Medo de dentista pode ser genético!


Em princípio, não de forma direta, mas se considerarmos variáveis relacionadas ao medo da dor. Explico.

Dois pesquisadores de Psicologia da West Virginia University descobriram que o medo e ansiedade durante – ou antes – da consulta no dentista podem ter origem genética, herdada dos pais. O estudo é um dos primeiros que sugere que a genética, unida a fatores ambientais, pode determinar se uma pessoa irá ter medo de dentista ou não.

Dor de dente
O artigo de Cameron Randall e Daniel Mcneil demonstra que o medo da dor pode ser hereditário. E é sabido que um dos grandes fatores que gera medo com relação ao atendimento odontológico é justamente a expectativa de sentir dor. O estudo proporciona, portanto, novas informações que esclarecem como o medo da dor pode influenciar no desenvolvimento do medo de dentista.

“O achado mais importante deste estudo é que os nossos genes podem predispor algumas pessoas a serem mais susceptíveis a desenvolver medo de dentista, devido a variáveis relacionadas a dor em geral”, destaca Randall.

O medo da dor durante o atendimento odontológico é algo relativamente comum. Nos EUA cerca de 20% dos pacientes adultos relata sofrer com o problema, o que os leva a evitar ao máximo a procura de ajuda profissional quando necessário. Considerando que o ideal é a atenção preventiva, e não a curativa, as consequências para a saúde dessas pessoas podem ser bem ruins.

A ideia, agora, é entender a razão pela qual tantas pessoas têm medo de dentista, pra que se possa adotar medidas que ajudem a diminuir o problema.

O artigo conclui: “As informações obtidas no estudo, junto com dados que já foram documentados, são importantes para que se detectem as causas do medo, o que irá ajudar a desenvolver novos tratamentos dentais, evitando ou diminuindo esta fobia”.

 

O artigo ainda não foi publicado, mas será em breve no Journal Community Dentistry and Oral Epidemiology.

Via Science Daily

Compartilhe:

Categoria: Geral

Marcadores:

49 comentários

  1. Olá Drª, queria tirar uma dúvida, meu filho de 5 anos caiu o dente de incisivo central da arcada superior, e nasceu um dente diferente no lugar, parece um canino pontudinho, levei ele no dentista ele me disse que pode ser um dente secundário, e pode vir a cair e nascer outro no lugar, que igual vou ter que esperar até os outros dentes caírem para fazer um raio-x para ver o que é realmente esta acontecendo, eu não sei o que fazer pois ele está com vergonha dos colegas e fico com pena dele.

    1. Gislaine, pela localização pode ser um mesiodens, ou seja, um dente supranumerário (além do número normal de dentes), como seu dentista explicou (embora seja incomum esse tipo de dente no arco inferior). Outra possibilidade é que seja o incisivo central permanente mesmo, só que conoide, ou seja, com alteração de forma. Pra ter certeza, só fazendo uma radiografia. Com 5 anos já é possível fazer uma radiografia panorâmica, é um exame rápido (uns 20 segundos) e seu filho já tem idade pra ficar imóvel por esse tempo. Eu acho que vale a pena fazer a radiografia, pra aí pensar no que fazer pra ajudar o seu filho.

  2. Os comentários estão liberados de novo eeeeee!
    Então, estou usando aparelho, e agora não posso mais continuar com a plaquinha do bruxismo. Tenho tido muita dor na mandíbula por conta disso. O que fazer? Alguma sugestão? Falei com minha dentista, levei a placa pra tentar ajuste, e mesmo que fosse ajustada, impediria a movimentação dos dentes, foi o que ela me explicou, faz sentido mesmo, mas… e agora, José?

    1. Por mais uns 2 dias, Ketlen. Aí os comentários fecham de novo, é automático (pelo menos até que eu consiga arranjar tempo pra me dedicar a responder as perguntas novamente). Realmente, o uso da placa interferiria na movimentação dos dentes. Como é essa dor na mandíbula? Na região articular, mesmo?

      1. Ah, bom. Perdoe tantas perguntas e não desista da gente! Haha
        Sim, é da DTM mesmo. Além da dor em toda essa região, tenho medo do desgaste nos dentes que tende a aumentar até o final do tratamento. Minha vida tinha melhorado 99% com a plaquinha, só aquele 1% de leitura/estudo ou qualquer momento de concentração e tensão que se desse durante o dia, aí realmente o incômodo aparecia. Fora isso, passava o dia perfeitamente bem. Apesar do uso do aparelho ser também e principalmente pra corrigir essa oclusão e melhorar essa situação, não sei como vou aguentar esse incômodo e o desgaste nos dentes durante esse tempo todo…

        1. Não desisto não, é que por questões familiares e profissionais, não tô dando conta! 🙂

          E por que é que você começou a usar aparelho? Pergunto porque, se a ideia era melhorar a questão da DTM, não adianta. O uso do aparelho pode beneficiar você em vários aspectos, mas nesse não… não há relação comprovada entre oclusão e problemas articulares. Por isso acho que é questão de você considerar se realmente é prioridade continuar com o tratamento ortodôntico. Se for, ok. Se não for, melhor focar na DTM. Sugiro a avaliação de um dentista especialista em DTM e Dor Orofacial.

          1. Pois então, o que me foi explicado foi isso, que eu teria bruxismo por diversos fatores, e um deles, seria a má oclusão. Meus dentes sempre foram retinhos, parelhos, e bonitos, a ponto de muitas pessoas perguntarem se já havia usado aparelho, e hoje questionarem o uso dele, mas o que entendi é que, além da explicação do bruxismo, minha arcada superior seria muito pra frente, aparece mais quando “sorrio de boca fechada”. Nada muito perceptível, tanto que só percebi depois que ouvi falar.
            Só que realmente, não sei o que fazer com esse incômodo, não sei se compensa… que saudade da minha plaquinha! 🙁

          2. Bruxismo não tem qualquer ligação comprovada com problemas oclusais. A má oclusão certamente não é um dos fatores predisponentes do seu bruxismo.

  3. Olá Dra, fiz um canal há mais de 8 anos e há cerca de 3 meses atrás tive muita sorte no dente em questão, como era um final de semana me socorri em um pronto socorro dentário e no raio x apareceu uma infecção, receitaram um antibiótico e anti-inflamatório para a dor. Fui na sequência para meu dentista que fez o canal, o mesmo fez outro raio x e disse que não era necessário um retratamento e que provavelmente teria entrado algum tipo de comida entre a gengiva e o dente, perguntou se havia comido pipoca dias antes do ocorrido e realmente havia comido numa sessão de cinema. Fez limpeza entre a gengiva e mandou continuar com a medicação e realmente melhorou. E um dente bastante chato, pois se como carne e por algum motivo não faço a escovação, a região fica dolorida até que faça a devida limpeza. Estes dias o dente voltou a ficar sensível, aumentei a frequência do fio dental e enxague bucal e hoje aumentou bastante a dor, principalmente na gengiva abaixo do dente e inchou razoavelmente, tomei ibuprofeno e fiz enxágue com água morna e sal, melhorou um pouco. Vou voltar ao dentista na primeira oportunidade, mas pode ser este o caso mesmo, por conta de alimentos ou sempre é o caso de retratamento por estes sintomas? Estou na dúvida se devo procurar outro profissional. Muito obrigado.

    1. Marcio, parece um problema gengival, mesmo. Não dá pra afirmar que os sintomas que você descreve são consequência de um problema de canal.

  4. Dra., só mais uma dúvida. Como eu disse eu perdi o primeiro molar superior. Na última consulta minha dentista disse que minha linha média está desviada. No caso, quando começar a fechar o espaço do molar retirado, terá como harmonizar os dentes ? Ou a linha média ficará ainda mais desviada?

  5. Olá, gostaria de tirar uma dúvida. Eu perdi o primeiro molar superior, então eu coloquei aparelho e minha dentista disse que mês que vem irá por o “tubo” para fechar o espaço. O que isso significa? Eu tenho os sisos e ela não falou em extração.

    1. Dani, tubo é um tipo de bráquete que é colocado nos molares. Ele pode ser colado no dente ou soldado na banda (o “anel metálico”).

  6. Olá Doutora. Tentei postar no post sobre Implante, mas está fechado para comentários lá… Me tire uma dúvida se possível: Tenho um dente de leite até hoje (20 anos), o dente permanente não nasceu.

    Esse dente está bem posicionado com os demais, não está torto nem nada… Será que faz mal mantê-lo na boca?

    Estava pensando em arranca-lo e fazer um implante no local. Minha dúvida é a seguinte: Por ser de leite, é tranquilo extrair e iniciar o processo de implante utilizando a mesma anestesia? No mesmo momento… Sem precisar fazer todo o processo sofrido de agulhas novamente? kkkk (sei que tem um post sobre isso já, mas no meu caso, é de leite, deve mudar algo né?)

    1. Vander, manter o dente de leite não faz mal. Mas por ser de leite, ele deve cair algum dia… pois não tem estrutura pra aguentar tantos anos em boca. E o dia que isso acontecer, você vai ter que fazer algum tipo de prótese. Então o ideal é antecipar isso e já resolver o problema. Se seria possível um implante imediato? Em princípio, sim. A questão é: há espaço pra isso? Dentes de leite costumam ser mais “estreitos” que os permanentes que os substituem, e aí pode ser que não haja espaço disponível pra instalação imediata de um implante. Enfim… sugiro que você procure um implantodontista pra avaliar.

  7. Olá Dra, tenho uma dúvida.
    Tive alguns dentes que se quebraram, pouca coisa, talvez devido ao tabagismo, e agora estou sentindo um gosto característico de quando se sai de uma consulta com o dentista haha… sim, gosto de remédio na boca.
    E o esofago pegando fogo, tudo me leva a crer que ao quebrar o dente vazou algum remedio que um dia algum dentista colocou ali?
    Representa risco? Pois me deu um mal estar!

    Valeu.

    1. Daniel, só se algum dia você começou um tratamento de canal e não concluiu. Aí é possível que esteja “escapando” alguma medicação de algum dente seu. Não que represente risco, mas considerando que você tem dentes quebrados, é obrigatório ir ao dentista.

  8. Olá doutora, muito bom os artigos. Vi que algumas pessoas conseguiram sanar suas dúvidas e gostaria de saber se a senhora pode me responder.
    Retirei um siso semi incluso na terça feira, tudo estava correndo bem com compressa fria mas ontem a noite o inchaço aumentou (baixo da mandíbula) e não estou conseguindo abrir a boca, não entra nem um dedo, nem a escova de dente. Pelo que li no site é trismo e é esperado, mas hoje seria meu ultimo dia de anti-inflamatório que vai fechar 10 dias (tomei antes da cirurgia pq já havia inflamação, estava tomando toragesic) qdo está perto de completar 8h do anti-inflamatório já começo sentir dores.
    Minha pergunta é se com este quadro de mal conseguir abrir a boca, deveria tomar mais remédios, seguir com toragesic ou entrar com outros. Posso tbm fazer compressa morna? (logo fará 72h pós extração).
    Estou aflita e com muito medo pq é feriadão de carnaval e já não encontro meu dentista. Devo procurar um posto de saúde ou simplesmente paro com o remédio hj mesmo e deixo ver o que acontece. Por favor me ajude.
    Grata.

    1. Vera, eu acho que você podia parar com a medicação, já que foi prescrito dessa forma. Se por acaso os sintomas continuarem, volte, mas assim que possível converse com o seu dentista, anti-inflamatórios não devem ser tomados de forma contínua por muito tempo. A compressa morna pode ajudar bastante a diminuir o trismo, pois colabora na resolução do processo inflamatório.

  9. Doutora, bom dia. Saberia me dizer se tem como usar fita dental quem usa aparelho ortodôntico ou só o fio q serve? Pq com o fio eu to tendo muito trabalho. Por outro lado acho uma missão impossível encontrar a venda a fita dental, tudo q é farmácia só vende o fio ou aquele expansor q desfia todo. Poderia recomendar alguma marca de fita pra eu procurar pela Internet mesmo?

    1. Quem usa aparelho pode usar o fio ou a fita, Luiz. É mais uma questão de adaptação, mesmo. Se for usar a fita, recomendo a Johnson & Johnson Expansion Plus. Mas ela é meio cara, e realmente não é todo lugar que vende. Tem o Super Floss da Oral B também, que é ótimo e específico pra quem usa aparelho.

  10. Dra, tenho 17 anos, aos 8 anos de idade eu cai no asfalto e quebrei os quatro dentes da frente, na epoca o dentista restaurou e ate entao estava tudo normal. Com 13 anos surgiu uma bolha na minha gengiva que acabou estourando e saindo pus, fui ao dentista e ela disse que eu tinha sofrido um trauma nos dois dentes da frente e que tinham bacterias ali, por isso o pus. Fiz um tratamento durante 8 meses aproximadamente, todo mes eu ia ate la, ela abria meus dois dentes, limpava, colocava remedio e fechava. Uma especie de canal, pelo pouco que eu entendo (ah, meus dentes da frente sao bem tortos, eu descobri o problema neles depois que tentei colocar aparelho, uma dentista, sem ser essa que falei anteriormente, nao viu que a raiz dos meus dois dentes eram “abertas” e colocou mesmo assim, eu tirei o aparelho depois de 3 dias pois inchou muito e ai sim saiu o pus). Enfim, passou todo esse tratamento e com 16 eu tive que refazer tudo novamente, pois doia muito, mesmo quando nao era pra doer. Gostaria de saber se eu, com 17 anos, poderia tirar esses dois dentes e colocar implantes. Eles me incomodam muito pois ainda sao bem tortos e amarelados.

    1. Ana, se as raízes desses 2 dentes estiverem viáveis, não é vantagem extrair e fazer implantes. Se os dentes não doem mais e esteticamente incomodam você, é possível fazer facetas ou pino + coroa estética (o que for o caso). Isso resolveria o problema estético sem necessidade de implantes, o que favorece a estética gengival, também. Converse com o seu dentista.

  11. Eu Tenho 13 anos e Meu dente Siso já Nasceu e Ele ta Inflamado e eu fui Comer Pipoca e Acabei Mastigando uma Pipoca Dura e Acho que Cortou e Fez um Furo e eu To muito Preocupado com Isso, se Puder me Ajudar pra Ficar mais tranquilo.

  12. Oi Dra, nossa eu tenho muito medo de dentista. Ontem tive que extrair o siso, foi tudo tranquilo e graças a Deus não estou com dor, era esse meu maior medo. Mas ontem mesmo, umas 12h depois da extração, começou a sair bastante líquido com um gosto muito, mas muito ruim. Isso é normal? Não consegui falar com meu dentista ainda, não sinto nada de dor, só esse gosto terrível mesmo.
    Ahh eu estava com uma inflamação, por isso foi recomendada a extração. Tomei toragesic de 8 em 8h por 4 dias antes da extração e sigo tomando por mais 4 dias.
    O que pode ser esse gosto horrível? Será que a inflamação não tinha passado ainda?

      1. Obrigada pela resposta, doutora! Graças a Deus esse gosto ruim diminuiu bastante hj. Só mais uma questão. Não consigo abrir muito a boca, sei que pode ser normal, a limpeza é um pouco difícil assim, estou fazendo com escovação nos dentes e bochecho com periogard, mas notei que tem algo tipo uma pele branquinha meio solta em toda região da extração (não é resíduo de comida). Pode ser placa isso? Eu tenho que remover ou deixo assim como está e sigo essa rotina de limpeza? PS. estou a 48h pós extração

        1. A dificuldade de abrir a boca e essa “pelezinha” são normais dada a situação, Carla. Pode ser placa sim, se você passar um cotonete umedecido e sair, ok, se não, não insista e deixe como está.

          1. Nossa dra.. complicado esse siso hein hehehe
            Minha boca fechou mais ainda, já li sobre o trismo aqui e sei que pode acontecer. Não sinto nenhuma dor, inchaço praticamente não existe mais, só não consigo abrir a boca mesmo. Então acredito que está tudo ok, se houvesse inflamação ou outra complicação eu sentiria dores né?
            E como vou retirar os pontos se não consigo abrir boca? O dentista pode forçar a abertura da boca ou isso pode prejudicar?

          2. Pois é. 🙂

            Acredito que está tudo ok, sim. O trismo às vezes leva mais tempo pra se resolver. O dentista geralmente consegue remover os pontos mesmo com uma abertura pequena de boca, mas se por acaso não conseguir, sem problema, é só esperar mais alguns dias.

  13. Oi dra.
    Ontem a noite caiu um pedaço da obturação do meu dente, e ficou um buraco pequeno. Hoje de manhã fui no dentista do SUS [estou desempregada, por isso fui lá], mostrei a situação para a dentista e ela não se mostrou muito preocupada porque não sinto nenhuma dor. E disse que só pode corrigir meu dente em maio, mas estou preocupada.
    Você acha que devo procurar um dentista para fazer um curativo para proteger a area?
    A dentista me orientou a apenas não deixar meus dentes sem escovação e não escovar com força em cima do dente afetado.

    1. Acho, Anne. É importante fazer, pelo menos, um curativo. Aí em maio a dentista restaura (mas converse com o(a) dentista particular, o valor da restauração pode ser bem mais em conta do que você imagina, e aí você já resolve isso).

  14. Olá… Fui ao dentista, e ela me falou que possuo uma carie, que fez um furinho no meu dente, e que por tratar-se de ser pequena é recomendável não mexer nesse momento, deve confiar ou devo buscar outro profissional?

        1. Então a única explicação que me ocorre é que seja uma cárie incipiente, restrita ao esmalte, e que sua dentista acredita que seu dente pode remineralizar com o flúor da pasta de dentes e/ou com bochechos. Mas seria legal você perguntar pra ela se o motivo realmente é esse.

  15. Olá doutora, eu sei que não é sobre este tema que vou perguntar.
    Mas, faz uma semana que fiz um retratamento no último molar esquerdo. Não sinto dores no dente. Mas tem um ovinho na minha gengiva como se estivesse inchado, não sai pus nem nada. Mas se eu apertar um pouco dói bem de levinho e se eu passo a língua fica coçando. O que é?
    Meu dente não dói nem com quente ou frio. Mas as vezes sinto um incomodo.
    O que pode ser?
    Com o tempo isso passa? E a minha gengiva está um pouco machucada.

    1. Jéssica, provavelmente é só do processo inflamatório, mesmo. Como o tratamento é recente, seu organismo ainda está se recuperando, há uma inflamação se resolvendo. Vai passar, sim.

  16. Dra. Estou em fase de tratamento de canal no incisivo central, a minha ortodontista colocou uma substância que queimou e depois ficou dormente, passado três dias o gosto do produto ainda está na boca. Não sei se está vazando, gostaria de saber se pode causar alguma coisa tipo vertigem, tontura…?

    1. Jhon, em princípio não. Mas até pode estar vazando, se o tratamento ainda não foi concluído e ainda houver algum medicamento intracanal contido apenas por curativo (restauração provisória). Seria bom sua dentista reavaliar.

  17. Dra. Ana bom dia. Então, vou tirar meus sisos e como sei q nao vou conseguir me alimentar direito, estou pensando em usar suplementos (tipo whey e/ou malto) pra reforçar minha alimentação, teria algum problema? Após extrair 2 de um lado, 1 semana depois ja poderia extrair os outros 2 ou tem q esperar 15 dias? Qto tempo após eu extrair os 4 posso voltar a malhar? Sisos todos nascidos tem alguma dificuldade de se arrancar? Leva em media qtos minutos pra tirar cada um? Desculpe tantas perguntas.

    1. Amigo, a questão da alimentação encontraria melhor orientação em um nutricionista. Mas via de regra a cirurgia de sisos não impede que o paciente em recuperação se alimente, apenas será preciso se adaptar à situação, comendo alimentos menos consistentes e mornos (pelo menos nos 3 primeiros dias). Sim, já é possível extrair outros dentes depois de 1 semana, aliás, seria possível, em tese (porque cada caso é um caso), extrair até os 4 sisos num dia só. Geralmente depois de 1 semana da última extração já é possível fazer atividade física, mas voltando aos poucos, respeitando seus limites, e tendo em vista a evolução da recuperação. Dentes nascidos costumam ser de extração mais fácil que dentes inclusos, mas cada cirurgia tem suas dificuldades específicas. De qualquer forma, a dificuldade fica para o dentista, e não para o paciente… pra você não muda muita coisa. Um siso pode ser removido em 15 segundos (sério, já fiz isso) ou em 2 horas (sério, já fiz isso). Realmente: cada situação é única.

    1. Alana, o objetivo do tratamento de canal é remover uma infecção e, dessa forma, manter o dente na boca. O dente com canal tratado estará “morto” no sentido de que não terá mais sensibilidade, pois o “nervo” dele é removido. Mas os tecidos minerais do dente e tudo que está em volta dele (o periodonto, osso e gengiva) continuarão vivos e sensíveis! Então fique tranquila com relação a isso, o tratamento de canal apenas torna o dente viável, não “mata” ele.

  18. Drª, Coloquei aparelho fixo ha 1 mês, já fiz duas manutenções e senti muita dor, incomodo ao mastigar e tudo isso passou! Porém a única coisa que ainda me persegue é o acúmulo de saliva, na parte superior do aparelho, gostaria de saber se isso é normal, se sim quanto tempo demora pro corpo se adaptar a todo esse acúmulo e se tem uma forma de evitá-lo.

    1. Diego, muitos pacientes relatam aumento do fluxo salivar logo após a instalação do aparelho. Pode ser considerado “normal”, sim. Seu organismo deve se adaptar.

A área de comentários / perguntas está fechada. Agradeço a compreensão.

No plantão: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR, convicta de que medo de dentista se combate (também) com informação. Diva-Boss do OdontoDivas e autora do Blog Raios Xis. Twitter: @AnaTokus e @medodedentista