessário? Pois esse dente não incomoda em nada, foi um erro dela no momento da extração? Me ajude. Obrigada!

    1. Thaty, não sei se a única solução é a extração. Claro, vale a avaliação da sua dentista a respeito, mas talvez haja como ajustar o contato desse dente com o do arco oposto. Converse com a sua dentista.

  33. Boa tarde!

    Preciso extrair apenas uma raiz do segundo molar, para que as duas raízes ainda saudáveis continuem vivas. Há problemas? É difícil? Qualquer dentista pode fazer?

    Agradeço.

    1. Manuela, isso se chama “amputação radicular”. Qualquer dentista pode fazer, mas geralmente quem faz (e sabe fazer) é o especialista em Periodontia ou Cirurgia.

  34. Boa tarde doutora,
    Hoje pela manhã fui retirar o ciso e a dentista ao fazer o procedimento acabou quebrando o ciso, depois ao terminar de retirar a raiz começou a sangrar muito, então ela me disse que o melhor seria deixar a raiz pois não teria problema…
    O procedimento está correto ou terá que fazer um novo procedimento para retirar o restante?

    1. Jaqueline, se ela disse que não teria problema, não tem problema. Vale a avaliação da sua dentista a respeito.

  35. Posso mandar tirar só a metade do siso que está complicado de tirar todo p usar aparelho ortodôntico?

    1. Não é BEM ASSIM que funciona, Vanessa. Você procure o dentista, ele avalia e indica o melhor tratamento segundo a avaliação dele. Se ele achar que é um caso para coronectomia, vai sugerir isso pra você.

  36. Olá doutora! Acho esse blog o máximo!

    Extraí três sisos inclusos, muito complicados. A dentista me advertiu do risco de parestesia. A primeira extração do siso inferior esquerdo durou mais duas horas, e ela optou por só retirar a coroa, no começo achei estranho, não gostei da ideia, mas tive um pós operatório excelente, sem dor, e a cicatrização foi perfeita. O inferior direito, ela conseguiu extrair totalmente, mas passada uma semana ainda sinto dor na ATM, no ouvido, dificil para dormir, e parestesia, meu lábio e queixo gelados, formigando e uma sensação de pele de borracha. Enfim, amanhã retorno pra tirar os pontos, mas as vezes é melhor sepultar a raiz do que um trauma maior.

    1. Obrigada, Suelen. 🙂 Realmente… o dentista precisa sempre levar em conta a relação custo-benefício para o paciente. Mas fique tranquila, se sua cirurgia é mais ou menos recente, esses sintomas são, até certo ponto, esperados. É preciso ter bastante paciência e aguardar seu organismo se recuperar.

  37. Bom dia, doutora !!
    Estou aqui por uma pequena duvida, arranquei dois dentes esta fazendo uma semana hj, so que acredito que ele nao arrancou todo pq sinto uns pedacinhos do dente quando passo a lingua, devo voltar pra ele ver ou com o passar dos dias esses pedacinhos irão cair? Estou preocupada.

    1. Se você está em dúvida, volte pra uma reavaliação, Thays. Mas é improvável que seja um pedaço de dente, o mais comum são espículas ósseas soltas ou alguma aresta óssea (fixa) incomodando. Se você ainda tem os pontos, pode ser isso.

  38. Dra. Ana, boa tarde!
    Há cinco dias o dentista de uma clínica duvidosa tentou extrair meu 1º pré molar do arco inferior, porém este dente já havia sido feito canal há quatro anos e voltou a doer e quebrou metade dele.
    Este, que se dizia “dentista”, disse que fechou a clínica que tinha e não tinha prática de extração, e que atualmente trabalhava muito com próteses. Disse-me que esta clínica era de um colega que estava de férias. Ele tentou extrair meu dente, mas a cada tentativa o dente se quebrava, ficava mais curto, o motorzinho não conseguia furar e a assistente da recepção disse que não tinha broca, enfim, ele tentou por uma hora, de um lado para o outro, com os poucos instrumentos que havia. Sem êxito, disse que só ficou uma pontinha, que até 2 milímetros era permitido. Deu uns dois pontinhos frouxos e receitou num pedaço de folha de caderno. Ainda dói, to fazendo bochecho o dia inteiro com Malvona e tomando Nimesulida, Paracetamol e Dipirona. Não está infeccionado, o hálito está melhorando, já tirei os pontos sozinho. Devo me preocupar ou está tudo bem?
    Obs.: Tenho 35 anos.
    Desde já agradeço!

    1. Thiago, PARECE que está tudo ok. Mas se você desconfia que ele não é dentista, sugiro procurar um de verdade pra avaliar. E denuncie ao CRO, se for o caso, mesmo.

  39. Olá Dra. Ana,
    Estou com uma dúvida, preciso extrair um molar que inclusive está com uma fístula, passei com dois dentistas para avaliação e um pede para tomar antibiótico quatro dias antes da extração e depois continuar até finalizar o antibiótico. Já o outro dentista diz não ser necessário o uso do antibiótico para extração nem antes e nem depois.
    Qual seria o procedimento correto e seguro? Há algum risco de fazer uma extração sem uso de antibiótico antes e depois?

    1. Gisele, se você não tem nenhum problema de saúde que indique a profilaxia antibiótica, não vejo necessidade. Mas depende do exame e da anamnese, um dentista achou necessário e o outro não… acontece. Pela sua descrição, não me parece necessário, mas estou me baseando só no que você me disse (o que não é suficiente).

  40. Dra. Ana, ja usei elásticos do tipo baba um tempo no aparelho ortodôntico. Estou usando novamente ha menos de 1 mês, são 2 elásticos, um do lado direito e outro no esquerdo, ligando o molar superior ao canino inferior. A questão é q estou sentindo como se estivesse com água no ouvido (nunca senti isso antes). Agora a tarde fui dormir e senti dor no ouvido e na nuca. Como retiro-os pra comer dá uma aliviada nessa sensação de água no ouvido esquerdo. Qdo os coloco volta a sensação. A dor na nuca e no ouvido não senti mais depois q acordei agora a noite. Devo utilizar por mais 1 mês. Só tenho consulta mês que vem. E ai? Prossigo enfrentando esses sintomas? Outra coisa, queria saber se tem problema utilizar enxaguatório Oral-B 3D White, ele tem álcool, uso normalmente o Plax sem álcool, mas achei esse na promoção e não resisti, comprei e to usando, deu até uma clareada nos dentes amarelados, mas devo ficar com as marcas do bracket depois. Kkkk

    1. Provavelmente sua mandíbula está sendo forçada a ocupar uma posição mais posterior dentro das articulações, por isso o incômodo. Eu não recomendo o uso de enxaguatório bucal de forma geral, eu mesma não uso, não há necessidade (a não ser em situações bem específicas e com prescrições do dentista), pois enxaguatórios “bagunçam” a flora bucal. E com álcool eu não recomendo mesmo… se for usar, prefira os sem.

  41. Doutora, ontem fui fazer uma extração, porém a dentista deixou a raiz do dente e suturou, está fazendo o acompanhamento, mas ainda tenho q tirar a raiz ou tenho algum problema em não tirar essa raiz? Sofri demais nessa extração, a dentista falou então q iria sepultar a raiz. Ha algum problema em deixar essa raiz?

    1. Se sua dentista falou em sepultar a raiz é porque ela não pretende mais tentar remover. Com acompanhamento, em princípio, você não deve ter problemas com esse fragmento.

  42. Boa tarde, doutora. Fui arrancar um dente e dai a raiz ficou, pois saiu so a coroa, sinto passando a lingua toda a extremidade do dente, não sinto dor nem nada. Como proceder? Tenho que tirar? Pode causar mau halito a nao retirada?

    1. O dentista removeu essa coroa ou você mesma fez isso, Amália? Se foi o dentista, ele disse que a raiz ficou ou você apenas acha isso? É possível ver essa raiz na gengiva ou você só sente ela?

  43. Doutora, Graças a Deus encontrei este blog, socorro preciso muito de ajuda… Dia 31/03 fiz uma exodontia dos 3 molares do lado direito, tomei a medicação correta e apos 7 dias infeccionou. Fui ao dentista e ele me passou novamente amoxilina, após uma semana de ter terminado de tomar amoxilina pela segunda vez, tive pus no local novamente mas sem dores, a pedido do meu dentista tirei um raio x e vimos que haviam 2 pedaços de raízes q não foram retiradas na cirurgia, mas o bucomaxilo nao me avisou sobre a raiz que não foi retirada. Agora estou tomando ciprofaxino 500mg, ainda não tirei todos os pontos pq agora comecei a melhorar do trismo e da parestesia… doutora me ajude, o que pode estar dando errado na cicatrização? Não tem buraco visível no local da extração. O de cima esta ótimo, mas o inferior me preocupa muito, já que ainda sinto o nervo inchado e com pus?

    1. É um abscesso, Rafaela… seu organismo está liberando o pus de uma infecção. Quando há infecção, a cicatrização fica prejudicada, mesmo. Essa infecção pode ou não ter a ver com os fragmentos de raiz que ficaram.

  44. Ana, retirei um dente molar superior faz mais de um ano e uns dias atrás percebi que tem alguns pedacinhos, provavelmente da raiz, furando a gengiva e saindo deste local. As vezes sinto dor, já caiu um pedacinho essa semana e percebi que outro está furando a gengiva. É normal?

    1. Acontece, Viviane. Devem ser espículas ósseas soltas. Se estiver incomodando muito, procure seu dentista pra remover. Se não, a gengiva deve expulsar esse outro fragmento.

  45. Boa noite!!

    Dra. Ana, dia 29/03, extrai o siso inferior do lado esquerdo, tive os problemas normais durante a recuperação, porém ontem meu rosto amanheceu inchado e hoje ainda está, passo a mão e sinto um nódulo duro e dolorido, também voltei a ter o trismo, mal consigo abrir a boca, hoje percebi que tem uma bola com pus na bochecha que lembra bastante um abscesso perto do lugar onde ocorreu a extração, agora pouco esse abscesso estourou espontaneamente saindo muita secreção (pus, e pus misturado com sangue), com odor fétido, porem o edema do rosto não diminuiu. Isso é um processo infeccioso… não tenho dores forte… o que devo fazer?

    1. Socorro, não só lembra como É um abscesso. Se ele drenou, ok, isso em si já vai ajudar bastante na diminuição do inchaço. Mas sugiro que você procure seu dentista pra ver a necessidade de algum procedimento e/ou medicação.

  46. Doutora, boa tarde. Gostaria de parabenizar pelo site, muito bom. Ficaria feliz se me ajudasse com uma dúvida. Senti dores no ciso há três semanas e o dentista me passou antibiótico para desinflamar e disse que precisaria arrancá-lo. Tomei por uma semana e não está doendo mais, não sinto mais nada. Será que ainda é necessário tirá-lo? Não confio no dentista. Ele é da rede pública e tenho medo de haver alguma diferença no processo cirúrgico do sistema público e da rede particular. É confiável realizar na rede pública ou melhor procurar um consultório? Obrigada!

    1. GZ, o dentista que trabalha na rede pública é tão confiável quanto o que trabalha em âmbito particular. Até porque, pra se atender na rede pública, é preciso passar em concurso público… então não é assim tão simples. pelo seu relato eu não vejo razão pra desconfiar do diagnóstico do dentista. O fato do seu dente não estar doendo agora não é garantia de que ele não vai doer depois… e dor não é a única razão pra se indicar uma extração de siso. É preciso considerar a posição do dente, o espaço disponível, a recorrência de inflamação gengival, etc.. Mesmo que seu dente nunca tivesse doído, ainda assim poderia haver indicação de extração.

  47. Doutora, tenho 12 anos e meu dente molar quando em mexo ele move um pouco, o que vc acha que deve ser, to com muito medo? E ele é permanente.

    1. Vitor, “mover um pouco” é normal… afinal nossos dentes não são fixados diretamente ao osso, mas há uma série de fibras chamada “ligamento periodontal” que fornece certo “amortecimento” aos dentes. Mas tenha em mente que aos 12 anos é muito provável que você ainda tenha dentes de leite, e pode estar se confundindo.

  48. Olá doutora! Primeiro gostaria de parabenizar pelo seu trabalho! Bom eu não sei se poderia tirar esse dúvida aqui nesse espaço… Mas vou perguntar… No dia 29/02 extrai o ciso inferior esquerdo, ele estava deitado empurrando o outro dentre, e completamente envolto pela gengiva, ele também estava muito próximo do nervo, então o dentista me avisou que poderia afeta-lo. O dente saiu inteiro e envolto em uma “placenta” e era muito grande. A cirurgia foi bem rápida, 45 min, então ele finalizou e deu os pontos. Tomei a medicação pelo tempo que ele prescreveu, foi amoxilina, dipirona e nimesulida. Quando voltei sete dias depois para tirar os pontos ele me disse para parar a medicação. Ainda hoje eu sinto um incômodo, não sei se posso chamar de dor pq é leve, mas ocorre quando acordo porque durmo pressionando os dentes (assim acredito). Bom, agora pouco, ao escovar os dentes, percebi um pequeno buraco no local da extração “colado” ao dente na parte externa da gengiva. Ainda sai aquele exsudato, mas bem pouco e geralmente só durante a noite! Não sei a quanto tempo esse buraco está aberto, só reparei agora! Estou com medo! É alguma coisa séria? O que devo fazer? Vou viajar amanhã pela manhã de moto para uma cidade vizinha, devo cancelar a viagem? Preciso voltar ao dentista para dar pontos novamente? Desde já agradeço!

    1. Pode perguntar aqui ou em qualquer post sobre qualquer assunto, Marcelle. 🙂

      Esse “buraco” é normal. Vai levar algumas semanas pra fechar, é assim mesmo. Pela sua descrição, parece que vai tudo bem.

  49. Olá, doutora!
    Seu site me ajudou e encorajou bastante. Sou odontofóbico assumido e por conta disso fiquei anos sem ir ao dentista, e acabei perdendo dois dentes do fundo (um de cada lado). Criei coragem e fui à dentista essa semana! Foi uma superação pra mim. Ela disse que vai precisar extrair a raiz desses dois dentes que perdi há pelo menos 05 anos. Pergunta: a recuperação pós-cirurgica é semelhante à de extração de dente do siso, ou considerando que a raiz já está morta a recuperação eh mais tranquila? O rosto costuma ficar inchado?
    Queria agradecer desde já e parabenizar a doutora pela iniciativa e boa vontade com a qual esclarece as dúvidas dos que procuram informação e fazem questão de consultar quem entende do assunto! Abraços!

    1. Obrigada, Guilherme. 🙂

      Por ser só raiz, é provável que a recuperação seja mais tranquila, sim. Pode inchar, mas não há como prever, cada organismo reage de forma diferente. Vá tranquilo! 😉

  50. Ana, estou mandando essa msg via celular pq pelo computador os navegadores não estão abrindo seu blog. A pagina não carrega pq o Antivírus ta acusando vírus. Tirei print e upei pra vc ver o q pode ser ai -> i.imgur.com/S0ZfD4e.png

    1. É só no Avast, mas eu já removi o banner que estava provocando esse “falso positivo” pra vírus. Obrigada pelo alerta. 😉

  51. Olá doutora, tudo joinha?
    Então, minha namorada vem sentindo muitas dores na região do siso (que foi removido há mais ou menos uns 3 anos) e ouvido. Fomos até o dentista que removeu o dente, chegando lá ele avaliou e disse que o siso estava nascendo de novo e que ia precisar fazer uma nova cirurgia para removê-lo. Isso é possível? Digo, um novo siso nascer?

    1. Não, Alexandre. Se o siso foi removido, como ele nasceria de novo? Duas possibilidades: um dente supranumerário (além do número normal de dentes, ou seja, um quarto molar) ou ficou um fragmento de raiz que, agora, seu organismo está expulsando. Uma das duas coisas.

  52. A radiografia (2D) não é determinante em relação a proximidade do canal mandibular, logo, se o profissional ainda não tem segurança para realizar a remoção completa do elemento dentário, deve solicitar uma tomografia (3D). Desta forma ele vai identificar com precisão onde passam as raízes dos 3 molares, quase sempre estão lingualizadas ou vestibularizadas em relação ao nervo alveolar inferior. Coronectomia????

    1. Sim João, numa radiografia não se tem certeza da localização espacial das raízes do dente. A tomografia resolve isso. Alguma dúvida sobre o termo “coronectomia”?

  53. Doutora, esses dias eu estava comendo pipoca (no sábado passado) e aí o braquete do 2 pré superior esquerdo descolou, aí ele virou (ficou com aquela parte de trás que fica colada no dente pra frente), e às vezes desliza e eu tenho que pôr no meio do dente de novo. Gostaria de saber se isso é urgente, se eu tenho que ir logo no dentista ou se posso esperar até a próxima consulta (dia 7 de março)? Obrigada 😀

  54. Olá!
    Costumo ler o blog há algum tempo, e agora estou precisando de um aconselhamento…
    Há duas semanas, tive uma pulpite muito severa (talvez resultado de cárie, que não foi achada por fora) num dente incisivo superior. Isso me criou um abscesso, e tive até febre por causa da infecção.
    Tomei antibióticos (azitromicina) por 10 dias para o abscesso passar, e meu dentista abriu o dente por trás para remover o nervo (já necrosado).
    Ele o abriu, removeu parte do material e não terminou o processo. Introduziu um algodãozinho embebido em um antimicrobiano e fechou o dente com um cimentinho cirúrgico.
    Pensei que, na consulta dessa semana, ele fosse reabrir o dente para continuar a remover o material, esterilizar o interior, colocar a guta percha… Mas ele apenas aplicou uma anestesia (na forma de gel azul) para em seguida aplicar um outro gel, transparente, que ele disse ser um selante.

    Agora, 1 semana e 2 dias após o início da operação (e dois dias após a consulta de aplicação do “selante”), estou com uma estranha dor latejante (não tenho mais o nervo!), sinto meu dente e o interior “gelados” (embora por fora esteja a temperatura normal, claro), e ele está pouco firme, começando a amolecer.
    Além disso, a área da gengiva exatamente acima do dente está arroxeada e escura…
    Sinto que meu dente está num processo de cair, e que há uma nova infecção no resto dos tecidos lá dentro.

    Meu dentista não deveria remover todo o tecido logo?
    A aplicação do selante antes do resto do processo de remover a polpa, o fato de deixar o algodão lá, essa lentidão e esses novos sintomas estão me deixando preocupadíssimo!
    É um incisivo superior, e não quero perdê-lo…

    Um detalhe: Esse dente, quando eu tinha 8 anos de idade (10 anos atrás), sofreu uma cárie na frente que chegou até a dentina. Suspeito que uma cárie nova possa ter se instalado por debaixo da obturação (que parece bem disforme), mas meu dentista disse que esse não era o caso (mas ele não examinou nada ali).

    Um suuper obrigado pelo apoio!!
    Abraço,
    Mateus.

    1. Mateus, imagino eu que tenha sido necessário colocar algum medicamento dentro do seu dente por um determinado tempo. Algumas situações exigem isso, não sendo possível prosseguir com o tratamento sem antes passar por essa fase. Por exemplo, em caso de necrose com lesão periapical, muitas vezes o paciente fica meses com hidróxido de cálcio dentro do dente, renovando a medicação periodicamente, até que a rerefação óssea periapical regrida. Não sei se é o seu caso, mas explicaria essa demora. A mobilidade dentária se deve, provavelmente, a uma pericementite, uma inflamação dos tecidos em volta da raiz, o que é uma situação até comum nesse caso. De qualquer forma, se você achar necessário, pode entrar em contato a qualquer momento com o seu dentista pra uma reavaliação.

          1. Fui ao dentista e meu siso embora esteja numa posição correta segundo a radiografia, eles apresentam uma cárie difícil de remover. Por este motivo a dentista recomendou a extracao. Na quinta feira anestesiou, afastou a gengiva e forçou a retirada, porem o dente squer balançou. Tenho 38 anos e ela disse que para extrair terá que quebrar o dente em pedaços. Estou com muito medo. Corro algum risco? É normal esse procedimento?

          2. Fernanda, cortar o dente em pedaços é algo comum em extrações dentárias. Isso não oferece mais riscos pra você. É apenas uma questão técnica.

A área de comentários / perguntas está fechada. Agradeço a compreensão.

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista