O que faz um ortodontista?


O que é um ortodontista?

Ortodontista é o título que recebe o cirurgião-dentista especialista em ortodontia. Pra ser especialista em ortodontia, além de cursar 5 anos de graduação em Odontologia, é preciso fazer mais 3 anos de especialização na área.

O que faz um ortodontista?

Pratica a ortodontia. A ortodontia é a especialidade odontológica que estuda, previne e trata os problemas de crescimento e desenvolvimento da face (aí já englobando a ortopedia, também). O ortodontista tem o conhecimento teórico e o treinamento prático / clínico para intervir prevenindo, interceptando ou corrigindo problemas de posicionamento dentário, de oclusão (o “encaixe” da mordida) e demais disfunções dento-faciais. Ao planejar um tratamento ortodôntico, o ortodontista se baseia na avaliação física (clínica) do paciente e em exames complementares: fotos, radiografias, modelos em gesso e traçados cefalométricos (as “medidas” da face do paciente).

Quais os benefícios de um tratamento ortodôntico?

Algumas pessoas precisam usar aparelho e outras não. Quem determina isso é o ortodontista, após avaliação do paciente. Dentes tortos ou dentes que não se encaixam corretamente são difíceis de serem mantidos limpos, podendo ser perdidos precocemente devido à cárie e a problemas periodontais (nos tecidos de suporte dos dentes, a saber, osso e gengiva). Também causam um estresse adicional aos músculos de mastigação, o que pode levar a dores de cabeça, no pescoço, problemas de ATM, etc.. Dentes tortos ou mal posicionados também prejudicam a sua aparência.

Como funciona o aparelho ortodôntico?

Você pode conferir detalhadamente nesse texto. Mas, basicamente, os bráquetes ortodônticos são colados, um em cada dente, e o arco ou fio passa  por dentro de cada um dos bráquetes através de um espaço chamado slot. O que prende o arco aos bráquetes são as alastics (“borrachinhas”) ou amarrilhos (pequenos fios flexíveis) metálicos. O arco provoca uma força dentro do slot do bráquete que faz o dente inteiro (coroa e raiz) se movimentar. Quem controla esse processo todo é o ortodontista, responsável por planejar e executar o tratamento, determinando que outras mecânicas (movimentações dentárias) são necessárias. Às vezes é necessário extrair um ou mais dentes, usar elásticos, molas, ganchos, etc., tudo para que se obtenha o alinhamento e o nivelamento dos dentes, bem como o encaixe correto da mordida.

Se eu não preciso usar aparelho, posso usar mesmo assim? É que eu acho bonito…

Não. Aparelho ortodôntico não é enfeite nem acessório.

E os “aparelhos personalizados” piratas que são vendidos por aí? São seguros?

Não. Pra começar, eles não são aparelhos ortodônticos: são “coisas” que alguém colou nos dentes. Não interessa se o material usado é verdadeiro (bráquetes ortodônticos de verdade), o “dentista” é falso e não sabe o que está fazendo, o que fica óbvio pela total irresponsabilidade e desconsideração quanto às possíveis consequências dessa “moda”. Essas peças coladas nos dentes e unidas por arames ou palha de vassoura colorida aplicam forças nos dentes, o que significa que eles vão se movimentar. Como não há nenhum tipo de planejamento ou critério quanto à intensidade e a direção dessas forças, há um perigo real de quem usa esses “aparelhos piratas” perder os dentes! As raízes deles podem começar a “sumir”, o que os deixará moles e sem possibilidade de serem mantidos na boca.

Aparelhos piratas

Mas a boca é minha e se eu quiser eu uso!

Concordo plenamente com você. Se você quiser mesmo um “acessório” desses nos seus dentes, assuma os riscos e as consequências. Apenas não compare nem confunda o que o ortodontista faz com o que o seu amiguinho que cola aparelhos faz, não tem NADA a ver… “trocar borrachinhas” e fazer um tratamento ortodôntico são coisas bem diferentes. E como fica muito claro na imagem acima e no antes e depois logo abaixo, o resultado também diverge muito. Veja:

Antes x depois: aparelho "ostentação"

É… a ordem não está errada não… o ANTES é o de cima e o DEPOIS é o de baixo. (via @paulocaan no Instagram –> http://instagram.com/p/lYNdzzw-ra)

Meu papel, como dentista / blogueira / profissional de saúde é orientar. Acabei de fazer isso de forma bem clara. Juízo e boa sorte pra você!

LEIA TAMBÉM:

Aparelho nos dentes é coisa séria, no OdontoDivas 

Aparelhos personalizados ou diferenciados (falsos) – Uma moda perigosa, no DicasOdonto

Aparelhos personalizados: reportagem-denúncia no Bom Dia Brasil, no Vida de Dentista

O perigo dos aparelhos diferenciados, no Tio Dentista

Onde comprar aparelhos coloridos, chavosos e personalizados?, no Ortodontia Para Todos

Denúncia: camelôs vendem aparelhos ortodônticos piratas na Rua 25 de março, no Profissão Dentista

Polícia civil prende camelôs que vendiam materiais para aparelhos falsos, no Blog do Dentista

Sobre aparelhos falsos, “personalizados”, châvosos ou da modinha e a burrice do ser humano, no Ortoblog

Qual a graça do sorriso metálico?, no Blog do Tas 

Moda entre jovens, aparelhos falsos trazem riscos à saúde, na Folha de São Paulo

Compartilhe:

Categoria: O que faz um dentista?Ortodontia

55 comentários

  1. Eu uso aparelho há 1 ano, e meus anéis de baixo soltaram. E minha dentista disse que não vai recolar porque não é preciso, afinal ele está preso entre os dentes. Mas esse seria o certo, ou tem algum problema o anel ficar solto? Será que atrasa o conserto dos dentes?

    1. Então, Gabriela… na minha opinião seria preciso recimentar, sim… pois dessa forma, além de provavelmente prejudicar a movimentação ortodôntica, podem entrar resíduos de comida por baixo da banda (anel) e, pela dificuldade de higienização, você acaber tendo cárie e/ou gengivite. Converse com a sua dentista.

  2. Dra. eu tenho uma prótese no dente incisivo central, daquelas que se implanta na própria raiz do dente original que tem um pino… minha dúvida é se posso usar aparelho? Prq parece que ele é um pouco mais para frente que o outro… ou isso pode quebrar a prótese? A propósito, excelente trabalho o seu, parabéns.

    1. Quais procedimentos, Marta? Você fala de um dentista não-especialista fazendo tratamento ortodôntico? Segundo a lei, não há problema, o dentista não precisa ser especialista em ortodontia pra atuar na área, embora, claro, seja desejável. Já se o seu questionamento é sobre os “aparelhos de enfeite”, dentistas / ortodontistas não fazem esse tipo de coisa e, se fizessem, seriam responsabilizados legalmente pelas consequências dos seus atos.

  3. Olá Doutora! 🙂
    Ando em sessões de desvitalização, estou no 2º dente e não tarda passo para a 3º, e queria pôr aparelho ortodontico após isto tudo, será possível mesmo com dentes desvitalizados? Apenas reconstruídos sem coroas?

      1. Muito obrigado Drª!!!
        Bem que a dentista me disse que antes de iniciar o tratamento iriamos fazer raio x ao osso e etc… Depois que estava liberado para pôr o aparelho na clinica que quero 🙂

      1. Agradeço sua resposta, Doutora. Pergunto porque estou preocupada com os meus dentes superiores, pois usei aparelho anos atrás para arrumar a minha mordida, porém ela voltou e voltei a ser dentuça. Então procurei um dentista e ele me disse que a única maneira, já que arranquei dois dentes anteriormente, seria fazendo uma cirurgia e eu gostaria de evitá-la. Como você disse que é possível, penso em fazer avaliação em outro dentista então. Obrigada, Doutora.

        1. Peraí, Lucia… olha a quantidade de informações que você só está me dando agora… a sua pergunta era se “é possível retrair dentes mesmo sem os molares”. E é. Mas se você já tem uma avaliação que indica a necessidade de cirurgia, pode não ser. É seu direito procurar a opinião de um segundo dentista, apenas tenha em mente que a opinião que menos importa no seu caso é a minha, já eu nunca tive a oportunidade de examinar você.

  4. Boa noite, Doutora.
    Minha dúvida é a seguinte: Eu coloquei aparelho há um mês para consertar o alinhamento e fechar um pequeno espaço que eu tinha entre os dentes da frente. Já usei aparelho anteriormente durante 2 anos para recuar a minha mordida, pois ela era muito pra frente, mas após retirar o aparelho fixo, eu não utilizei o móvel corretamente e a mordida acabou voltando um pouco. Agora, usando aparelho novamente, tenho a impressão da minha mordida esta indo ainda mais para frente. Coloquei o separador essa semana e não faço ideia se isso fará o dente ir mais para frente ou para trás ou se não interfirá em nenhum dos dois casos, haha. Isso é normal? Pode acontecer por um erro do dentista ou pode ser somente uma impressão? Estou realmente preocupada com isso, pois prefiro ter os dentes um pouco separados a voltar a ser dentuça, rs.
    Obrigada!

    1. Regina, é possível que durante o alinhamento os dentes vão mais pra frente, mesmo. Não é erro, é uma fase do tratamento. Após um bom alinhamento / nivelamento, é que seu dentista vai começar a pensar em levar seus dentes mais pra trás.

  5. Boa tarde Drª Ana,
    Minha filha tem uma arcada pequena, com pouco espaço e ainda tem dentes para serem trocados (tem 12 anos ). Fui a 3 indicações:

    A 1ª dentista indicou um aparelho móvel (monobloco). Esse tipo de tratamento costuma durar quanto tempo ? Pois ela não me disse o tempo aproximado de uso do móvel, apenas disse que teria q colocar um aparelho fixo.

    A 2ª me indicou um tratamento diferente da 1ª . Disse que teria q extrair os dentes de leite e colocaria um aparelho fixo e depois, caso ainda precise de espaço, extrairia tb os pré molares. Difícil, né ??? A outra praticamente garantiu nenhum dente seria extraído. Não seria melhor esperar essa troca de dentes acontecer naturalmente? Pelo o que eu entendi, ela vai trocar os caninos e os primeiros pré molares, porém ela já tem quase 13 anos e pelo o que eu li a troca acontece a partir dos 11 anos. Eu acho q essa demora é pq ela demorou para trocar os primeiros dentes de leite que aconteceu com quase 9 anos.

    E a 3ª me explicou o seguinte: 1º iria tratar a mordida cruzada arrancando um canino de leite q está sendo empurrado por um dente q está praticamente no céu da boca e colocaria um aparelho p segurar os molares (duraria 6 a 7 meses), depois daria uma pausa de quase 1 ano, para esperar a troca dos outros dentes de leite. A partir disso iria pedir novos exames p ver q tipo de tratamento indicar. Nunca pensei q seria tão difícil!!! Se puder me ajudar.

    No caso da 1ª dentista o uso do aparelho fixo, é depois do uso do móvel.

    Outro detalhe que achei importante mencionar, minha filha faz acompanhamento com endocrinologista (mais ou menos 8), tinha um crescimento lento. Não tem deficiência de hormônio de crescimento. Porém ha mais ou menos 2 anos, ela começou a crescer com uma velocidade maior, foi o q o médico chamou de estirão. Contudo assim q completou 12 anos ela menstruou… O médico achou por bem entrar com uma medicação para suspender a menstruação, ela toma desde de outubro/2014. Pelo o q duas dentistas me falaram pelo o raio X de mãos e punhos, ela ainda tem como crescer…
    Isso influência no tratamento ortodôntico?

    Atenciosamente Daniela

    1. Daniela, existem várias formas de se tratar o mesmo problema, e a maneira de se fazer a movimentação dentária (mecânica) vai variar de dentista pra dentista. O monobloco é um aparelhos ortopédico pra avanço mandibular, então a sua filha deve ter o queixo um pouco para trás. O tempo de tratamento depende do caso, pode ser algo entre 6 meses e 1 ano (ou mais). A segunda dentista não pensou em levar o queixo pra frente, mas em dissipar a diferença entre o “encaixe” da parte de cima e de baixo com extrações, é como se a parte de cima fosse trazida para trás. Percebe como são formas diferentes de se enxergar o caso? A terceira dentista pretende apenas manter os molares na posição correta e aguardar um pouco o crescimento facial e a irrupção dos demais dentes permanentes pra tomar uma decisão. Considerando que falta pouco pra isso, acho uma conduta mais prudente, que eu adotaria. Mas nem por isso a 1a ou 2a dentistas estão erradas, cada caso é um caso e cada profissional pode ter uma visão diferente quanto ao tratamento.

      A cronologia de irrupção dos dentes da sua filha pode estar um pouquinho atrasada con relação à média, mas ainda é considerada normal. O conhecimento da época do surto de crescimento puberal (“estirão”) é importantíssimo na decisão de intervir ortopedicamente (promover crescimento ósseo, como no caso do aparelho monobloco) em um paciente.

  6. Olá Doutora,
    O meu ortodontista está querendo tirar o segundo molar e puxar o dente do siso para frente e todos os outros para trás, isso é possivel?
    Obrigado.

  7. Boa noite doutora, uso aparelho ortodontico ha 1 mês e duas semanas, ha duas semanas coloquei as bandas, uma delas está num dente que foi desvitalizado, ultimamente tenho sangrado entre os dentes em que está a banda, mas estando ele desvitalizado é normal sangrar? O anel está quase enterrado na gengiva… e sempre que faço a minha higiene bucal só sangro no meio desse dente. É normal ou devo ir ao meu ortodontista?

    1. Filipa, mesmo que o dente esteja desvitalizado, todos os tecidos em volta dele continuam vitais… então o sangramento é algo que pode acontecer. Se a banda está invadindo o espaço da gengiva, seu ortodontista precisa ajustá-la pra que o sangramento, que decorre de uma gengivite local, se resolva. Converse com ele e relate o problema.

  8. Dra, me ajude por favor, ontem a minha orto colocou uma peça atrás de um dente para puxá-lo e esta doendo muuuuuito, mal posso comer… o que eu poderia tomar para aliviar essa dor?
    Obrigada.

  9. Olá Doutora.
    Coloquei aparelho tem 2 dias já na parte de cima e embaixo.
    Minha duvida é a seguinte: Trabalho embarcada em navio. Ficarei 3 meses sem a manutenção, já conversei com a minha dentista sobre. Sei que isso não é o indicado a se fazer, estou um pouco receosa, mas também é o meu trabalho e não posso parar agora. Será que me causará muitos danos durante esse tempo sem manutenção? Ou se tendo cuidado e higiene dá pra levar? Quais os cuidados que devo ter para nao soltar nada e manter tudo em ordem? Outra coisa, mesmo ficando esse tempo sem manutenção o aparelho ira corrigir os dentes?
    Obrigada.

    1. Realmente não é o ideal, Lidiane. Mas dá pra levar, sim. Evite alimentos muito duros ou pegajosos e mantenha uma higienização rigorosa. O aparelho vai corrigir os dentes sim, mas possivelmente chegará um momento em que a movimentação vai estabilizar (por isso é que as consultas no ortodontista são mensais, pra manter sempre o aparelho trabalhando).

  10. Ola, parabéns pelo excelente trabalho! Estou com uma dúvida, fui colocar o aparelho e a dentista nem ao menos sabia se eu tinha feito a panorâmica, ou seja, ela nem ao menos consultou antes de começar a botar. Isso é certo? Outra coisa, eu nao pus separador e nem tenho a banda no final do aparelho, isso eh normal tb? Aparelho de baixo so vai ate o primeiro dente apos o canino, o de cima ate o segundo apos o canino. So pra constar, eu nasci sem os cisos, seria esse o motivo de so ir ate ali, o fato de ter espaço?
    Desde já muito obrigada pela atenção!

    1. Adriana, depende basicamente de quanto tempo vai levar pra abrir o espaço necessário. Em algumas pessoas isso é mais rápido, em outras leva mais tempo. Geralmente leva até 3 meses pra isso.

      1. Dra., consultei um buco-maxilo, e só de olhar ele disse q tenho q fazer a cirurgia ortognática. Quando disse ao meu dentista ele me disse q não via muita necessidade, disse q talvez o aparelho resolvesse o meu problema, e que depois do uso do aparelho eu poderia me decidir entre fazer ou não essa cirurgia. Uma duvida, o aparelho pode ajudar ou piorar? Tenho o queixo um pouco pra frente, mas é bem pouco, meu dentista disse q só quem entende do assunto nota isso em mim.

        1. Depende. Em alguns casos, mesmo que haja indicação de cirurgia ortognática, o uso de aparelho ortodôntico pode melhorar bastante o problema. Claro que, sem a cirurgia, perfeito não fica… mas pode ficar muito bom e o paciente muito satisfeito. Já em casos mais severos, se a cirurgia não for feita o melhor é nem usar aparelho, pois pode piorar bastante o problema. Tem um texto só sobre o assunto aqui –> http://medodedentista.com.br/2013/07/o-que-e-cirurgia-ortognatica.html

  11. Ola, boa tarde!!! Na correção da linha média, o elástico na diagonal é regra ser colocado em um gancho soldado entre o incisivo lateral e canino ou ele pode ser ligado de canino a canino? Se uma vez colocado no gancho do canino o elástico fica por detrás dos dentes (incisivos), certo? Obrigada desde já.

    1. Erika, é difícil falar em “regra” no caso de movimentações dentárias porque cada caso é um caso. Mas geralmente isso é feito com o gancho soldado no arco porque assim fica mais fácil e seguro “puxar” um grupo de dentes, as forças se distribuem melhor. Se o gancho está no bráquete de um dente só, embora possa dar certo, provavelmente esse dente é que receberá a maior parte das forças, e isso não é desejável. O elástico quando vai do gancho de um canino superior para o de um canino inferior costuma passar pela frente dos incisivos… mas também depende da “configuração” / formato da mordida do paciente.

  12. Olá Drª,
    Uso aparelho ortodôntico faz 2 anos em maio. Tenho algumas amigas que já usaram, e quando acabaram o tratamento foi-lhes colocado um aparelho de contenção, que na parte inferior é de metal para não deixar que os dentes se movam, e na parte superior é um género de uma goteira (transparente).
    Isto tudo para dizer que a minha ortodontista não coloca o de metal e só os de goteira, estes são eficazes como os outros, é que agora fiquei preocupada porque todas as pessoas que conheço colocavam o fixo de metal na parte inferior.

    Aguardo a sua resposta,
    Lila

    1. Lila, as contenções podem ser fixas ou removíveis. Realmente, o mais comum é a contenção fixa embaixo e o aparelho removível em cima, mas pode ser diferente também: o contrário, ou as duas fixas ou as duas removíveis. Pode ficar tranquila, a escolha do tipo depende do caso e da avaliação da sua dentista.

        1. Sim Lila, DESDE QUE o paciente use direitinho. A grande desvantagem está na necessidade de colaboração e disciplina por parte do paciente, coisa que a contenção fixa não exige.

  13. Adorei o post. *-*
    Eu usei o aparelho ortodôntico 5 anos, e quase 2 anos o aparelho móvel, meus dentes ficaram perfeitos ;D (tirando algumas cáries pela falta de higiene e tals… uahsuahashaus’)
    Mais uma duvida, tem pessoas que mesmo depois do aparelho alguns dentes voltam e ficam tortos. Isso acontece? É normal? ;/

    1. Acontece, Ana. Isso se chama “recidiva”, e é algo que ocorre após praticamente todo tratamento ortodôntico. Não é que os dentes “entortem como eram antes”, mas pequenas movimentações dentárias indesejadas são bastante comuns. Após a remoção do aparelho fixo os dentes tendem a se “reacomodar”, afinal não estão mais presos ao aparelho e nem uns nos outros.

  14. Olá Ana, estava dando uma “tour” no Google quando achei seu blog, que aliás, é super de carácter informativo, e gostei bastante. Bom, minha dúvida é a respeito do uso de aparelhos ortodônticos, que no meu caso irei usar um expansor palatino, e a questão é que tenho um “segundo-molar” da arcada superior que terei que realizar um canal, que por descuido, não realizei uma restauração a tempo. Um canal apesar de ser uma solução viável, realmente não cai no meu bolso e optei por extrai-lo. E qual a minha dúvida ? Saber se é possível colocar o expansor com a ausência desse molar ?

    Agradeço desde então :D, tenha uma boa semana, bjs !

      1. Obrigado Ana, minha nuvem de dúvida acabou. Eu achei que tinha algum problema quanto a localização das bandas do expansor na arcada superior, se no caso, fossem postas nos “primeiros molares” !

          1. Eu estou extremamente decepcionado. Eu terminei meu tratamento faz poucos dias e por fim eu extrai o dente e infelizmente quando penso em colocar o aparelho expansor, minha dentista afirma que não será possível, justamente pela falta do dente. Ela disse que terá que encontrar um tipo de aparelho para meu caso, o que eu não entendi muito bem, pois ela como profissional do ramo deveria saber.

            Agora não sei mais o que fazer, eu terei que adiar meu plano odontológico até não sei quando…

          2. É que certos casos são mais complexos, Paullo… nem sempre a solução é óbvia, do tipo “tal problema = tal aparelho”. Além disso há várias formas de se fazer a mesma movimentação dentária, é preciso considerar o que é melhor para o seu caso. Por isso sempre é bom consultar a literatura, conversar com outros dentistas, etc.. Quem dera a gente soubesse de tudo, seria bem mais fácil. 🙂

          3. Não acho que esteja perdido não, Paullo. Aparelho você pode usar (havendo indicação), mas talvez não seja o caso de usar o disjuntor (não pela necessidade de ter o dente pra se fixar o disjuntor, mas porque, com a extração, talvez seu uso não seja mais necessário ou desejável). E pode perguntar. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista