Coisas que seu dentista sabe ao examinar a sua boca

Exame odontológicoEmbora muita gente tente, não dá pra enganar o dentista. Sabe aquela estratégia de escovar os dentes durante meia hora antes da consulta pra tentar convencer o dentista de que você tem o hábito de escovar os dentes – e usar o fio dental – 9 vezes por dia? Não cola. A gente sabe quando uma pessoa tem bons hábitos de higiene e, principalmente, quando eles não são tão bons assim.

Quando seu dentista pede que você abra a boca, ele não olha só para os seus dentes. Tem muita coisa além de dentes pra se ver. Gengiva, mucosas, língua, estruturas anatômicas. E principalmente a saúde gengival tem importantes implicações sobre a saúde geral. Como diz o Dr. Stuart Froum, ex-presidente da Academia Americana de Periodontia: “Se o olho é a janela para a alma, a boca é a janela para o corpo”. 

Problemas de saúde sistêmicos costumam manifestar-se com mais frequência na gengiva do que nos dentes mas, surpreedentemente – ou não -, as pessoas dão mais importância para o dentes. “Eu recebo no consultório pessoas elegantes, muito bem vestidas, homens e mulheres, cabelos e unhas impecáveis… que, porém, não visitam um dentista há vários anos”, diz. Quase 50% dos adultos têm algum tipo de doença gengival, que é a principal causa de perdas dentárias e pode revelar muitos outros problemas de saúde (doença cardíaca, diabetes), também.

Eis 6 coisas que um dentista pode dizer após examinar você:

Que você tem anemia

Se você tem a gengiva esbranquiçada, pode estar com anemia. Quando se tem deficiência de ferro no organismo, a gengiva pode perder a coloração vermelha / rosada normal.

Que você usa remédios controlados

O uso de antidepressivos (Prozac, Paxil, Zoloft), por exemplo, pode causar xerostomia, que é a diminuição ou ausência de saliva. A falta de saliva é ruim para a gengiva e para os dentes, aumentando a chance de cáries e problemas gengivais. Alguns anti-histamínicos, que são remédios usados pra tratar alergias, têm efeito semelhante sobre o fluxo salivar. Existem formas de estimular a salivação e até, se necessário, pode-se usar saliva artificial. Mas não é porque o seu dentista pode suspeitar que você usa esses medicamentos que você deve esconder dele essa informação, hein?! Você deve sempre informar o uso contínuo de qualquer remédio ou substância, inclusive as ilegais. Fique tranquilo, isso fica entre vocês. 😉

Que você está estressado

Pessoas estressadas têm maior nível de cortisol no organismo, um hormônio fortemente associado com a susceptibilidade à inflamação, e que também torna mais difícil para o seu corpo o combate a infecções. Isso quer dizer que pessoas estressadas têm mais propensão à gengivite, que pode ser o início de um problema periodontal mais sério, levando, em última instância, à perda de dentes. Sem contar que pessoas estressadas e preocupadas acabam dando menos atenção à higiene bucal, o que piora a situação.

Que você tem diabetes

Abscessos dentários ou gengivais são mais comuns em pessoas que têm diabetes. Além disso, perguntas simples que serão feitas durante o exame físico podem revelar o problema: muita sede, mais fome, vontade constante de fazer xixi, fadiga, perda de peso. O dentista, claro, não trata diabetes, mas vai encaminhar você pra um médico pra tratar.

Que você pode ter doenças autoimunes

Como lúpus e doença de Crohn (uma doença inflamatória intestinal). Essas doenças costumam ter manifestações bucais (geralmente manchas avermelhadas). O líquen plano, outra condição que parece estar ligada à função imunológica, causa frequentemente feridas na pele e manchas brancas na boca. Essas manchas podem ser sensíveis ou dolorosas e levar ao surgimento de úlceras. A gengivite e a hiperplasia gengival podem ser sintomas precoces de leucemia (câncer no sangue), por exemplo.

Que você pode ter problemas cardíacos

Doenças no coração podem estar associados a doenças da gengiva, embora não haja uma relação de causa e efeito direta. Ainda assim, as pessoas com problemas periodontais são mais propensas a desenvolver doenças cardíacas. Acredita-se que a relação está na presença da inflamação crônica.

Considerando tudo isso, fica claro que a boca não é uma entidade separada do corpo, e que existe uma via de mão dupla: doenças bucais podem causar ou favorecer o desenvolvimento de doenças em outras partes do corpo, assim como doenças sistêmicas podem manifestar-se na boca. Isso, em si, já é razão mais do que suficiente pra fazer, pelo menos, uma visita anual ao seu dentista. Mesmo que você não tenha nada do que se queixar. 😉

Baseado em Business Insider

Compartilhe:

Comentários via Facebook


Categoria: Diagnóstico Bucal

Marcadores:

74 comentários

    1. Sabe, Jussara. Ou, pelo menos, sabe se o paciente usa o fio dental DIREITO. Porque ele pode sempre usar mas usar errado, e isso vai ficar claro pela presença de placa bacteriana entre os dentes, cáries proximais (entre os dentes), etc..

  1. Doutora, Por Favor Preciso da sua Ajuda, Nao Apaga esse comentario sem deixar sua resposta, isso nao e brincadeira e serio de vdd, ha alguns Meses o Gosto da minha Boca Ficou Amargo, e Fui no dentista, a Doutora Mexeu Na Minha Boca, Fez Limpeza, e eu Falei Com ela Sobre o Gosto da Minha Boca, ela Me Disse Ke na Minha Boca Nao Teria Nada Ke Mudaria o Gosto da Minha Boca, e ela citou algumas coisas Ke Poderiam causar gosto ruim na Boca, e ela Me Disse Pra eu Ir em Um medico fazer uma aconsulta pra fazer exames pra eu saber o que estava causando o gosto amargo, tipo dipirona, na minha boca, ai eu fui no medico, e falei pra ele sobre minha sinusite e o cheiro de podre no nariz, e dps falei do gosto ruim da boca e ele disse ke era a sinusite ke descia “pus” pra garganta e mudava o gosto da boca, mas ele nao fez nenhum outro exame pra avaliar as enzimas pra ver se tava tudo normal como a doutora falou, o que pode ser esse gosto ruim na boca ? E keria saber se ao beijar minha parceira ao beijo ela sentiria o gosto ruim da minha boca ? Estou um pouco intrigado com isso, e tipo tirei um pouco de saliva em cima da mao e chupei pra ver o gosto e senti um gosto ruim na saliva ! Pode a minha parceira sentir esse gosto ? Ou so eu ke sinto ? E senti o gosto ruim da saliva pq ? Me ajudaa

    1. Eu não apago os comentários sem responder, Marcelo. Só demoro um pouquinho às vezes, principalmente ultimamente, que o número de perguntas tem crescido. Quanto ao gosto ruim: pode ter a ver com a sinusite, sim. Creio que o médico não pediu nenhum outro exame porque não achou necessário. De qualquer forma, o ideal seria a avaliação de um dentista especialista em Halitose (mau hálito). Sim, se há mau hálito, sua parceira pode senti-lo.

    1. Pra tratamento ortodôntico, Raphael? Quando há apinhamento anterior, dependendo do perfil do paciente, a extração de um incisivo inferior é uma estratégia comum.

  2. Ana Bom dia,

    Desde que tomei um puxão de orelha do meu dentista tomei por hábito de escovar os dentes 4x ao dia e pelo menos 2x passo fio dental e 1x uso o enxaguante bucal, porém minha gengiva sempre está inchada, antes ela saía sangue, depois de um tempo que passei a cuidar melhor o sangue parou, porém ainda noto inchaço próximo ao contorno dos dentes. Há algo que eu possa fazer para melhorar isso?

    1. Rafael, provavelmente não é mais inchaço, mas hiperplasia. Ou seja, a gengiva “cresceu”. Nesse caso, considerando a melhora da higienização, deve ser necessário remover cirurgicamente essa “sobra”. Converse com o seu dentista.

  3. Ana, com medo que tinha de ir ao dentista fui deixando pra depois, e bem depois, agora criei coragem e estou tendo que extrair quase todos, ja extrai 4 dentes mas esta demorando a cicatrizar, e ta criando uma massa com um cheiro horrível, o que devo fazer, me ajude pelo amor de Deus.

  4. Olá Dra. Ana, estou com uma dor, acho que o meu segundo molar está empurrando o meu primeiro molar, na parte inferior, e já na parte superior está começando agora um pequeno incômodo (ambos do lado esquerdo). Neste caso qual o tratamento que deverá ser dado pelo meu dentista? Vou precisar extrair o dente?

    Desde já agradeço!

    1. André, não dá pra afirmar nada só com base na sua descrição. Pode ser um problema gengival ou dentário, depende. Em princípio, não vejo razão pra extração. Procure um dentista pra avaliar.

  5. Olá Dra.
    Tenho um dente estragado, o penúltimo na parte superior, recentemente apareceu um caroço no céu da boca e a gengiva onde está o dente começou a ficar inchada. Reparei que quando pego peso, esse caroço no céu da boca fica inchado, só que eu tenho vergonha de ir ao dentista, ainda mais por ser mulher.

    1. Raissa, provavelmente é um abscesso, o que revela uma infecção associada a esse dente. Pode ser caso de tratamento de canal. Compreendo sua vergonha, mas fique tranquila, o papel do(a) dentista é ajudar você, e não julgar. Procure um dentista (ou UMA dentista, se você for se sentir mais à vontade) pra avaliar e tratar de acordo.

  6. Doutora, meu dente de cima o 27… quebrou na raiz, dói muito. Fez uma bolha de pus no céu da boca… minha cirurgia pra extrair o dente será dia 5 de julho, tô sendo medicada com antibióticos e analgésicos pra tirar a dor…. Minha dúvida é se essa bolha de pus vaza sozinha.

  7. Olá! Não sei o que faço, tenho 13 anos e já uso aparelho ha uns 4 anos. O meu dentista nunca me disse algum problema que eu teria, algo que estaria fazendo de errado ou algo do tipo. Só que ha pouco tempo os meus dentes começaram a piorar, eu acho que estão com placa bacteriana (e piorando, ficando meio escuro atrás dos dos dentes), acho que também tenho gengivite, aliás as gengivas dos dentes estão se “soltando” e “invadindo” o espaço do dente, mau halito, as gengivas estao sangrando, e também na consulta básica que tive na escola a dentista disse que estou com cárie. Me preocupa muito, nao sei o que eu faço. Se eu posso tratar com o dentista que cuida da parte do meu aparelho ou se vou no do posto de saúde, e se eu preciso pedir um tratamento ou produto específico. Por favor me ajude! Grata.

    1. Vanessa, o ortodontista geralmente não faz o tratamento clínico geral, mas ele pode indicar um dentista que faça. Ou você pode ir na Unidade de Saúde, sim. O importante é resolver esses problemas, que parecem estar ligados à dificuldade de higienização de quem usa aparelho. Talvez seja até o caso de remover o aparelho e tratar esses problemas antes de retomar o tratamento ortodôntico.

  8. Boa tarde, Dra! 🙂 Ha 2 anos fiz uma obturaçao e no final do ano passado, ela caiu. Entao, marquei consulta pra fazer logo outra, mas acho que nao ficou tao bom… Sinto incomodo pra mastigar coisas muito duras (tipo amendoim) e com coisas geladas tbm. O que pode ser? Sera que é so refazer a obturaçao ou precise de canal? Estou com medo ? Obrigada!!

    1. É preciso avaliar, Leticia. Mas se você não tem dor espontânea, deve ser só o caso de fazer uma nova restauração.

  9. Dra., há algum problema em fazer limpeza dental com dentista (polimento, aplicação de flúor…) com intervalo de apenas 1 mês? Danifica os dentes, aumenta a sensibilidade? É que fiz uma limpeza recentemente, mas acho que foi mal feita. Agora estou querendo agendar com outro profissional para poder, dias depois, colocar o aparelho fixo. Obrigada.

  10. Boa tarde doutora, o meu último molar (27) foi restaurado ha mais ou menos 16 anos, só que agora caiu a massa e fiquei com um buraco enorme na boca, sempre tive medo de dentista, mas agora preciso resolver, pois faz um dia que ele tem pulsado me incomodando. Minha dúvida é que tenho 62 anos e fiz o último exame de sangue e o resultado da hemoglobina, foi de 11,9 g/dl, poderia extrair o dente assim? Também em 2013, tive uma plaquetopenia, pois retirei um cisto do ovário, tenho feito exames periódicos e minhas plaquetas agora dia 04.04.16 é: 363 mil mm3 plaquetas, por gentileza, peço que deixe dentro da medida do possível uma resposta aqui, pois é difícil eu abrir email. Muitíssimo obrigada!!!

    1. Graça, a hemoglobina está um pouco baixa, mas quase normal (seria 12 g/dL o valor mínimo de referência pra mulheres), então não é tão preocupante, mas revela um princípio de anemia. Quanto às plaquetas, o normal é de 150.000 a 450.000 por microlitro (uL), então você está no intervalo. Portanto, você poderia extrair o dente sim, mas não vejo razão nenhuma pra extração pelo seu relato. Me parece que restaurar o dente novamente deve resolver o problema. Converse com o seu dentista.

  11. Meu dente molar tem uma mancha bem preta próximo a gengiva, ele também não é tão branco como os outros dentes, eu percebi isso já tem uns 2 anos, mas não sei se era assim ha mais tempo, um dentista olhou e perguntou se antes era de amalgama, mas não lembro se era, tenho essa restauração de resina já faz uns 7 anos, os dentistas também falaram que aparentemente não tem infiltração. Preciso fazer uma panorâmica para averiguar se é infiltração embora eu já tenha percebido há 2 anos e não mudou nada?

    1. Rian, fazer radiografia é uma boa ideia, mas nesse caso não uma panorâmica, melhor uma periapical, que é mais específica. Converse com o seu dentista.

  12. Olá, ótima matéria, assim como as outras. Sobre restaurações, eu fiz uma interproximal bem profunda, desde que fiz não tive sensibilidade a frio ou quente, mas tive a pressão e ainda assim era muito pouco, 2 meses depois a sensibilidade a pressão diminuiu mais ainda, no entanto ainda existe, nem chega a ser um incomodo de tão fraca, mas eu fico preocupado e evito continuar mordendo quando sinto. Será que preciso refazer a restauração ou mesmo um canal? Desde já agradeço.

    1. Obrigada, Paulo. 🙂 Não, me parece que vai tudo bem. A tendência é esse “resíduo” de incômodo se resolver espontaneamente.

  13. Desde que extraí um pre-molar… de vez em quando dói meus dentes todos… e meus dentes da parte inferior estao ficando tortos… e ainda nasceu um carocinho tipo uma bolinha que quando mastigo coisas duras durante o dia, a noite dói. 🙁 to com medo

    1. Não precisa ter medo, Maria. Se a extração é recente, o incômodo pode ser normal. Se já tem um tempo, é bom procurar seu dentista pra reavaliar.

  14. Depois da extração de um pre molar, a cicatrização foi ótima; porém percebi que nasceu um carocinho tipo um nervo na lateral da gengiva onde falta o dente. Ele amanhece pequeno, mas a noite está mais saliente e dolorido. Não é duro nem tem liquido. A extração foi complicada. Pode ser uma lesão?

    1. Lynho, o dente irrompeu e deixou uma “rebarba” de gengiva… só isso. A gengiva vai voltar a ficar lisa, mas pode levar alguns meses pra isso acontecer. De qualquer forma, tem dente faltando aí… o que já é um ótimo motivo pra procurar um dentista. 😉

  15. Boa noite Dra. Ana, é serio q tem gente “fina” q vai ao Dentista e quando abre a boca pra fazer a manutenção do aparelho ta cheio de comida grudada? Tem gente q não escova os dentes pra ir ao dentista e ainda chupa uma balinha pra disfarçar? rsrsrsrs

    1. Sim, é verdade. Tem gente que aparece às 8h da manhã no consultório e tem feijão da janta de ontem no dente. True story. 😀 A balinha é clássica, também… e ainda pergunta “jogo onde?”. Se for chiclete, digo pra grudar na testa! (ahuahuahuahua, tô zuando) 😉

  16. Boa tarde, Doutora! Tudo bem?

    Você poderia me ajudar? Procurei algumas coisas sobre o que sinto na Internet, e acabei chegando no seu site (que foi o que menos me deu medo, de tudo que li, inclusive).

    Sinto dores no rosto, do lado direito, e as vezes parece que vem de um dente que já fiz restauração, pois ele apresenta uma coloração num tom mais escurecido no ponto de junção do dente original com o material da restauração. De tudo que procurei, me falaram que pode ser desde infiltração, até canal…
    Pois bem, fui no Dentista, que realizou uma limpeza completa nos meus dentes e me disse que não tinha problema nesse dente, que problemas de canal só me dariam aos 27 anos, pois é quando a raiz “matura” (palavras dele mesmo).

    O problema é que ainda sinto essas dores… São pequenas, inconstantes… Mas vira e mexe voltam… O que você acha? Devo procurar outro dentista ou isso é comum?
    Sobre as dores, não sinto dor ao comer, mas sinto um leve incomodo com coisas muito geladas.

    Desde já, muito obrigado por sua atenção.

    1. Carlos, me parece que há, no máximo, uma infiltração nessa restauração. Incômodo com líquidos / alimentos gelados não é um problema em si, pode ser apenas uma sensibilidade dentinária, por exemplo. Eu sugiro a troca dessa restauração, até pra que não aumente a infiltração e, um dia, acabe sendo necessário tratamento de canal.

  17. Oi, Bom dia! Estou com uma dúvida em relação ao uso do meu aparelho, já utilizo ele há 3 anos e a parte superior para mim esta ok, mas a inferior tem problema em relação a linha média, meu dentista fez o procedimento de desgaste de alguns dentes para abrir espaço e ir para o lado, mas após todo esse processo a linha média ainda esta errada, será que o correto seria arrancar um dente? Tenho dores no maxilar às vezes, pode ser devido a este erro?

    1. Andressa, não dá pra afirmar a necessidade de extrair mais dentes nem a ocorrência de erro na condução do tratamento apenas com base na sua descrição, até porque o tratamento ainda não foi concluído. “Dor no maxilar” é um sintoma meio geral, difícil de associar especificamente ao uso do aparelho. É preciso avaliar com critério.

  18. Olá dra.
    Hoje enquanto eu estava comendo, quebrei um dente e não doeu nada. Só reparei minutos depois. Continuando, eu reparei que um dente molar inferior direito estava partido, só uma parte do dente é que restou, parece que o dente partiu-se e grande parte ficou ao nível da gengiva. E a olhar para o espelho vi que tinha uma cárie nesse mesmo dente quebrado.

        1. Se a fratura não tiver comprometido a raiz do seu dente, certamente tem conserto. Pelo seu relato me parece que foi uma fratura grande, então deve estar indicado fazer pino + coroa completa (bloco não deve ser suficiente). Procure um dentista pra avaliar.

  19. Ola Dra.
    De uns meses para cá reparei que todas as vezes que deito e depois acordo fico com uma sensação estranha nos dentes superiores. Não é dor, é como se fosse uma pressão, uma sensação estranha… O que pode ser ?

    1. Difícil dizer, Patrícia… “sensação estranha” é algo bem subjetivo. Pode ser uma sensibilidade dentinária, uma nevralgia… depende. Procure um dentista pra avaliar.

      1. Vou perguntar ao meu dentista. Mais numa coisa, extraí um siso semi-incluso inferior há 8 dias, e não sinto dores no local da extração, porém sinto muita dor e tensão no maxilar e não consigo mastigar nada, isso é normal após tantos dias de cirurgia ?

        1. É normal sim, Patricia… até porque não são tantos dias assim. Provavelmente você tem um pouco de trismo (dificuldade de abrir a boca por causa da rigidez muscular) também. Faça compressas mornas no rosto, pode ajudar.

          1. Obrigada, doutora. Meu dentista disse que tenho problema em um osso da mandibula, aquele perto do ouvido e isso dificulta o pós-operatório. Ele tbm me disse que geralmemente quem tem disfunção da ATM e não tem nenhum sintoma como estralos etc pode vir a ter esses sintomas quando usa aparelho. Isso é verdade ? O aparelho pode agravar o meu problema ? Sendo assim é mais recomendável eu não utilizá-lo ?

          2. Não, o uso de aparelho ortodôntico não causa DTM, assim como DTM não se trata com aparelho ortodôntico. São coisas distintas.

          3. Dra. Ainda sobre a recuperação da extração de siso: quando deito toda minha gengiva incha, principalmente a parte superior, o dente que arranquei foi o siso inferior e estava semi incluso/impactado. Os músculos do meu rosto também ficam enrijecidos quando deito, e quando levanto após algumas horas a minha gengiva desincha. Esse sintoma tbm é decorrente da extração ? Me incomoda muito e dificulta dormir 🙁

          4. Sim Patricia, é um sintoma inflamatório. Quando deitamos aumenta o fluxo sanguíneo na região da cabeça / face, o que exacerba os sintomas inflamatórios. E toda cicatrização envolve inflamação em algum grau. Em princípio, tudo ok.

  20. Oi Dra!!

    Sei que o que vou perguntar foge um pouco do tema da postagem, mas eu gostaria de saber mais sobre os anéis metálicos. É que de uns tempos para cá, observei que as bandas do meu aparelho parecem que estão movimentando-se/ou frouxas e queria saber se é normal, já que vai demorar um pouco até a minha próxima manutenção. Não sendo normal, é possível substituir os anéis por outros?
    Outra dúvida, além de sentir as bandas “sambando” no meu dente, tenho a impressão que quando volto da manutenção, dá aquela pressão e um resultado, mas dias depois percebo (eu acho) que aparentemente, o tratamento regressou. É possível mesmo isso? E em caso de cárie (desconfio que possa haver), como é feito o tratamento já que as bandas dificultam um pouco ?

    Obrigada!

    1. Lai, as bandas não podem ficar soltas. Se estão, é preciso recimentá-las (não necessariamente substituí-las, a não ser que estejam grandes, mesmo). É impressão sua o “regresso” do tratamento, o que ocorre é que nos primeiros dias a movimentação é mais intensa e, à medida que os dentes vão se movimentando, a força aplicada sobre eles diminui. Se houver cárie em um dente com banda, é preciso remover as bandas, tratar a cárie e recimentar a banda.

  21. Dra. Fiz a extração de um dente ha aproximadamente 1 mês atrás, porem mesmo depois de retirado os pontos e a cicatrização estar sendo tranquila, sinto dores no lugar que ficou vazio, fui no meu dentista e ele disse que não esta inchado e nem inflamado então iria esperar pra ver o que é, mas sinto cada dia mais dores no lugar onde tinha o dente.
    O que pode ser ? Como devo dizer ao meu dentista para que ele de uma atenção especial a este meu problema?

    1. Bruna, provavelmente uma pequena inflamação… toda cicatrização envolve inflamação. Se não há sinais clínicos de infecção, você não precisa se preocupar. Talvez seja só o caso de tomar um analgésico / anti-inflamatório por alguns dias. Converse com o seu dentista, deixe claro que está doendo e que você precisa de alguma orientação nesse sentido além de esperar a dor passar…

  22. Olá boa noite dra. Ana, extrai meu dente semana passada, hoje retirei os pontos, passado algum tempo percebi que a minha gengiva estava com um buraco. Pensei que a gengiva tampasse totalmente o buraco. Isso é normal? E se é sim, como devo realizar a higiene?

  23. Olá Dra. Tem 1 mes e pouco que fiz minha cirurgia do siso no lado esquerdo… porém so arranquei superior. Pq o inferior ocorreu uma complicaçao seria durante a cirurgia, o dentista me disse que foi um vaso que passa perto do osso que se rompeu e ai deu uma hemorragia grave q demorou pra conseguir controlar… Mas enfim… ele controlou e fechou.
    Semana dps eu voltei, e a assistente que ajudou na cirurgia tirou os pontos.
    Passados esse mes eu percebo que tinha uma carne na minha bochecha que doia e ficava como se fosse uma cicatriz.
    Voltei e marquei o dia (q foi hoje).
    E descobriu o q causou aquilo… um fio de sutura ficou esquecido la, e tava tendo uma reaçao do organismo pra expulsar.
    Agr to com mais ponto na boca… dnv :/ mas foi uma cirurgia simples.
    Pior que comecei meu tratamento ortodontico… e ta marcado pra colocar os separadores… hoje é quarta e iria colocar na segunda. Sera que da pra colocar ?
    Tirarei os pontos na proxima quarta.
    Obg. Ameeei o blog
    Sucesso

  24. Olá doutora =)

    Eu passei por isso quando estava usando remédio para alergia. A dentista perguntou no ato!

    Doutora, em outubro do ano passado eu coloquei uma coroa após uma fratura no molar 26. Eu tive que fazer o aumento de coroa porque a raiz também foi fraturada. Na radiografia não era possível saber o quanto a raiz tinha sido danificada, mas dos 4 dentistas que eu pedi opinião, três disseram que não era motivo para extração. Então eu optei pela coroa invés de um bloco, pois dois dentistas tinham concordado sobre isso.
    O problema é que ainda em dezembro eu percebi um sutil movimento quando eu mastigava chiclete (só mascando chiclete). Eu estava fora, estudando e viajando e honestamente não dei importância. Mas há poucos dias percebi que a coroa está se movendo/soltando (não sei). Claro que eu vou ao dentista, mas eu sempre peço a sua opinião sobre algum problema (inclusive foi sempre sobre esse mesmo dente, pois ele me causa dor de cabeça faz um tempo rs) que tenho, e sempre funciona =)
    Será um problema simples? E sendo, como se trata? Colocando “cola”?

    Obrigada.
    Abraços

      1. Obrigada, doutora Ana.
        Você é sempre gentil e tem um efeito terapêutico quando responde as duvidas das pessoas. 😉

  25. Muito bom o texto, Dra. Confesso que relaxei bastante na minha higiene bucal, em relação a ir ao dentista, se vão mais de 15 anos. Voltei a pisar num consultório agora, para extração de 4 sisos e agora em diante vou frequentar com mais frequência. Chega de medo e preguiça.

  26. Olá Dra., fiz um tratamento de canal no dente superior e no dia seguinte estava com muita dor; nas bochechas deu aftas e ficou muito vermelho em volta; o que pode ser ? Anestesico tópico? Hipoclorito que escorreu ou simplesmente trauma de radiografar e isolamento? Obrigada.

    1. Lucia, provavelmente o grampo de isolamento. O hipoclorito, dependendo da sensibilidade da pessoa, também pode ter a ver com esses sintomas.

A área de comentários / perguntas está fechada. Agradeço a compreensão.

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista